Os 10 melhores lugares para ver a aurora boreal e a austral

Os 10 melhores lugares para ver a aurora boreal e a austral



A natureza nos oferece muitas atividades gratuitas e observar o céu acabou se tornando atração turística, já que as grandes cidades já não permitem que os moradores sequer vejam estrelas. Fenômenos como a aurora boreal e a aurora austral encantam qualquer um e o Quanto Custa Viajar mostra os melhores pontos para vê-los.

Existe, porém, algumas ressalvas na hora de procurar por este passeio. Assim como todos os fenômenos naturais, a aurora não obedece as nossas vontades e, portanto, não há garantia alguma de que você irá vê-la. As condições climáticas influenciam diretamente em sua visualização, tornando necessários alguns itens como a escuridão, céu limpo, atividade solar e, enfim, o encontro de uma zona adequada.

Para saber a diferença entre ambas as auroras é fácil. A Aurora Boreal acontece ao Norte, enquanto a Austral é ao Sul da Terra. Ou seja, países nórdicos como Suécia, Islândia e Finlândia terão aurora boreal. Cortinas de luzes neon nas cores verdes, roxas, rosas e ocasionalmente vermelhas indicam que sim, você a achou.

Confira esses pacotes para destinos com aurora boreal com ótimos preços!

Abaixo listamos os lugares onde fica mais fácil presenciar este presente dos céus. Os caminhos, nem sempre fáceis, certamente valem a pena:

1. Noruega

A cidade de Tromsø, conhecida como a “Paris do Norte”, é um local bem acessível para ver as luzes da aurora boreal. Entre as opções, a Astronomy Voyage promove passeios com aulas de astronomia de setembro a março, incluindo visitas ao Northern Lights Planetarium. Outra ideia é ir até a vila de Ersfjorden, a 40 minutos de Tromsø.

Auroral Boreal

2. Islândia

A Islândia é certamente um dos melhores lugares para se presenciar o fenômeno, que se espalha por todo o seu território. Em Jokulsarlon, a 250 km da capital Reykjavik, a Glacier Lagoon é apontada como o ponto ideal para uma bela fotografia, já que o gelo acaba refletindo as luzes também.

Islandia

O Quanto Custa Viajar esteve na Islândia em Novembro de 2016 e teve a linda oportunidade de ver a aurora boreal! Para mais detalhes dessa viagem, confira nossos posts!

3. Finlândia

Muitos locais da Finlândia têm visão perfeita para a aurora. A ponte Paatsjoki, na vila de Nellim, quase na fronteira com a Rússia, tem 90% de chances de observação. O tour Nellim Aurora Quest acontece entre dezembro e o final de março, guiando os interessados até o local. A região também tem hotéis com tetos de vidro para os hóspedes admirarem o céu. Outra opção é ir para Muonio e Kilpisjarvi.

Finlandia

4. Canadá

Em Yellowknife e seus entornos é possível conferir o show de luzes de perto. A 25 minutos do centro está a Aurora Village, um camping que tem cadeiras aquecidas para que todos observem o céu confortavelmente, já que as temperaturas podem ficar abaixo de zero. Guias de várias línguas e atividades ao longo do dia também são oferecidas.

Northern Lights

5. Nova Zelândia

Na região sul da Nova Zelândia é onde acontece a aurora austral, em especial na Ilha Stewart. O Parque Nacional Rakiura, que na língua Maori significa “céu brilhante”, é um dos melhores pontos fora da Antártida para se observar o fenômeno, embora tenha muita chuva. Em Queenstown também existem alguns pontos isolados para vê-lo.

Aurora Austral

6. Ushuaia

Este é, provavelmente, o único lugar na América do Sul onde as luzes aparecem. A terra do fogo Ushuaia, também chamada de “fim do mundo”, fica na Argentina e se denomina como a cidade mais austral do mundo. Durante o inverno, a escuridão permeia a cidade por cerca de 17 horas, o que traz chances de se observar a aurora austral.

