Seattle é a maior cidade da costa oeste localizada ao norte de São Francisco, ou seja, não é uma cidade pequena, então as distâncias dentro dela não são curtas. É uma das cidades que mais crescem no país, com um porto que está entre os 10 maiores dos Estados Unidos, e embora seja banhada pelo Mar do Pacífico, Seattle está longe do mar aberto, é a baía de Puget Sound que liga a cidade ao oceano.

Localizada no estado de Washington, próxima da fronteira com o país vizinho Canadá, Seattle é muito combinada com uma viagem a Vancouver e também é uma espécie de porta de entrada para viagens com destino ao Alasca. A cidade que abriga diversas empresas de tecnologia, tem história, cultura, além de belezas naturais como o Mount Rainier National Park, que fica a cerca de uma hora de Seattle, com seu vulcão deixando a paisagem ainda mais bonita. 

Centro

Seattle é praticamente um estreito de terra, cercada por água dos dois lados, a oeste pela enseada de Puget e a leste pelo lago Washington, então prepare-se para ver muita água. E assim como a maioria das cidades, é no centro que fica boa parte das atrações turísticas, chamado de Downtown Seattle. O centro é muito bem servido por transporte público e é o melhor lugar para quem gosta de vida noturna e de fazer compras. Com opções de hospedagem para todos os gostos e bolsos, a região central acaba sendo um pouco mais cara, mas vale a pena pagar um pouco mais e ficar bem localizado, já se o orçamento estiver mais apertado, lembre-se que quanto mais distante for a hospedagem do centro, mais econômica será. Além de todo tipo de comércio que uma região central costuma oferecer, muitas atrações turísticas estão no centro como a orla da cidade, o Pike Place Market, o Museu de Arte de Seattle, o aquário, a biblioteca pública, o bairro histórico de Pioneer Square e muitas outras.

Pioneer Square

Pioneer Square fica ao lado do centro, é a região mais antiga da cidade, com infraestrutura, bem abastecida de transporte público e todas as facilidades de Downtown. Mas assim como acontece em Downtown, há alguns moradores de rua e pedintes nessas regiões que mesmo não sendo considerados perigosos, é um pouco inconveniente, ainda mais durante uma viagem a lazer.

Belltown

O bairro de Belltown é considerado uma das melhores regiões para se hospedar em Seattle. Fica próximo do cartão postal da cidade, a Space Needle, e conta com uma boa oferta de bares, restaurantes e cafés. O bairro já foi a região hippie de Seattle, está próximo do centro e de várias atrações turísticas.

South Lake Union

South Lake Union fica ao norte de Seattle, acima de Belltown e um pouco mais afastado do centro. É um dos lugares que mais crescem na cidade devido a ser o local onde está a empresa Amazon. Com muitos arranha-céus e construções modernas, é um bairro que está constantemente em obras e isso significa barulho, mas fora isso, é um lugar muito agradável.

Lower Queen Anne

Lower Queen Anne está ao lado de South Lake Union e de Belltown. É um bairro que fica na parte alta de Seattle, por isso, de lá é possível ter uma bela vista da cidade. É onde fica a atração mais famosa, a Space Needle, uma torre com 184 metros de altura.  

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Seattle

Hospedagem em Seattle

menor valor maior valor
Pousada R$ 237,01 R$ 284,41
Apartamento R$ 301,64 R$ 1.590,09
Hotel R$ 325,99 R$ 1.314,74
Albergue R$ 358,74 R$ 358,74