5 passeios gratuitos em Lisboa para incluir no roteiro

5 passeios gratuitos em Lisboa para incluir no roteiro



Portugal é um dos destinos queridinhos dos brasileiros e não por acaso representam 25,3% da população estrangeira residente no país. Para quem quer só dar uma voltinha ou se mudar de vez, selecionamos cinco passeios gratuitos em Lisboa, que é o ponto de partida de muita gente, além de ser a principal cidade portuguesa.

Clique aqui para saber quanto custa viajar para Lisboa

1.  LX Factory

Em 1846 a Companhia de Fiação e Tecidos Lisbonense, um dos mais importantes complexos fabris de Lisboa, se instala em Alcântara. Nos anos seguintes área industrial de 23 mil m² foi ocupada por outras fábricas e por muito tempo ficou sem brilho, até a formação da LX Factory, uma ilha criativa ocupada por empresas e profissionais da indústria que promove eventos nas áreas da moda, publicidade, comunicação, arte, arquitetura, música, etc. É bacana para dar um passeio, visitar lojinhas e comer alguma coisa.

lx-factory lx-factory

2. Biblioteca Municipal de São Lázaro

Esta é a biblioteca pública mais antiga de Lisboa, fundada em 1833. Preservando a estrutura e o mobiliário original, do século 19, conta com acervo de 5.200 títulos, em língua portuguesa, espanhola e francesa, publicados entre os séculos 17 e 20, além de 6 mil livros infantis. É um maravilhoso passeio no tempo. Vale a pena incluir no roteiro a antiga biblioteca da Casa do Alentejo, fundada em 1928, e ainda a livraria Bertrand do bairro Chiado, que é a  maior e mais antiga do país, além de ser a mais antiga do mundo em funcionamento, fundada em 1732.

biblioteca-de-sao-lazaro casa-do-alentejo bertrand bertrand-chiado

3. Jardim da Fundação Calouste Gulbenkian

Apaixonados por arquitetura e paisagismo precisam incluir este belo e escondido jardim no roteiro de viagem. Dentro da fundação Gulbenkian, possui vários percursos a serem feitos: o percurso da luz e da sombra, o percurso do lago, o percurso da orla, o percurso dos cheiros e o percurso das vistas. Assim oferece uma viagem sensorial gratuita que promete expandir os sentidos.

fundacao-gulbenkian

4. Núcleo Arqueológico dos Correeiros

Pouca gente sabe e muitos sequer desconfiam, mas logo abaixo do centro histórico português há uma antiga cidade em ruínas. O Núcleo Arqueológico dos Correeiros/Fundação Millennium bcp oferece visitas guiadas e gratuitas pelo local, próximo do Arco da Rua Augusta, que revela 2.500 anos de história. Ali estão expostos objetos muçulmanos do final do século 11, peças da ocupação árabe do ano 714, artefatos do período quinhentista, entre outras relíquias impressionantes.

nucleo-arqueologico

5. Casa Fernando Pessoa

Um dos lugares mais procurados de Lisboa tem nome bem conhecido aqui no Brasil. O edifício onde morou o poeta Fernando Pessoa nos últimos 15 anos de sua vida tem entrada gratuita todos os dias e revela alguns de seus itens pessoais originais, como o mobiliário do quarto, máquina de escrever, óculos e bloco de notas. O local abriga ainda uma sala multimídia – o Sonhatório – e uma biblioteca particular do autor, digitalizada e disponível para consulta online. Foi neste endereço onde ele escreveu muitas de suas obras.

casa-fernando-pessoa fernando-pessoa-lisboa

Post por Brunella Nunes
Fotos: reprodução

Quanto custa viajar para Lisboa
Saindo desimulação de calculadora
com estadia desimulação de calculadora
Quanto custa viajar para lisboa

1 comentário

Comente

+ Deixe um comentário