A eterna busca por destinos que ainda não estão lotados é um dilema. Londres, Paris, Barcelona, Lisboa… Lugares tradicionais na Europa já não escapam do turismo de massa. Mover-se nestes lugares pode se tornar um transtorno para viajantes e locais, as atrações oferecem quilômetros de filas de brinde e você passa longe da experiência autêntica que foi buscar além-mar.

Todo mundo já passou por essa pequena decepção de perceber que o destino de férias já não suporta mais turistas. Foi pedir um pastel de nata em inglês em Lisboa, tentar encontrar uma crema catalana em Barcelona ou a tarefa quase impossível de achar um lugar “fora da rota” em Paris.

Felizmente, basta olhar além para descobrir que há ainda muitas cidades que não foram consumidas pelo turismo. No Velho Continente, elas estão espalhadas até mesmo em países que costumam ser bastante procurados pelo turismo, como Itália e Escócia, por exemplo.

A CNN listou algumas destas joias semidesconhecidas dos viajantes e nós encurtamos ainda mais a lista para selecionar apenas aqueles verdadeiros achados. ♥

Destinos que ainda não estão lotados

Aarhus, Dinamarca

A segunda maior cidade da Dinamarca reúne quase todas suas atrações dentro de uma distância que pode ser percorrida a pé. Repleta de festivais, a região se destaca pelo ARoS Aarhus Art Museum, que possui uma mistura de passarela e mirante nas cores do arco-íris.

Além de menos tumultuada, as hospedagens em Aarhus são cerca de 30% mais econômicas do que em Copenhague.

Pesquise voos e hospedagem em Aarhus

rua de Møllestien, em Aarhus, um dos destinos que ainda não estão lotados
Rua de Møllestien, em Aarhus. Foto: Steffen Muldbjerg

Aberdeen, Escócia

Se você já riscou Edimburgo da sua lista de destinos a conhecer, é hora de rumar para a menos visada Aberdeen, também na Escócia. A cidade é ponto de partida para conhecer o incrível Dunnottar Castle, um forte em ruínas localizado em um penhasco.

Uma caminhada por suas ruas também levará os viajantes a se encantar com o Marischal College, uma construção toda feita em granito onde se localiza a prefeitura, ou com a igreja medieval Kirk of St. Nicholas.

Pesquise voos e hospedagem em Aberdeen

St Machar's Cathedral, em Aberdeen. Foto CC BY-SA 2.0 Martyn Gorman
St Machar’s Cathedral, em Aberdeen. Foto CC BY-SA 2.0 Martyn Gorman

Ancara, Turquia

Capital da Turquia, Ancara não deixa nada a desejar para quem visita a sua prima mais famosa Istambul. No castelo de Ancara pode-se observar todo o entorno e perceber como edifícos históricos e mesquitas se fundem com uma cidade cosmopolita e dinâmica.

Pesquise voos e hospedagem em Ancara

Grande mesquita de Ankara. Foto: Febiyan
Grande mesquita de Ancara. Foto: Febiyan

Antuérpia, Bélgica

Maior cidade da região de Flanders, e a segunda maior da Bélgica, Antuérpia já recebeu o apelido de “capital de diamantes do mundo”, por ser um enorme centro de lapidação da pedra.

A Catedral de Nossa Senhora é uma vista constante na paisagem e faz com que qualquer um se apaixone pela sua arquitetura, mas não é só isso. A cidade já foi inclusive mencionada como a “mais continuamente legal na Terra” pelo Lonely Planet. Nada mal, não é mesmo?

Descubra quanto custa viajar para a Antuérpia

Estátua na Praça Central da Antuérpia. Foto: Jonne Mäkikyrö
Estátua na Praça Central da Antuérpia. Foto: Jonne Mäkikyrö

Berna, Suíça

A capital da Suíça (não, não é Zurique) teve seu centro histórico declarado como Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Para começar o passeio pela cidade, não deixe de conhecer a Bundesplatz e o Parlamento, caminhar pelas ruas históricas e chegar ao Zytglogge, a torre onde fica o famoso relógio astronômico.

Um roteiro mais completo irá certamente incluir o Museu Histórico de Berna e o Einsteinhaus, o apartamento em que Einstein viveu no país.

