Quando os viajantes solitários vão cair na estrada, existe uma questão primordial a ser esclarecida: o quão seguro é o destino escolhido. Para dar uma ajudinha, o Quanto Custa Viajar selecionou 10 lugares legais para viajar sozinho, onde o medo definitivamente não é a maior companhia.

Alguns índices e rankings reúnem informações sobre segurança pessoal, além de analisar os dados de infraestrutura (relacionados à desastres naturais), saúde (expectativa de vida) e segurança digital, que engloba tecnologia e recursos dentro do mundo virtual.

Estes dados ajudam, acima de tudo, as mulheres que viajam sozinhas, pois estas se veem em situação mais vulnerável, especialmente longe de casa. Dá uma olhada na lista e prepare sua próxima viagem:

*para saber mais sobre cada destino, conferir preços de passagens aéreas e todos os custos, clique no link das mesmas*

1. Canadá

Destino de muitos intercambistas, o Canadá é considerado o país mais seguro para mulheres nas Américas. A vantagem é que, além disso, tem de tudo um pouco: cidades cosmopolitas e outras dominadas por paisagens naturais exuberantes. O mix de culturas também acaba enriquecendo a viagem, o maior presente que você traz na mala.

Canadá2

2. Áustria

Recentemente, Viena foi considerada a melhor cidade para se viver no mundo. Além de conhecer suas ruas históricas, palácios e se deliciar com a culinária local, vale a pena desbravar os Alpes, os vilarejos e a natureza presente em outras cidades.

Austria

3. Nova Zelândia

Cercado de paisagens maravilhosas, o país ocupa o terceiro lugar do Índice Global da Paz. É por lá que filmaram a trilogia O Senhor dos Anéis, mais precisamente no encantador vilarejo de Matamata. Mas ainda há muito a se fazer nestas terras, que tem ótimas estações de esqui, lagos por todos os cantos e vulcões fascinantes.

Nova Zelandia

Foto © Yuri Kiddo

4. Islândia

Destino desejado por quem quer encontrar com a aurora boreal, o país é um dos mais gelados do mundo, mas suas paisagens branquinhas, as cachoeiras e os gêiseres compensam qualquer sacrifício. O frio pode ser compensado também pelas pessoas legais, já que este é o país mais amigável do mundo, segundo o Fórum Econômico Mundial.

Foto: © Larry Gerbrandt / Barcroft USA

5. Suíça

Associada ao termo”primeiro mundo” diversas vezes, a Suíça ocupa a quinta posição do Índice Global da Paz entre os lugares mais seguros e pacíficos do mundo. Zurique e Genebra estão ainda entre as melhores cidades para se viver. A alta qualidade de vida, as paisagens, a organização e outros recursos fazem o país beirar a perfeição.

suiça

6. Dinamarca

Inovador, moderno e seguro são só algumas das qualidades do país. Tido como o segundo lugar mais pacífico do mundo pelo Índice Mundial da Paz, a Dinamarca reúne cenários de contos de fadas, ruas tranquilas, arquitetura contemporânea e histórica convivendo em harmonia, além da natureza, sempre respeitada.

dinamarca

7. Holanda

A Holanda ganhou muita fama nos últimos tempos por sua pegada mais liberal em variados temas, incluindo drogas e sexo. Mas não se espante, isso não prejudica em nada o funcionamento do país, que reúne muito entretenimento, cultura e história, belas paisagens e um estilo de vida invejável.

giethoorn

8. Japão

Pouca gente associa o Japão à segurança, mas este país está entre os mais seguros do mundo segundo o ranking da Economist’s Intelligence Unit, que coloca Tóquio e Osaka na lista. A primeira é conhecida pela vida noturna, o fluxo intenso de pessoas e a infraestrutura moderna. Já a segunda é rodeada de templos, castelos e cultura.

Osaka

9. Singapura

Está entre os mais limpos e seguros países do mundo. O índice de crimes é muito baixo e as penalidades rigorosas contribuem para mantê-lo assim. A vida noturna pulsante, os quatro idiomas oficiais, os templos e as ótimas opções de compras são alguns dos atrativos do país.

singapura

10. Suécia

A capital sueca, Estocolmo, ficou entre os cinco países mais seguros do mundo no  ranking da Economist’s Intelligence Unit. A cidade romântica oferece inúmeras opções culturais e ficou conhecida como “Veneza do Norte” por conta de suas 57 pontes que conectam 14 ilhas. A qualidade de vida do país também é alta.

suecia

Post por Brunella Nunes
Fotos: reprodução

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *