Lugares incríveis para conhecer em Lisboa

Lugares incríveis para conhecer em Lisboa



A capital de Portugal é repleta de história e tradições. Há muitos lugares incríveis para conhecer em Lisboa, mas vale fugir um pouco da rota turística quando for procurar por bares, restaurantes, lojas, construções históricas e opções culturais. Neste post, reunimos um bocado de coisas interessantes e nada convencionais para se fazer.

Confira abaixo 20 dicas do Quanto Custa Viajar para fugir do tédio e descobrir coisas novas nesta cidade charmosa e cosmopolita:

1. Lost In

Um cantinho de decoração indiana com uma bela vista para a cidade compõe o terraço do Lost In, um agradável café e bar que tem no menu refeições rápidas como saladas, wraps e tostex. Ideal para apreciar o final da tarde e saborear um bom café ou um drinque.

lost-in

2. Vestigius 

Junto ao rio Tejo, o bar de vinhos e espaço cultural, instalado num antigo armazém, encanta primeiramente pelo design do ambiente. Aberto a partir das 11h da manhã, é à noite que surge o agito com apresentações musicais e exposições de artes plásticas. No teto, caixas com livros raros se tornam preciosas bibliotecas. Entre, pegue uma taça de vinho português, escolha um livro e vá até o deck para ler um pouco. Não tem como o dia ficar ruim.

vestigius

3. Palácio do Conde D’Óbitos

O magnífico palácio vai te deixar boquiaberta com tanta beleza. Além de ter uma vista linda para o rio Tejo, o espaço do século 17 é atualmente usado para sediar eventos, em especial os casamentos que parecem ter saído dos sonhos. São seis salões, todos revestidos de azulejos do século 18, uma pequena capela e uma biblioteca renascentista, que merece aplausos. Com obras de arte espalhadas pelos ambientes, mobiliário antigo, lustres sofisticados e pinturas ornamentais, o palácio, adquirido pela Cruz Vermelha Portuguesa, é inesquecível.

palacio do conde

4. Pharmacia

Dentro do Museu da Farmácia, nada melhor do que um restaurante com decoração inspirada nas antigas farmácias do século 19. Os armários expõem garrafas e frascos de remédio, sendo que alguns deles são usados para servir comida e bebida. A equipe segue a onda temática e veste uniforme branco para servir os clientes durante almoço e jantar. Vale a visita!

pharmacia

5. Pensão Amor

O bar, onde antigamente funcionava uma pensão de prostitutas, traz à tona animados shows musicais e de cabaré, revelando a veia artística das dançarinas que aguçam os sentidos dos clientes, homens e mulheres. O espaço de decoração incrível inclui uma livraria temática – dedicada ao amor e ao erotismo – e um cabeleireiro.

pensaoamor

6. Museu do Azulejo

Em um belo convento do século 16, o Museu do Azulejo traz uma coleção das peças que vão desde a época muçulmana aos dias de hoje, com exemplos criados por artistas contemporâneos. As imagens históricas mostram como as figuras azuis pintadas em azulejos ganharam fama ao forrar palácios, comércios e ruas.

museu do azulejo

Confira aqui todos os custos de uma viagem para Lisboa!

7. Capela de São João Baptista

Construída no século 16, a obra-prima foi uma das primeiras igrejas jesuítas do mundo. Apesar da fachada simples, o interior não decepciona, coberto com ouro trazido do Brasil. A capela é ainda toda ornamentada com mosaicos que se parecem pinturas, e ainda esbanja outros materiais nobres em sua estrutura, como marfim, mármore e lapis lazulli. É praticamente uma joia!

capela-sao-joao-baptista

8. Antiga Confeitaria de Belém

Não dá para sair de Portugal sem provar as típicas delícias do país. Na Antiga Confeitaria de Belém, fundada em 1837, os pastéis de nata fazem tanto sucesso que há filas na porta. As salas forradas de tradicionais azulejos azuis e brancos vão te fazer sentir saudades de Lisboa.

pasteis de belem

Indo para Lisboa? Confira dicas dos melhores bairros para se hospedar, além de diversas opções de hospedagem para todos os bolsos!

9. Tous

Já dizia Marilyn Monroe: os diamantes são os melhores amigos de uma garota. Ao entrar na Tous, antiga  “Ourivesaria Aliança”, é bem provável que você queira levar tudo para casa, inclusive um pedaço da decoração. Inaugurada em 1909, a joalheria é um dos comércios mais antigos de Chiado e tem um dos interiores mais belos da cidade.

10. Livraria Bertrand

Desde 1732, esta é a maior e mais antiga livraria de Portugal, além de ser a mais antiga do mundo em funcionamento, segundo o Guinness World Records. Instalada no bairro Chiado, tem não só uma arquitetura histórica preservada como também inclui lançamentos e clássicos em suas estantes de madeira. Uma parada obrigatória para quem aprecia leitura e relíquias que resistem ao tempo.

11. Museu Berardo

Que tal reservar uma parte do seu dia para apreciar obras de Andy Warhol, Picasso, Joan Miró e Paula Rego? É isso e mais um pouco que se encontram nas paredes do Museu Berardo. Inserido dentro do Centro Cultural de Belém, reúne em seu acervo a coleção mais importante de arte moderna e contemporânea de Lisboa, reconhecida ainda como uma das melhores de toda a Europa. Não dá para perder, né!

12. Manteigaria Silva

Esse é um daqueles lugares que merecem ser colocados num potinho para durar por toda a eternidade. Aberta desde 1890, é uma das lojas mais antigas da cidade, onde comprava-se manteiga por peso. Preservando a decoração original, atualmente coloca à venda outros tipos de produtos, como vinhos, azeites e embutidos, fatiados ainda numa máquina de 1923. Ali o cliente prova as delícias antes de pagar pelo produto, mantendo a tradição de outrora.

13. Ribeira das Naus

Entre a Praça do Comércio e o Cais do Sodré é possível tomar um banho de sol ou contemplar o visual da antiga doca. A “praia urbana” de frente para a água conta com quiosque, um jardim e um monumento dedicado ao pintor e escritor Alamada Negreiros. E o melhor desse passeio: é gratuito!.

Nada melhor do que passear a pé por Lisboa e curtir a vida ao ar livre!

14. Praça das Flores

Tranquila e romântica, a Praça das Flores está ficando cada vez mais pop. No meio das árvores, da fonte e do antigo quiosque, que serve tradicionais refrescos lisboetas há mais de 100 anos, começam a pipocar lugares mais descolados. De acordo com a sua fome, inclua no passeio: as pizzas biológicas do In Bocca al Lupo (foto); um brunch no Pão de Canela; bons cafés no Copenhagen Coffee Lab; mordidas rápidas no Tease; e os sorvetes da Nannarella.

15. ZeroZero

Elegante, moderno e com uma pegada rústica, a pizzaria elabora receitas com produtos vindos diretamente da Itália, incluindo não só as típicas redondas, mas também massas e saladas. Conta ainda com um bar de onde saem drinks bem elaborados e um mostruário que exibe antepastos, queijos e embutidos italianos para venda. E ah! A vista do espaço é privilegiada, de encontro com o verde do Jardim Botânico.

16. Cork & Co

Sabia que Portugal é o maior exportador de cortiça do mundo? A matéria-prima, amiga do meio ambiente, é transformada em belas peças de design na Cork & Co. Localizada no Bairro Alto, oferece produtos de qualidade elaborados por portugueses criativos. As prateleiras exibem acessórios como bolsas, malas e objetos de decoração sofisticados.

17. Fábulas

Este é um dos points mais encantadores (e disputados) de Lisboa. Com cara de taberna, o café, restaurante e bar de vinhos serve desde refeições rápidas até pratos bem elaborados, que chegam à mesa durante o jantar. A mobília antiga adiciona charme ao local, que faz uso de mesas de máquinas de costura e poltronas aveludadas do tempo da vovó.

Volte mais ainda no tempo visitando os belos atrativos históricos de Sintra

18. A Outra Face da Lua

Essa é mais uma opção interessante para quem deseja fazer boas compras em Lisboa. O espaço descolado funciona como brechó, reunindo roupas vintage dos anos 1930 a 1980, além de incluir criações atuais com cara de séculos passados. Abriga ainda uma cafeteria, que tem grande variedade de chás. A loja Viúva Alegre, que segue a mesma linha, pertence aos mesmos proprietários.

19. A Vida Portuguesa

Com cheiro de nostalgia, a loja demonstra através de artigos tradicionais o legado português. As embalagens retrôs envolvem sabonetes, conservas, artesanatos, livros e demais bibelôs que se espalham pelas várias seções do estabelecimento. Há pelo menos três unidades em Lisboa, então fique de olho para não ir embora com as mãos abanando.

Confira onde fazer boas compras em Lisboa

20. MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

Nem parece que este museu contemporâneo está em Lisboa, cidade que preza pelas tradições e pela história. Mas é impossível passar despercebido pelo MAAT, o mais recente espaço cultural local, desenhado por britânica Amanda Levete. Por seus 3 mil m² se espalham exposições que prezam pela inovação e as novas tecnologias. É possível andar por todo o edifício, incluindo seu topo, que serve de mirante para o rio Tejo e a Ponte 25 de Abril.


Alguns rolês mais tradicionais para incluir na sua viagem:

Parque Eduardo VII

Acima de uma colina, o Parque Eduardo VII tem entre suas vantagens uma bela vista para a cidade e um jardim ornamentado. Entre seus atrativos estão ainda uma estufa construída nos anos 1930, repleta de plantas tropicais; lagos, cascatas e um monumento. O espaço é palco para a feira anual do livro, que acontece no mês de junho.

Mosteiro dos Jerónimos

Uma surpreendente obra arquitetônica, com traços góticos, manuelinos e naturalistas, forma o Mosteiro dos Jerónimos, construído a mando de D. Manuel I.  As pedras esculpidas nos claustros revelam o período do descobrimento, o encontro entre Ocidente e Oriente. Além de observar seus detalhes de perto, os turistas podem conhecer mais dessa história. Na igreja estão guardados os túmulos de duas grandes personalidades locais: Vasco da Gama e Luís de Camões.

Que tal uma excursão pelas relíquias históricas de Lisboa?

Torre de Belém

Construído em 1515, este é o monumento mais emblemático da cidade. Além de ser usada como proteção, a fortaleza erguida em pleno rio Tejo era o ponto de partida das frotas rumo aos descobrimentos. Com arquitetura e história de sobra, se tornou Patrimônio Mundial pela Unesco e se consolida como um dos grandes atrativos turísticos do país.

Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação

Quanto custa viajar para Lisboa
Saindo desimulação de calculadora
com estadia desimulação de calculadora
Quanto custa viajar para lisboa

1 comentário

Comente

+ Deixe um comentário