Pesquise voos e hospedagem em Berna

Vista aérea de Berna. Foto: Carol Jeng
Vista aérea de Berna. Foto: Carol Jeng

Erevan, Armênia

Uma das cidades mais antigas continuamente habitadas, Erevan (ou “Yerevan”, em armênio), tem uma história de quase 3 mil anos para ser descoberta. Um panorama do local pode ser visto do alto do Complexo Cascata, que abriga uma enorme escadaria construída durante o período soviético e se transformou em um dos principais pontos turísticos da região.

Outros imperdíveis são o Museu de História da Armênia, a visita à Praça da República, o Museu do Genocídio e o Memorial do Fogo Eterno. Se sobrar tempo, confere as dicas publicadas pela Letícia, no Brasileiras pelo Mundo.

Pesquise voos e hospedagem em Erevan

Igreja de Arabkir, em Erevan. Foto: Nasser Ansari
Igreja de Arabkir, em Erevan. Foto: Nasser Ansari

Haia, Holanda

Sede do governo da Holanda, Haia é ainda subestimada pelos viajantes. Caso dessem uma chance ao destino, eles certamente se surpreenderiam ao encontrar diversos canais e uma arquitetura tão charmosa quanto a de Amsterdã.

A diferença não é notada apenas no número de pessoas que transita pelas ruas, mas também nos preços da viagem. Além disso, com cerca de 40% de seus habitantes provenientes de países estrangeiros, Haia é um destino multicultural, que oferece uma deliciosa mistura entre tradição e hospitalidade.

Pesquise voos e hospedagem em Haia

Pelas ruas de Haia. Foto: Rafael Ishkhanyan
Pelas ruas de Haia. Foto: Rafael Ishkhanyan

Pristina, Kosovo

Capital e maior cidade do Kosovo, Pristina guarda um ar descolado que promete agradar aos viajantes que buscam por experiências fora do radar turístico. Considerada a capital mais jovem da Europa e, apesar de ainda guardar algumas lembranças da guerra, é um destino bastante seguro.

A Torre do Relógio e o Museu Etnográfico são alguns dos principais atrativos locais. Entretanto, você poderá também se aventurar pelas mesquitas mais antigas da região ou fazer compras em enormes bazares no centro.

Pesquise voos e hospedagem em Pristina

Mesquita em Pristina. Foto CC BY-SA 3.0 Bujar Imer Gashi
Mesquita em Pristina. Foto CC BY-SA 3.0 Bujar Imer Gashi

Sarajevo, Bósnia

Basta afastar-se um pouco da rota mais óbvia do turismo na Europa para encontrar lugares que são verdadeiros encantos, como Sarajevo, na Bósnia. A capital reúne influências otomanas, austro-húngaras, e dos servos e croatas que viveram na região até o desenrolar da guerra em 1992.

Repleta de zonas verdes, a cidade também guarda resquícios de seu passado multicultural com diversas mesquitas, catedrais e sinagogas. Entretanto, as cicatrizes das guerras são vistas pelas muitas lápides espalhadas em parques e cemitérios, parte delas ainda sem nomes.

Pesquise voos e hospedagem em Sarajevo

Lápides em Sarajevo. Foto: Darcey Beau
Lápides em Sarajevo. Foto: Darcey Beau

Torino, Itália

Pretende conhecer o melhor da Itália, mas quer ficar longe das multidões de turistas? Então rume para Torino, ou Turim. Com dom para se reinventar, a cidade hoje é um polo gastronômico e cultural que promete oferecer uma experiência completa aos viajantes.

Para ver as construções do alto, a dica é rumar para o Mole Antonelliana. Depois desse momento, eu aposto que você irá gostar ainda mais de passear pela Piazza Castello, ou simplesmente descansar em pleno Parque do Valentino, como sugere a Patrícia, do Itália para Brasileiros.

Pesquise voos e hospedagem e veja nosso Guia de Torino

Destinos que ainda não estão lotados: Palazzo della Regione, em Torino
Palazzo della Regione, em Torino. Foto: cristiano caligaris

Depois dessas dicas, só temos uma coisa a acrescentar: faça as malas agora, antes que seja tarde demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voe de Avianca para Bogotá e Lima e se conecte com destinos como Cartagena, Cancún, Punta Cana, Orlando e Nova York