A educação a distância evoluiu bastante nos últimos anos. Atualmente existem muitas maneiras de aprender um idioma novo, que não apenas abre portas em oportunidades de trabalho como também aproxima de outras culturas e garante que você fale ao menos aquele ‘oi’ e ‘tchau’ quando viajar.

Estudar pode até ser cansativo, mas com os inúmeros recursos que existem hoje em dia, certamente dá para encontrar um jeito mais interessante, dinâmico e divertido de aprender. E o melhor: com a internet em mãos, é possível praticar línguas onde quer que você esteja, inclusive no avião, a caminho do destino dos sonhos. 

Sem mais falação, bora pra ação!

“Eu falo muitas línguas, não apenas a língua do amor”

Baixe aplicativos

Dica básica número 1 do mundo é fazer bom uso do smartphone em mãos e da internet paga todo mês. Existem vários aplicativos que ensinam línguas, alguns pagos, outros com lições gratuitas limitadas e outros totalmente na faixa. O Duolingo é o app mais conhecido, com metodologia e interface semelhante a um jogo, no qual o usuário vai ganhando ou perdendo pontos de acordo com seu aprendizado. Você também pode utilizá-lo no computador, onde estão disponíveis seis línguas para aprender.

De forma parecida, existe também o o Memrise, que é fácil de usar, simples, divertido e didático. Com base na memorização de palavras, por som e ortografia, o app com 200 idiomas está o tempo todo testando seus conhecimentos e você se sente desafiado. As lições e níveis são desbloqueados a medida em que você avança os estudos. 

Veja videoaulas e canais linguísticos

Bom, o que não falta no YouTube é conteúdo. E nisso também entram videoaulas e canais de professores de idiomas, que podem ser bem interessantes para incrementar o aprendizado. 

Saindo do lugar-comum, você pode aprender árabe no canal Fale Árabe, ou russo no canal Aprenda Russo com Ekaterina, uma russa que fala português e faz um verdadeiro intercâmbio cultural com os usuários da plataforma. Já quem ama K-pop pode recorrer ao Aprendendo Coreano para decifrar as letras das músicas! 

Tem vídeo até para quem quer aprender dormindo! Pelo menos esse é o marketing do canal EkoLanguages, que vai falando palavras e expressões em inglês repetidamente para que você ouça enquanto sonha. Será que dá certo?

Ouça audiobooks e podcasts

Outra opção para turbinar o aprendizado são os audiolivros, que treinam a audição e a leitura dos alunos. É mais indicado para treinar o que você já sabe, turbinando a interpretação de texto, a entonação correta das palavras e a gramática. Algumas plataformas de estudos liberam material de forma gratuita, especialmente para a língua inglesa, que tem maior volume de títulos disponíveis on-line.

Entre as opções estão os sites Learnoutloud e Universidade Falada. O aplicativo Beelinguapp também permite ler e ouvir histórias em diferentes idiomas lado a lado. O catálogo conta com 13 línguas diferentes.

Os podcasts também entram como aliados na hora de aperfeiçoar os aprendizados. A ferramenta de streaming que “reinventou” os programas de rádio tem canais focados em ensino de idiomas, como o ESL (para inglês), o Daily French Pod (para francês), o Se habla español (para espanhol) e o Coffee Break German (para alemão). 

E tem mais uma vantagem dos recursos em áudio para aprender línguas: eles auxiliam ainda mais pessoas com deficiência, com baixa visão ou cegas, dificuldades motoras, entre outras.

Pratique a conversação

A prática leva à perfeição. Então é fundamental colocar os ensinos em prática quando você deseja aprender um idioma novo. Uma das maneiras de fazer isso é conversando. Existem professores que grupos de conversação no WhatsApp ou Telegram.

Outros alunos preferem utilizar chats com pessoas aleatórias no Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo. Isso pode ser feito pelo computador nos sites Polyglot Club, Speaky e Coeffee, que tem ainda mais interatividade nos bate-papos por meio de jogos.

Já no smartphone, são os aplicativos de conversação que cumprem esse papel, como o Ablo, que tem tradução simultânea, o Slowly e o Doongle.

Mantenha o idioma no seu cotidiano 

Filmes, séries, documentários, livros, canais de notícias, sites, jornais, influencers, rádios, músicas, jogos…utilize tudo o que estiver a seu alcance para se familiarizar com o idioma desejado. Enquanto aprende, inclua na sua rotina atividades que te dão prazer e sejam da língua estrangeira que está estudando. Sem aquele “peso” do estudo, é uma forma de ter ainda mais contato com o som e a grafia das palavras, além de mergulhar na cultura do país em questão. 

E aí, prontos para aprender um idioma novo?

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *