Há alguns anos, uma antiga fábrica de Lisboa se transformou em atração confirmada para quem busca o lado mais cool da capital portuguesa. Em pouco tempo, a Lx Factory passou de ser aquele segredo que apenas os insiders conheciam para se transformar em passeio quase que obrigatório na cidade.

Caminhar pela área construída para abrigar a Companhia de Fiação e Tecidos Lisbonense em 1846 é hoje mais do que um passeio pela história. É uma verdadeira volta ao mundo, onde reúnem-se pessoas de todas as nacionalidades. Nos 23 mil metros quadrados de área industrial, espalham-se espaços de coworking, restaurantes, lojas e serviços diversos.

Entre a Companhia de Fiação e Tecidos Lisbonense do século 19 e a Lx Factory de hoje, o local já foi lar da Companhia Industrial de Portugal e Colónias, da tipografia Anuário Comercial de Portugal e da Gráfica Mirandela. Seu território atualmente se autodefine como uma “ilha criativa“, que permite passear por suas margens e adentrar seu coração que pulsa arte no bairro de Alcântara.

Pesquise os melhores preços em passagens para Lisboa

O que é que a Lx Factory tem?

A visita à Lx Factory é gratuita e repleta de arte. Basta ingressar nas ruelas da antiga fábrica para encontrar murais, esculturas e um toque de street art que não se acha tão facilmente em Lisboa.

Arte por todos os lados na Lx Factory. Foto: Mari Dutra

Mas, além de admirar toda a beleza do espaço, há ainda muito o que fazer por lá. As atrações incluem mais de 15 restaurantes, dezenas de lojas, um hostel e diversos serviços únicos que prometem transformar a visita em uma verdadeira experiência. Difícil mesmo é sair de lá sem centenas de calorias a mais, alguns euros a menos e incontáveis registros fotográficos.

5 passeios gratuitos em Lisboa para incluir no roteiro

Comida do mundo em Lisboa

Com mais de 15 cafés e restaurantes, não vai faltar o que comer durante a visita à Lx Factory. O primeiro restaurante a abrir no local foi o Sushi Factory, dedicado exclusivamente à iguaria japonesa. Depois dele, vieram diversos espaços com pegada única, como o The Therapist, que alia comida saudável com uma clínica de medicina tradicional chinesa; ou o Cucurico, cuja especialidade são os frangos portugueses criados ao ar livre.

Restaurantes na Lx Factory
Muitos restaurantes da Lx Factory possuem mesas na rua e, portanto, são pet friendly. Fotos: Mari Dutra

Há ainda achados como a mezcaleria MezCais LX, o criativo terraço do Rio Maravilha, e até mesmo um lugar dedicado inteiramente ao cheesecake, a deliciosa Lxeesecake By Madame Cheeselova. As opções não acabam aí e prometem uma variedade de sabores aos visitantes, que poderão degustar hambúrgueres, crepes, sorvetes, pratos italianos e, claro, a gastronomia típica portuguesa. Com cerca de € 10 (R$ 44), já é possível fazer uma boa refeição em alguns dos locais, embora outros estabelecimentos trabalhem com preços mais elevados.

Muitos dos bares e restaurantes contam com áreas externas, o que permite apreciar o movimento do local enquanto come algo ou bebe uma cerveja. Graças a isso, o espaço também é um ótimo passeio para quem viaja com pets.

8 sabores que vão te transportar para Lisboa agora mesmo

Para gastar na Lx Factory

Nem só de comida se faz a visita. São mais de 30 lojas com artigos variados, que vão desde comidas e vinhos especiais, incluindo as conservas da Comur, até mesmo marcas sustentáveis, como a Boa Safra, que aposta em móveis e itens de decoração ecológicos.

Na Muito Muito, os viajantes podem garimpar objetos antigos, enquanto a Organii aposta em cosméticos biológicos made in Portugal. Do mais moderno ao mais tradicional, tudo ali parece ter um toque artístico, que se reflete das lâmpadas do Tsuri Studio aos produtos design do Bairro Arte. A sustentabilidade também está presente em marcas como a Amazingstore, que aposta em produtos ecológicos para o dia a dia, ou nos charmosos calçados veganos da Nae.

A loja Comur (Conserveria Portuguesa) tem visual retrô e conta com mais de 15 variedades de conservas de sardinhas, com preços a partir de € 5 (R$ 22), na Lx Factory. Foto: Mari Dutra

Hora de trabalhar

Para os nômades digitais, há um delicioso segredo. Desde 2010, é possível trabalhar em plena Lx Factory, que é sede do Coworklisboa. Para integrar-se ao espaço, os profissionais podem escolher entre uma mesa individual ou a reserva de um pequeno estúdio.

Para usar o espaço como escritório, os interessados decidem entre as diárias de € 12 (R$ 53) ou mensalidades a partir de € 50 (R$ 220). É possível usufruir de duas horas gratuitas de trabalho no local para testar o serviço e ver se é o que buscava.

Foto: Reprodução Lx Factory

Dormindo na Lx Factory

Se a ideia for curtir a Lx Factory 24 horas, não tem problema: o espaço conta até mesmo com um hostel, o The Dorm.

Situado próximo à entrada do espaço, a acomodação conta com uma cozinha comunitária e lounge. O clima é íntimo, com dois quartos duplos e três dormitórios, todos equipados com ar condicionado e cada um com uma capacidade diferente. O menor comporta seis pessoas, enquanto o maior deles recebe até 12 viajantes por vez.

Lx Factory
Fotos: Mari Dutra

Há ainda dois quartos temáticos: o quarto musical, decorado com vinis, e o quarto de leitura, com um toque intelectual. O café da manhã é incluído nas diárias, que custam a partir de € 15 por pessoa (cerca de R$ 65, segundo o câmbio de hoje). Para reservar sua estadia por lá, clica aqui.

Confira também 10 hostels bem localizados em Lisboa

Como chegar à Lx Factory

Embora não esteja localizado tão próximo do centro, o bairro de Alcântara, onde fica a Lx Factory, fica quase no meio do caminho entre o Cais do Sodré e Belém. A região não está conectada ao metrô, mas é facilmente acessível por transporte público – e, sim, dá para ir até lá de bonde, usando o “elétrico” 15E.

Pertinho dali, também há uma estação de trens, a Alcântara-Mar, onde passa a linha de Cascais. Por sinal, aqui tem uma dica de hospedagem perto da praia para quem vai aproveitar a estadia em Lisboa para curtir uns dias no vilarejo litorâneo. 😉

Quer ver Lisboa do alto? Então inclua esses lugares no roteiro

3 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *