Se você está com viagem marcada para Roma, anote essa dica: coloque em seu roteiro de passeios pela Cidade Eterna uma visita ao Museu do Vaticano.

Neste passeio, você não vai visitar apenas um, mas sim vários museus que ficam em um só lugar. Isso porque o Museu do Vaticano é composto por 54 galerias, sendo um dos maiores do mundo.

A riqueza das obras é tão grande que você deve separar bastante tempo para andar pelos corredores, visitar as salas e, especialmente, se emocionar com a Capela Sistina.

Confira dicas que podem tornar seu passeio pelos Museus do Vaticano ainda melhor:

[+] Quer viajar para Roma? Confira os melhores preços de passagens aéreas aqui!

1. Faça o tour guiado no Museu do Vaticano

museu do vaticano
Foto: Andressa Xavier Pellanda

Existem muitas empresas credenciadas ao redor do Vaticano e agências online que oferecem esse tipo de serviço. Acaba sendo mais caro? Com certeza! Mas, pare para pensar: quando você vai ter a oportunidade de visitar os museus novamente? É um investimento cultural que vale a pena.

[+] Evite as filas: opção de upgrade para grupos pequenos para Museus do Vaticano, Basílica de São Pedro, Capela Sistina

Por que você deveria fazer o tour guiado, mesmo sendo mais caro?

  • Você acessa o museu por uma entrada especial, geralmente sem filas.
  • O guia vai te passar uma série de detalhes tão valiosos que sua jornada dentro do museu será mais proveitosa. Você não vai apenas andar por lá, vai entender a fundo as principais obras.
  • O guia vai te preparar para começar seu passeio, já sinalizando quais serão os pontos mais relevantes dentro do museu.
  • Você não fica feito barata tonta “seguindo o fluxo”.
  • Os tour são feitos em vários idiomas, inclusive em português, caso você não esteja com o inglês ou o italiano afiados.
  • Todos os tours possuem rádios com fones para você ouvir o que seu guia está falando mesmo que esteja distante do seu grupo.

A experiência guiada será mais memorável, especialmente se for a primeira vez que você estiver visitando os museus do Vaticano.

2. Compre ingressos pela internet

museu do vaticano
Foto: Pixabay

Caso você não queira fazer o tour guiado, é essencial que você adquira seu ingresso pela internet. Dessa forma, você pode pagar uma taxa extra para entrar no museu com horário agendado e evita pegar as imensas filas.

Reserve seu ingresso para o primeiro horário, que os corredores não estão tão cheios de pessoas. O fluxo de visitantes fica menor somente fora de temporada, que são nos meses de novembro, dezembro e janeiro. Fora isso: é sempre bem cheio!

Comprar ingresso para o Museu do Vaticano, clique aqui. Preços consultados em outubro de 2018 e sujeitos à alteração:

  • Bilhete inteiro: 17 Euros.
  • Bilhete inteiro+fura fila: 17 euros + 4 Euros.

Se preferir, você também pode alugar um áudio-guia no valor de 7 Euros.

3. Como entrar de graça no Museu do Vaticano?

museu do vaticano
Foto: Pixabay

No site oficial do Museu do Vaticano, você pode conferir um calendário anual. Geralmente, no último domingo de cada mês, a entrada no museu é gratuita. No dia do turismo, que é 27 de setembro, a entrada também é free.

Clique aqui para ver o calendário e saber quais dias a entrada é gratuita e até mesmo quando o museu estará fechado.

[+] Descubra quais são os melhores museus gratuitos do mundo

4. Dress code: nada de roupas curtas

Foto: Andressa Xavier Pellanda

Assim como muitas igrejas e outros lugares considerados sagrados na Itália, você deve estar atenta às roupas escolhidas no dia da visitação ao Vaticano. Nada de shorts ou saias curtas, nada de regatas tanto para as mulheres quanto para os homens. Isso é considerado um desrespeito pela igreja católica.

Caso você esteja com roupas curtas, principalmente na hora de visitar a Capela Sistina, você terá que se cobrir com um chalé ou algo do tipo. O Vaticano não oferece esses tecidos para o visitante. Ou seja: se foi com roupa curta e não levou um chalé, você não entra na Capela Sistina.

5. Entre no museu e dê uma volta pelo jardim

museu do vaticano
Foto: Andressa Xavier Pellanda

Os jardins do Vaticano são bem bonitos e trazem algumas informações legais para os visitantes.

Assim que entrar, dê uma voltinha pelos jardins, vai valer a pena!

Foto Amanda Santiago. equipe QCV

[+] Pacotes de viagem para Roma: clique aqui e descubra!

6. Reserve pelo menos 4 horas para sua visita

Foto: Andressa Xavier Pellanda

Vários museus dentro de um só: é isso que você encontra no Vaticano. Por isso, para aproveitar bem seu passeio, é legal separar pelo menos 4 horas para andar por lá. Existem diversas galerias no Museu do Vaticano que valem a pena ser observadas com calma. Além do museu, você também pode ir à Basílica de São Pedro e fazer outros passeios.

7. Dois percursos para fazer: escolha o longo

museu do vaticano
Foto: Wikimedia Commons

Ao entrar no museu, você vai observar que existem dois percursos que podem ser feitos: um longo e um mais curto. Os dois vão terminar na Capela Sistina, que é o local mais especial do Museu do Vaticano.

Porém, se fizer o trajeto curto, você vai deixar de visitar as Salas de Rafael Sanzio, que guardam afrescos maravilhosos e imperdíveis durante seu passeio. Por isso, faça o percurso longo.

[+] Onde se hospedar em Roma? Clique aqui para ver as melhores opções de hospedagem!

7. Capela Sistina

museu do vaticano
Foto: Pixabay

Certamente, o local mais emblemático e lindo de todo museu do Vaticano. É emocionante entrar nessa sala e ficar com a cabeça erguida olhando cada detalhe feito pelo mestre Michelangelo.

Dentro da Capela Sistina, é muito importante manter silêncio e não fotografar nada.

Existem muitos seguranças no ambiente cuidando para que os visitantes não saiam da linha. Respeite as regras do local, combinado?

Aproveite esse momento, fique o tempo que você achar necessário olhando essa obra-prima no teto que retrata cenas do Gênesis e, nas paredes laterais, pinturas de Ghirlandaio e Botticelli. Será uma das coisas mais lindas que você verá na sua vida!

8. Ande olhando para cima

Foto: Andressa Xavier Pellanda

Tá vendo essa imagem aqui em cima? Parece que é algo com relevo, em 3D, certo? Na verdade, esse teto é apenas uma pintura. As cores foram usadas de maneira tão perfeita que geram essa sensação de profundidade e de alto-relevo.

Você não deve ficar com o pescoço erguido apenas na Capela Sistina. Os Museus do Vaticano são tão incríveis que o teto de todas as salas e galerias são especiais e devem ser admirados.

9. Principais galerias

Foto: Andressa Xavier Pellanda

Todas as galerias e salas são especiais nos Museus do Vaticano.

  • Galeria dos mapas: do teto às paredes, tudo na sala dos mapas impressiona pelo refinamento.
  • Salas de Rafael Sanzio: o Papa Júlio II fez um pedido especial ao artista renascentista, para que ele decorasse quatro cômodos no que hoje é o Museu do Vaticano. Visite essas salas e admire os afrescos do mestre renascentista.
  • Galeria de Arte Egípcia: diversas estátuas que foram saqueadas do Egito no período do Império Romano.
  • Capela Sistina: a sala principal na sua visita.

10. Escadaria da saída

museu do vaticano
Foto: Pixabay

Em 1932, Giuseppe Momo projetou uma escadaria tão linda para o Museu do Vaticano que muitos turistas param ali, nas escadas em espiral, para fazer fotografias antes de irem embora. Você vai passar por essa escadaria na hora de sair do museu. Faça essa pausa também para admirá-la.

Assim que sair do Museu do Vaticano, aproveite para fazer uma visita à Basílica de São Pedro, um lugar especial e muito importante para os católicos. Aproveite também para subir na Cúpula da Basílica de São Pedro para ter uma vista privilegiada da Praça São Pedro.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Quanto custa Viajar (@quantocustaviajar) em

[+] Mamma Mia! 10 melhores sorveterias de Roma para saborear um gelato inesquecível

Conta aqui nos comentários: você já visitou os Museus do Vaticano? Queremos saber como foi sua experiência 🙂

Se você está planejando viajar para a Itália, saiba que é bem interessante alugar um carro para viajar pelo país. Fica mais barato e você ainda vai curtindo o visual incrível por lá. Alugue carros na Itália com os melhores preços, clique aqui!

2 comentários

  1. Visitei o Vaticano em março. Comprei a visita guiada por Eur55. Caro mas valeu muito a pena pois nao fiauei em fila nenhuma. Vá descansado pois caminhará bastante!

    1. É muito bom não pegar a fila pois dependendo da época, é beeem demorada 🙂 Mas o passeio vale a pena com ou sem fila rs…!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *