Amsterdã é uma daquelas cidades que quando você visita fica com vontade de morar lá. E não é por causa da fama de cidade descolada, onde quase tudo é liberado, mas sim devido à sua atmosfera jovem, onde pessoas do mundo inteiro vivem em harmonia, onde a bicicleta é quase que o principal meio de transporte, onde a história está preservada através da arquitetura e de museus e onde as flores, especialmente as tulipas, enfeitam os cantos da cidade por onde andamos. 

Leia Mais

Amsterdã é a cidade mais populosa da Holanda, fica a cerca de 200 quilômetros de Bruxelas, na Bélgica, e a aproximadamente 500 quilômetros de Paris. Está muito bem conectada com o restante do velho continente através de seu sistema ferroviário e com o mundo através de seu aeroporto, o Schiphol.  

Uma vez lá, comece o tour pela cidade fazendo um passeio de barco pelos canais de Amsterdã e veja algumas de suas inúmeras pontes, visite a Casa de Anne Frank, local onde a menina de origem judaica viveu com sua família escondidos do regime nazista durante a Segunda Guerra Mundial, para quem gosta de cerveja, a Heineken Experience conta a história da marca com degustação no final do passeio, conheça o Museu Van Gogh e aprecie suas obras de arte, alugue uma bicicleta e se perca ou quem sabe, se encontre pela cidade, passeie pelo famoso Bairro da Luz Vermelha (Red Light District), onde prostitutas oferecem seus serviços legalmente dentro de vitrines iluminadas com uma luz vermelha, quem ainda não conhece pode ir ao Madame Tussauds Amsterdã ver as réplicas de artistas e personalidades famosas do mundo inteiro, descanse ou caminhe pelo Vondelpark, o maior parque de Amsterdã com uma grande área verde e para quem estiver na cidade entre os meses de abril e maio, visite o parque Keukenhof, localizado em Lisse, é conhecido como o jardim das tulipas em uma área de 32 hectares.   

A melhor época para visitar a cidade pode ser do final de março até meados de maio, quando o parque Keukenhof abre para visitação, de junho a setembro faz mais calor, sendo que julho e agosto são os meses de mais agito devido às férias na Europa e a partir de outubro até março, faz mais frio e Amsterdã fica mais tranquila, porém não menos bonita, ou seja, qualquer dia é hora de viajar para Amsterdã. 

Como chegar

 

Amsterdã está conectada com o mundo através do Aeroporto Internacional de Schiphol, que está localizado a aproximadamente 20 quilômetros do centro da cidade. Para quem já está na Europa e deseja conhecer Amsterdã, as cias aéreas Easyjet e Ryanair voam para lá, na maioria das vezes com preços muito convidativos. Outra opção para quem está na Europa é viajar de trem, Amsterdã está conectada com o restante do continente, seja através de trem direto ou fazendo conexão em alguma cidade. A estação de chegada dos trens chama-se Amsterdam Centraal.

 

Apenas a cia aérea KLM liga o Brasil direto a Amsterdã, partindo de São Paulo e Rio de Janeiro, e normalmente o valor da passagem é um pouco mais caro, mas é possível chegar a Amsterdã fazendo conexão em outras cidades. A Iberia faz conexão em Madri, a Air France para em Paris, a British para em Londres, a Lufthansa faz conexão em Frankfurt, a Tap para em Lisboa, a Air Europa para em Madri e a Alitalia para em Roma. Há ainda outras cias aéreas como a Delta Airlines por exemplo que faz o trajeto do Brasil até Amsterdã, mas tem que ir até os Estados Unidos primeiro, então tem que ver se realmente vale a pena, afinal, são quase 30 horas de voo no total.   

Para sair do aeroporto até o centro de Amsterdã, o turista pode pegar um trem até a Estação Central que faz o trajeto em aproximados 15 minutos. Para sair da estação de trem até o centrinho, há opção de pegar um bonde (tram) ou ônibus. Ônibus com destino ao centro também saem do aeroporto, fazendo o trajeto em aproximado meia hora.

Lembrando que táxi é sempre uma alternativa confortável, embora seja mais cara, mas para quem viaja com muitas malas, com criança ou então está em um grupinho de umas 3 pessoas, pode ser que valha a pena, ainda mais após uma longa viagem.

Vida noturna

 

A cidade holandesa com fama de doidinha não decepciona no quesito vida noturna. Não que as baladas e bares sejam direcionados para pessoas descoladas e moderninhas, mas a noite de Amsterdã é tão eclética quanto o dia e pessoas do mundo inteiro se reúnem para comemorar o fato de estarem ali, em um ambiente descontraído, onde todos são bem vindos, regado a muita cerveja holandesa (a especialidade da casa) principalmente durante os meses mais quentes do ano quando a temperatura sobe e o agito acontece.

 

Próximo da praça Leidseplein há diversos bares, casas noturnas, restaurantes e os famosos coffeeshops, onde algumas drogas consideradas mais leves, como por exemplo a maconha e o haxixe, são legalizadas e vendidas. Os coffeeshops são muito procurados para consumo da maconha que é vendida em diversas maneiras como em cookies e brownies, além da forma tradicional que é o cigarro. A maioria desses estabelecimentos não vende bebidas alcoólicas, então o cardápio é caprichado com outros itens. Vale a pena entrar em um deles para conhecer um pouco mais da cultura do país em relação ao consumo dessas drogas, só lembrando que o consumo da droga não é legalizado, e sim tolerado. 

A Praça Dam é outro local muito procurado, além de ter diversos bares, restaurantes e coffeeshops, é ali que fica o Red Light District ou Bairro da Luz Vermelha, que atrai muitos turistas curiosos para verem as prostitutas oferecendo seus serviços legalmente dentro de vitrines iluminadas com uma luz vermelha.

Para os mais românticos, uma boa maneira de curtir a noite é fazendo um passeio noturno pelos canais. Várias agências oferecem o passeio e algumas incluem um jantar a bordo do barco. A melhor hora para iniciar o tour é durante o horário do pôr do sol, quando o céu colorido deixa Amsterdã ainda mais bonita.  

  • População 779.808 mil

  • Hora local 15:38

  • 1 Euro R$ 3,76

  • Temperatura local 12º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Amsterdã

Atrações turísticas em Amsterdã

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Amsterdã

Hospedagem em Amsterdã

menor valor maior valor
Albergue R$ 179,10 R$ 708,94
Hotel R$ 315,67 R$ 3.395,45
Apartamento R$ 447,75 R$ 5.193,92

Alimentação em Amsterdã

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 13,62 € 3.62 a R$ 25,89 € 6.88
  • Almoço


    R$ 20,32 € 5.40 a R$ 79,02 € 21.00
  • Jantar


    R$ 28,60 € 7.60 a R$ 125,68 € 33.40