É quase impossível sentir que conheceu Roma por completo. Não importa quantas vezes você visite a charmosa capital italiana, sempre haverá algo de novo para ser descoberto em seus passeios pela cidade. Um novo restaurante, um bairro onde você ainda não havia colocado os pés ou mesmo aquele pequeno centro cultural...

Leia Mais
  • População 2.627 milhões

  • Hora local 04:36

  • 1 Euro R$ 5,31

  • Temperatura local 16.22º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Roma

Atrações turísticas em Roma

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Roma

Hospedagem em Roma

menor valor maior valor
Pousada R$ 190,00 R$ 7.314,85
Albergue R$ 237,50 R$ 971,09
Apartamento R$ 261,24 R$ 10.941,51
Hotel R$ 287,37 R$ 3.842,14

Alimentação em Roma

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 37,15 € 7.00 a R$ 87,03 € 16.40
  • Almoço


    R$ 55,19 € 10.40 a R$ 125,24 € 23.60
  • Jantar


    R$ 81,72 € 15.40 a R$ 148,59 € 28.00

Guia Roma

É quase impossível sentir que conheceu Roma por completo. Não importa quantas vezes você visite a charmosa capital italiana, sempre haverá algo de novo para ser descoberto em seus passeios pela cidade. Um novo restaurante, um bairro onde você ainda não havia colocado os pés ou mesmo aquele pequeno centro cultural quase escondido que você encontra um dia por acaso enquanto caminha despretensiosamente. 

Roma é assim mesmo, repleta de segredos e com um toque de magia que não cabe em nenhuma outra cidade. Localizada na região do Lácio, a capital italiana não esconde seus encantos, que podem ser descobertos ao interagir com alguns de seus mais de 2,7 milhões de habitantes. A população faz dela uma das maiores cidades europeias e também a maior da Itália.

Seu tamanho é suficiente para abrigar mais de dois mil anos de história e até mesmo um país inteiro - e esta é a única cidade do mundo que realmente faz isso: dentro dela está localizado o Estado da Cidade do Vaticano, o menor estado soberano do planeta. Roma também é uma das cidades mais antigas continuamente ocupadas em toda a Europa, o que lhe rendeu o título de “Cidade Eterna”.

O seu charme consiste exatamente nesta mistura do antigo com o novo. É possível caminhar em suas ruelas como se estivesse em uma verdadeira aula de história, passeando pelos monumentos que datam da época do Império Romano, como o Coliseu, que é considerado uma das Maravilhas do Mundo Medieval. Mesmo assim, há também muita modernidade escondida pelas ruas de Roma, como o moderníssimo museu Maxxi de arte contemporânea, projetado por Zaha Hadid.

Tantos destaques renderam a Roma o título de terceira cidade mais visitada da União Europeia - atrás apenas das concorridíssimas Londres e Paris -, recebendo entre 7 e 10 milhões de turistas ao ano. É fácil de entender o motivo: não há nada que você não encontre por lá.

Há quem vá em busca de muita história, quem queira apenas conhecer o cenário de alguns dos melhores filmes italianos, quem esteja em busca da autêntica comida italiana, os fanáticos por arte e arquitetura e também aqueles turistas que querem apenas passear pela cidade e permitir-se descobrir seus segredos sem pressa e sem buscar nada especificamente. Não importa a qual destes gêneros de visitantes você pertença, é bom saber que sempre haverá um lugarzinho em Roma que parece ter sido feito especialmente para você!

O que fazer em Roma

O que não faltam na capital italiana são passeios e pontos turísticos para visitar, então o que fazer em Roma depende muito do seu gosto e quantos dias vai ficar por lá. 

É praticamente impossível visitar tudo em uma mesma viagem, então não fique triste e guarde os passeios que faltarem para uma próxima ocasião. Afinal, uma passadinha em Roma sempre vai bem, né?

O essencial para fazer em Roma é visitar os pontos históricos mundialmente conhecidos, como Coliseu, Fórum Romano, Palatino, Fontana de Trevi e outros. Praticamente cada rua que você virar em Roma, vai se deparar com algo que vale a pena conhecer e se apaixonar.

Fique por dentro do que fazer em Roma clicando aqui e já prepare seu roteiro de viagem.

 

Onde ficar em Roma

Roma é uma das cidades mais visitadas do mundo todo e por ser um local histórico, não espere da hotelaria grandes construções modernas, resorts e prédios. Claro que, por ser a capital italiana e ser tão visada por todos, Roma tem muitas opções de hospedagens, de hostels à hotéis de luxo.

Apesar dessa variedade, os hotéis costumam ficar dentro de construções antigas, então não estranhe se seu hotel for apenas alguns andares de um prédio clássico e não o espaço todo. Também não ache estranho se parecer apenas uma portinha, os hotéis ainda assim são muito bons e precisaram se adaptar dentro da realidade de uma cidade histórica, para manter o máximo das estruturas originais.

O preço das acomodações em Roma costuma ser um pouco salgado, então para ajudar o viajante a escolher a melhor área, confira nosso guia de regiões de onde se hospedar em Roma.

 

Alimentação em Roma

É quase difícil falar sobre a comida em Roma porque a gastronomia italiana simplesmente fala por si só e, melhor do que qualquer palavra, é o gosto da comida deles.

Em Roma prepare-se para ter as melhores experiências culinárias da sua vida a um preço relativamente baixo. Mesmo em euro, no Brasil acabamos pagando bem mais caro pela comida italiana e uma qualidade nem sempre igual.

Do café da manhã ao jantar, espere muita variedade de massas, molhos, vinhos e sobremesas. Além disso, os gelatos e cannolis são imperdíveis.

Em nosso guia de onde comer em Roma, veja dicas de quais restaurantes visitar, a faixa de preço e a nota dos locais.

 

Passeios em Roma

Roma tem diversos passeios para todos os gostos, idades e bolsos, oferecendo experiências diversas a depender do que o viajante procura.

Por exemplo, é possível visitar o Coliseu com o ingresso comum comprado na bilheteria, como também existe um tour privado que deve ser agendado com meses de antecipação para visitar a parte interna do local, praticamente o subsolo, onde ficavam os gladiadores antes da luta.

Com opções de visitas guiadas pelo Coliseu, pelo Vaticano, ainda existem tours gastronômicos, tour pelas igrejas e muito mais. 

Saiba quais passeios existem em Roma e quais mais combinam com seu itinerário de viagem.

 

Quando ir a Roma

A capital italiana é apaixonante em todas as épocas do ano, mas em alguns meses o viajante consegue aproveitar dias mais longos e menos chuva. Vale lembrar que Roma pode fazer muito frio, diferente das temperaturas brasileiras no inverno.

Confira nosso guia de quando ir a Roma para saber a melhor época do ano para viajar, a média de temperaturas dos meses, de chuvas e um detalhamento completo sobre o tema.

 

O que levar para Roma

O primeiro passo para decidir o que levar na mala para Roma é definir qual o mês da sua viagem para saber qual estação vai pegar por lá. Assim, você pode focar mais em roupas leves ou casacos.

De qualquer forma, em Roma o viajante vai andar muito a pé dentro dos pontos turísticos e até eles. Por isso, aposte em sapatos confortáveis, nada de ficar apostando em salto alto o dia todo (esse você deixa para o jantar!) e roupas também que sejam apropriadas para passar o dia.

Leve também os medicamentos que já tem costume e faz uso, pois as farmácias não são como daqui ou dos Estados Unidos, que tem tudo à mostra e de é facilmente comprado. 

 

Documentação para viajar a Roma

O viajante nascido no Brasil precisa para viajar a Roma do seu passaporte com validade de pelo menos seis meses à frente do período da sua viagem, ou seja, se viajar em abril, tem que estar válido até outubro daquele ano no mínimo.

Além disso, os aeroportos estão solicitando os comprovantes de vacina, então acesse o ConectSus e faça a impressão da sua carteira vacinal completa em português e em inglês também.

Para evitar problemas na alfândega e imigração, sempre indicamos levar impresso também os comprovantes de passagens aéreas (ida e volta), reserva de hotéis, passeios e mais, tudo para garantir que você tem como se manter durante um período em Roma e depois voltar para casa.

 

Serviços para a sua viagem a Roma

Viajar para o exterior não tem sido uma tarefa fácil para os amantes de viagens pela alta do câmbio e pelos preços de passagens, por isso temos uma ferramenta para ajudar o viajante a monitorar as melhores passagens e preços para Roma.

Chegando lá, é importante saber como se locomover na cidade, para evitar perder tempo precioso nessa cidade encantadora.

 

Como chegar

A capital italiana conta com dois aeroportos: o Aeroporto Leonardo da Vinci (Fiumicino), destino da maioria dos voos internacionais; e o Ciampino, por onde geralmente chegam os voos das companhias low-cost europeias.

A Alitália oferece voos diretos que ligam Roma ao Brasil, sendo geralmente a maneira mais cômoda de realizar esse percurso. Mesmo assim, outras companhias também oferecem o trajeto, realizado com uma ou mais escalas: Tap, Iberia, Air France, KLM, Lufthansa e British Airways conectam o Brasil à Itália, enquanto companhias regionais oferecem voos entre Roma e outras cidades europeias. Chegando pelos dois aeroportos é possível pegar um ônibus executivo até a estação ferroviária de Termini, de onde há transporte para os diversos pontos da cidade.

Quem chega pelo Aeroporto de Fiumicino conta ainda com a possibilidade de ir à cidade de trem expresso, que liga o aeroporto a Termini sem paradas; ou com o trem metropolitano, ideal para quem está hospedado na região de Trastevere.

Roma também está conectada às principais cidades europeias por via terrestre, seja de ônibus ou trem - esse pode ser o meio de transporte preferido de quem já está viajando pela Europa. Os trens costumam chegar diretamente em Termini, principal estação da cidade; enquanto os ônibus que chegam à capital italiana têm como destino a estação Tiburtina.

Vida Noturna

Roma não perde seu charme nem mesmo quando a noite cai. Afinal, como toda grande cidade, as opções de bares, restaurantes e passeios noturnos são muitas e bastante variadas.

Uma das paradas quase obrigatórias à noite é uma passagem pela Fontana di Trevi, onde você poderá relembrar a famosa cena de La Dolce Vita, em que Marcello Mastroiani entra na fonte com Anita Ekberg. Para um jantar mais sofisticado, um bom lugar são os arredores da Piazza Navona ou da Piazza di Spagna, onde há uma grande diversidade de restaurantes para escolher.

Outra dica é reservar ao menos uma noite para visitar a região de Trastevere, onde bares e restaurantes com todo o charme italiano se espalham por ruelas de paralelepípedos. A região de Campo dei Fiori também traz boas opções que costumam unir turistas e locais em seus diversos estabelecimentos. Nos dois casos, a ideia é ter uma noite descontraída e curtir um ambiente mais animado.

Mas, se o que você quer mesmo é cair na noite, então vá em direção a Testaccio, onde vai encontrar todo o tipo de discotecas e bares - há desde festas latino-americanas até boates LGBT, o que garante que você certamente encontrará sua tribo por lá.