Ushuaia

7. Alasca

No Estados Unidos, o Alasca é um dos melhores pontos para ver o fenômeno celeste. Em Fairbanks, cidade situada a 65 graus de latitude Norte, é onde aparecem com mais frequência e há diversos passeios disponíveis para explorá-las. Também é possível encontrar as luzes no povoado de Talkeetna, no Parque Nacional Denali e no Parque Nacional Kenai Fjords.

Alasca

8. Suécia

A vila de Abisko, cercada por montanhas e com céu livre das nuvens, parece o lugar perfeito para ver a aurora sueca. O tour Aurora Zone oferece uma noite num hotel de gelo de dezembro a março, enquanto a Aurora Sky Station promove um banquete antes da expedição em busca das luzes.

Northern Lights above tents at the reindeer lodge in Jukkasjärv

9. Antártida

Para ver auroral boreal e austral procure pelos pólos no globo terrestre. As luzes são mais visíveis, atraentes e impressionantes, especialmente nos meses de inverno. A viagem, porém, é cara e um tanto perigosa durante este período. Se for em outra época do ano, as chances de presenciar o fenômeno diminuem.

Antartida

10. Groelândia

A maior ilha homônima do mundo está no círculo ártico e portanto é mais um ponto de observação de aurora boreal. Na cidade de Kangerlussuaq, onde tem um aeroporto, se tem 300 dias e noites de céu limpo, o que aumenta bastante as chances de se presenciar o fenômeno. Entre outubro e abril acontecem excursões pela região.

Greenland

Mas é claro que você não vai até lá só para olhar e certamente quer trazer uma recordação para casa. Na hora de tirar fotos da aurora boreal ou do céu estrelado, fique atento às dicas de fotografia que daremos a seguir. Consultamos o fotógrafo Yuri Kiddo, que atualmente vive na Nova Zelândia e tem o privilégio de ver as estrelas todos os dias.

Ele conta que para conseguir boas fotos noturnas é preciso de um elemento chave: paciência. Ver tais fenômenos celestes a olho nu é diferente do olhar da câmera, que pode até facilitar a captura de detalhes difíceis de enxergar. Com uma boa câmera em mãos e no modo manual (não automático), o ideal é aumentar bastante o ISO e diminuir a velocidade do obturado, assim é possível extrair as melhores imagens deste espetáculo.

O ISO indica a sensibilidade da película à luz. Ou seja, em situações onde a iluminação é baixa, será preciso aumentar o valor do ISO para consequentemente aumentar a sensibilidade. Segundo Kiddo, um ISO de 8 a 10 mil consegue resultar em boas fotos quando aliado a uma velocidade entre 20 e 30 segundos. Um tripé também se faz necessário para se obter mais precisão, afinal, tanto esforço não poderia resultar numa foto tremida, não é mesmo?

morar e trabalhar na nova zelandia

Para ter mais um gostinho destas incríveis luzes do Norte, confira este vídeo filmado em 4K, que mostra a aurora boreal vista do espaço, e veja nossos outros posts: onde ver fenômenos naturais, onde ver o céu estrelado e quanto custa ver a aurora

Post por Brunella Nunes
Fotos: reprodução

Para onde viajar
Eu tenhoBudget
e quero viajar porDias
Para onde viajar

17 comentários

Comente
  1. 1
    Gabriela

    Ótimo post! Sonho em ver a aurora boreal no Alaska, mas no momento estou planejando ver o fenômeno do sol da meia noite, na Finlândia, para realizar um sonho do meu noivo. Estou achando mega difícil de achar informações sobre isso, se rolar um post ou algumas dicas sobre esse assunto ficaria muito agradecida! Adoro o site, blog e aplicativo de vcs, sou fã! Beijos!

  2. 13
    Rosa

    Gostaria de saber qual o local com mais chance de ver a Aurora Boreal bem como a aurora Astral no mês de dezembro.Voces tem estimativa de valor deste tipo de viagem?Grata,Rosa.

  3. 15
    Margarida Gavranich Bacich

    gostaria de saber, se em final de julho estarei nesses países, onde aparece a Aurora Boreal, será que vou ter a oportunidade de nessa época, de ver, estarei com grupo, talvez o Guia comente.obrigada

    Tenho certeza que é a primeira vez que estou escrevendo, grata

+ Deixe um comentário