Uma das maiores cidades da França, é também considerada por muitos a capital gastronômica francesa. Distante 470 km da capital Paris ou duas horas de trem, Lyon situa-se em uma zona montanhosa e com uma localização estratégica: próxima de países como Itália e Suíça, bem ao centro do país e com fácil...

Leia Mais
  • População 484.344 mil

  • Hora local 10:30

  • 1 Euro R$ 4,19

  • Temperatura local 9.24º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Lyon

Atrações turísticas em Lyon

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Lyon

Hospedagem em Lyon

menor valor maior valor
Apartamento R$ 163,33 R$ 1.026,04
Pousada R$ 217,77 R$ 481,61
Hotel R$ 238,71 R$ 816,65
Albergue R$ 271,80 R$ 387,38

Alimentação em Lyon

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 35,21 € 8.40 a R$ 57,34 € 13.68
  • Almoço


    R$ 56,33 € 13.44 a R$ 92,05 € 21.96
  • Jantar


    R$ 67,65 € 16.14 a R$ 113,67 € 27.12

Guia Lyon

Uma das maiores cidades da França, é também considerada por muitos a capital gastronômica francesa. Distante 470 km da capital Paris ou duas horas de trem, Lyon situa-se em uma zona montanhosa e com uma localização estratégica: próxima de países como Itália e Suíça, bem ao centro do país e com fácil acesso a todo território francês. 

Com mais de dois mil anos de história, Lyon consegue até hoje manter seus costumes tradicionais como a tecelagem e a cidade é especialista nesse assunto. É em Lyon que é feita a produção de tecidos utilizados para revestir os móveis dos tecidos dos castelos europeus. No centro da cidade há desde ateliês antigos à grifes badaladas.

Com um centro histórico chamado de Vieux Lyon, repleto de vielas estreitas e declarado Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco, Lyon é uma cidade cheia de atividades culturais principalmente durante os meses de verão. A seguir algumas sugestões de passeios: conhecer a Cathedral de Lyon onde há um antigo relógio astronômico; alugar uma bike e pedalar pelas margens do rio Rhône; procurar pelas traboules, ou seja, espécie de passagens secretas muitas utilizadas por moradores durante a Segunda Guerra Mundial, que servem para passar de uma rua a outra atravessando por imóveis; visitar o Museu da Miniatura e do Cinema para conhecer um pouco da história do cinema e ver réplicas de bonecos de filmes famosos; e falando em cinema, em Lyon foi exibido o primeiro longa-metragem do mundo e hoje é possível conhecer o Instituto Lumiére onde encontra-se o acervo e obras de arte dos irmãos Lumiére, responsáveis pela exibição do longa; visitar a basílica de Fourviére, uma das mais bonitas de toda Europa que fica ao lado do Teatro Romano e para quem estiver na cidade durante o mês de dezembro, tente ir na Fête des Lumiéres, maior festa da cidade, quando as fachadas dos prédios ganham cores através de projeções e luzes.

Como capital gastronômica da França, Lyon com certeza faz bonito quando o assunto é gastronomia e não é difícil encontrar lugares para uma boa refeição, desde barracas de mercados espalhadas pela cidade aos restaurantes badalados com estrelas Michelin no currículo. Aliás, é da região onde está Lyon que saem muitos chefs franceses conhecidos mundialmente.

Um destino que alimenta aos mais exigentes paladares e consegue alimentar também aos olhares mais rigorosos e curiosos, assim é Lyon!

Como chegar

Para quem está saindo Brasil com destino a Lyon, não há voo direto, então é necessário fazer ao menos uma conexão. Algumas cias aéreas realizam o trajeto fazendo duas conexões como é o caso por exemplo da Aeromexico e American Airlines, porém o percurso acaba sendo mais longo, além de ser necessário ter o visto americano caso a escolha seja pela American Airlines. As cias aéreas que realizam o trajeto fazendo apenas uma conexão são a British Airways, KLM, Air France, Lufthansa, Turkish Airlines e Emirates. Para quem já está na Europa e deseja conhecer Lyon, a cia aérea lowcost Easyjet possui uma boa oferta de voos para a cidade francesa.  

Chegando em Lyon, o aeroporto Lyon-Saint Exupéry fica a aproximados 25 quilômetros do centro da cidade ou então cerca de uma hora de carro. É um aeroporto que conta com três terminais, e é muito bem sinalizado, facilitando a vida dos viajantes que têm como destino final tanto Lyon, como outras cidades próximas.

Como o aeroporto não é muito próximo do centro, os táxis também não são baratos, mas vale a pena pra quem está viajando em um número maior de pessoas ou então simplesmente pra quem deseja um pouco mais de conforto. O trem expresso sai do próprio aeroporto e é a forma a mais rápida de chegar até o centro de Lyon, demora cerca de 30 minutos e os trens partem a cada 15 minutos. Os ônibus são a maneira mais econômica de sair do aeroporto, mas também a mais complicada pois normalmente é necessário pegar dois ônibus até o destino final, além de ser bem mais demorado que as outras opções de transporte. E para quem vai até outras cidades um pouco mais distantes, tanto da França como de outros países próximos, o trem de alta velocidade (TGV) é uma boa opção de transporte. 

Vida noturna

Lyon é uma cidade universitária, ou seja, sempre tem alguma programação, algum evento ou festa acontecendo por ali. E além de ser uma cidade universitária, é também turística, ou seja, mesmo nos meses de férias, o agito não deixa de acontecer, seja em um barzinho, em um bom restaurante, em alguma balada mais animada ou então em alguma programação mais cultural como por exemplo na Ópera de Lyon.

E falando em Ópera de Lyon, escolha um dos concertos, compre o ingresso online e admire tanto o espetáculo quanto o interior do prédio que é todo decorado em tons de vermelho e preto. Menores de 28 anos pagam mais barato, tudo para atrair o público jovem com um pouco de cultura.

Uma boa programação ao ar livre seria caminhar pelo bairro de Confluence e pelo Quai Rambaud com seus gigantescos edifícios coloridos, sendo o Cubo Laranja e o Cubo Verde alguns dos mais conhecidos. É inclusive ali que acontece a Bienal de Arte Contemporânea de Lyon. Caminhe até o Musée des Confluences, localizado na confluência dos rios Rhône e Saône e admire as ruas, construções e praças desse charmoso bairro. Tente não iniciar a caminhada muito tarde para aproveitar e ver o início da noite enquanto caminha.

Impossível deixar de mencionar os restaurantes franceses em uma viagem a Lyon, afinal há nada mais, nada menos que 15 restaurantes estrelados pelo Guia Michelin na cidade, e mesmo não sendo um restaurante estrelado, a chance de você comer bem em Lyon é enorme! Lyon é considerada por muitos como a capital gastronômica da França, onde você pode comer bem seja em um restaurante estrelado ou em uma barraquinha de rua. Para um jantar estrelado, o La Mère Brazier é um dos mais recomendados, onde é imprescindível fazer reserva. Outro restaurante muito recomendado e com preço fixo (e justo) é o Le Vivarais, um autêntico bistrô francês para um bom jantar!