Localizada no estado de Washington, próxima da fronteira com o país vizinho Canadá, Seattle é considerada uma das maiores cidades do país e possui um significante passado na história dos Estados Unidos. A região já foi habitada por índios norte-americanos antes dos brancos chegarem em 1851, e o nome Seattle inclusive é uma...

Leia Mais
  • População 652.405 mil

  • Hora local 13:13

  • 1 Dólar americano R$ 3,29

  • Temperatura local 19º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Seattle

Atrações turísticas em Seattle

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Seattle

Hospedagem em Seattle

menor valor maior valor
Pousada R$ 329,48 R$ 383,74
Apartamento R$ 426,38 R$ 2.453,63
Albergue R$ 593,06 R$ 593,06
Hotel R$ 793,65 R$ 2.573,58

Alimentação em Seattle

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 37,85 $ 11.52 a R$ 52,23 $ 15.90
  • Almoço


    R$ 47,31 $ 14.40 a R$ 72,93 $ 22.20
  • Jantar


    R$ 56,77 $ 17.28 a R$ 87,12 $ 26.52

Guia Seattle

Localizada no estado de Washington, próxima da fronteira com o país vizinho Canadá, Seattle é considerada uma das maiores cidades do país e possui um significante passado na história dos Estados Unidos. A região já foi habitada por índios norte-americanos antes dos brancos chegarem em 1851, e o nome Seattle inclusive é uma homenagem a um chefe de uma tribo indígena, chamado Sealth.

Seattle é um importante porto marítimo, seu porto está entre os 10 maiores dos Estados Unidos. Mas apesar de ser banhada pelo Mar do Pacífico, Seattle fica longe do mar aberto, a gigantesca baía de Puget Sound é que liga a cidade ao Oceano Pacífico. Além de ser uma cidade de frente para o mar, Seattle possui outras belezas naturais como um vulcão ao fundo da paisagem, vista para uma cadeia de montanhas cobertas de neve, lagos, pinheiros e um belo pôr do sol, claro, quando o sol aparece.   

Com mais de 200 dias de tempo nublado por ano, em Seattle, quando o verão e o sol chegam, a cidade vira uma festa. Dizem que até o humor da população melhora, e muita gente acaba dando um jeitinho de tirar um dia de folga ou então sair mais cedo do trabalho só pra aproveitar o dia de verão, mas em geral, os moradores de Seattle são bem receptivos e de bem com a vida, você vê funcionários de grandes empresas como Amazon e Microsoft por exemplo, indo de trabalhar de bermuda e camiseta, tudo muito relax.     

Atividades culturais também não faltam na cidade. A Biblioteca Pública de Seattle combina dois passeios em um, o prédio com uma arquitetura moderna e diferente e seu interior que é composto por um acervo de quase dois milhões e meio de itens. O Museum of Flight abriga uma coleção de aviões bem completa, com modelos que vão dos militares aos comerciais. A Space Needle é a torre mais famosa de Seattle, com uma visão incrível da cidade, mais ainda se você tiver a sorte de subir em um final de tarde, depois de um dia de sol. De lá também dá para ver as montanhas Cascade e o Monte Rainier. E falando em Monte Rainier, vale a pena ir até lá para conhecer esse parque com belas trilhas e um vulcão dominando a paisagem, tudo a somente uma hora de Seattle.

Quem tiver tempo disponível, acrescente também uma ida a Vancouver no roteiro da viagem. A cidade canadense fica a apenas duas horas de carro, e é uma ótima combinação com Seattle.

Como chegar

Seattle fica no extremo noroeste dos Estados Unidos, próxima da fronteira com o Canadá. para quem sai do Brasil com destino a Seattle, não há voos diretos, então é necessário fazer uma conexão em alguma outra cidade. A Delta Airlines voa para Seattle fazendo conexão normalmente em Atlanta, mas também pode ser em Orlando ou Detroit, a United Airlines voa fazendo conexão em Houston, Chicago ou Washington, a American Airlines para em Dallas, Miami ou Los Angeles, a Air Canada voa através de Toronto, no Canadá, e a Aeromexico parando na Cidade do México. Normalmente não é fácil encontrar passagens promocionais pra Seattle, mas com um pouco de sorte e pesquisando com antecedência, quem sabe?

O Aeroporto Internacional de Seattle recebe tanto voos nacionais, como voos internacionais. Ele está localizado na cidade de Tacoma, a aproximados 23 quilômetros do centro da cidade e conta com várias opções de transporte até o centro. O táxi é um meio de transporte mais caro e mais conveniente, ainda mais para quem chega depois de muitas horas de voo. Para quem deseja alugar um carro, há locadoras de automóveis na saída do aeroporto. O aeroporto conta com serviço de metrô que leva os passageiros até o centro, o trajeto de metrô até a cidade dura em média 35 minutos e é uma maneira econômica e rápida de se locomover. Os ônibus também conectam o aeroporto ao centro, porém não há um ônibus direto, tem que pegar no mínimo duas conduções e o trajeto costuma durar mais de uma hora.

Muita gente chega em Seattle vindo de Vancouver, no Canadá, afinal são apenas 2 horas de carro + o tempo na imigração. De ônibus são aproximadamente 4 horas e meia, de trem, a duração da viagem é a mesma do ônibus, ou então de avião, aí sim é bem mais rápido, em menos de uma hora você chega em Seattle.

Vida noturna

Seattle abriga uma grande quantidade de bares e restaurantes que disputam a atenção dos turistas, e que enchem ainda mais se o sol tiver aparecido durante o dia, mas caso não tenha aparecido, o que é mais provável, não se intimide com os dias nublados ou chuvosos, apesar disso, os moradores são super tranquilos, estão acostumados com o clima e não deixam de sair por conta de mau tempo.

Além de ser a cidade onde nasceu a rede de cafeterias Starbucks, de grandes empresas como Amazon e Microsoft, Seattle também é uma cidade bem musical, de onde surgiram importantes bandas mundialmente conhecidas como Pearl Jam, Nirvana, Alice in Chains, Temple of the Dog, Mother Love Bone e algumas outras. Esses grupos tocavam um tipo de música que ficou conhecida como grunge, que é um rock mais pesado e alternativo, e que marcou o rock dos anos 90.

E em Seattle, como já era de se imaginar, há diversos estabelecimentos de entretenimento noturno como pubs, bares com música ao vivo, danceterias e restaurantes, todos espalhados pelos bairros da cidade, sendo que os dois bairros mais boêmios são o Capitol Hill e Freemont, então quem gosta de um agito noturno não pode deixar de conhecer esses dois lugares, mas Downtown e o bairro de Pionner Square também têm seus atrativos noturnos.

Para quem aprecia uma boa cerveja, a cervejaria Redhook Brewery, aberta desde 1981, é uma das mais famosas de Seattle. A principal cerveja vendida é escura e forte, parecida com a irlandesa Guiness, mas as cervejas claras também têm saída.