A hospedagem sempre é um dos fatores-chave para quem visita uma nova cidade e pode influenciar bastante no que você irá aproveitar enquanto estiver viajando. Obviamente, em Lisboa as coisas não seriam diferentes. Escolher a região certa para se hospedar enquanto estiver conhecendo a cidade pode deixar sua viagem ainda mais interessante e, em alguns casos, ajudar você a economizar um pouco nas diárias ou em transporte enquanto estiver por lá.

Mesmo assim, não há uma região que seja perfeita para todos os viajantes e o lugar ideal para ficar irá depender principalmente do que você pretende conhecer na cidade. É possível aproveitar a comodidade de estar perto de tudo optando por bairros mais centrais, onde poderá se locomover facilmente usando o metrô, ou curtir uma região com o melhor da tradição lisboeta se hospedando em Alfama, mesmo sabendo que estará mais longe de algumas das principais atrações turísticas da cidade.

Confere só os nossos bairros preferidos e para quais viajantes cada um deles é mais indicado:

Região Central

É o local ideal para viajantes que buscam comodidade e mais facilidade de transporte para as diversas regiões da cidade. Se você faz parte desse time, procure hotéis localizados nos bairros da Chiado ou Rossio. Enquanto o Rossio é uma das regiões mais centrais e fica próximo do local onde você poderá pegar um trem a Sintra, caso pretenda fazer um bate-e-volta, o Chiado é ideal para quem ama provar as delícias locais, sendo repleto de restaurantes de todos os tipos. Mesmo assim, as duas opções prometem ser ótimas para quem gosta de conhecer parte da cidade a pé.

Bairro Alto

Reduto da vida noturna lisboeta, o Bairro Alto atrai turistas de todas as idades e nacionalidades, embora muitos prefiram ficar hospedados em outra região da cidade. O único problema é que o bairro pode ser agitado (e um pouco barulhento) demais para quem busca uma viagem mais tranquila. Em compensação, se a ideia é curtir a noite até o último bar fechar esta é de longe a melhor opção. Assim como o Chiado e o Rossio, o Bairro Alto também tem uma localização bastante central e é servido por ótimas opções de transporte público.

Praça Marques do Pombal

Localizada ao final da Avenida da Liberdade, a região da Praça Marquês do Pombal oferece ótimas opções de hotéis. Além disso, é possível ir para o centro com uma rápida viagem de metrô ou táxi. Outro ponto que faz com que esta região se destaque na preferência de alguns turistas é a ótima relação entre o custo e o benefício oferecida por algumas redes de hotéis. Essa é também a parte mais moderninha de Lisboa no quesito arquitetura, tendo sido reconstruída após o terremoto que destruiu parte da cidade em 1755.

Alfama

Embora não seja tão bem servido pelo transporte público, o bairro de Alfama é perfeito para aqueles que buscam passar mais tempo em Lisboa e, por isso mesmo, querem experimentar a cidade de uma maneira mais autêntica, conhecendo a fundo suas tradições. Com um ar de cidade do interior, o bairro promete encantar os visitantes, que irão adorar se perder por suas ruelas e escadinhas. A região também é lar de algumas das principais casas de fado da região e você poderá ter certeza de que uma estadia aqui será embalada pelo som do ritmo português.

Belém

O bairro de Belém é sem dúvida um dos mais turísticos de Lisboa. Os famosos Pastéis de Belém, o Mosteiro dos Jerônimos, a Torre de Belém… Tem tanta coisa por lá que nem vale a pena enumerar tudo. O lado mais chato é que esta região não fica muito perto do centro. Ou seja: é ideal para quem pretende ficar mais tempo no bairro e não se importa de contar com uma locomoção maior para visitar outras partes da cidade. Se você for parar em Lisboa por apenas um ou dois dias, também pode ser a melhor opção, já que grande parte dos atrativos se encontram dentro do bairro. 

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Lisboa

Hospedagem em Lisboa

menor valor maior valor
Albergue R$ 87,59 R$ 642,30
Apartamento R$ 182,47 R$ 3.466,97
Hotel R$ 218,97 R$ 2.353,89

Lugares baratos para ficar em Lisboa

Média de preços por dia