Estima-se que o mundo tenha 6.912 idiomas. Para facilitar que a gente conheça ao menos parte deles, um mapa de línguas e sotaques publicado na internet conta com mais de 30 mil gravações enviadas por uma rede de voluntários para que todos ouçam as “vozes do mundo”.

Batizada de Localingual, a plataforma virtual foi criada em meados de 2017 por David Ding, ex-engenheiro de softwares da Microsoft e atual funcionário do Linkedin. Ele explica que depois de uns três meses de mochilão pela Europa, foi para a Ucrânia e começou a tentar aprender algumas frases no idioma local, que não é um idioma amplamente falado.

Como nunca encontrava em suas pesquisas o jeito certo ou ideal de pronunciá-las, logo teve a ideia de pedir para gravar o que seus amigos ucranianos falavam e passou a usar as vozes deles como prática de aprendizado.

Notando que as formas diferentes de falar uma mesma palavra pode dificultar o ensino ou a compreensão, ele resolveu compartilhar o material on-line como um meio de unir a diversidade fonética e cultural.

Foto: reprodução

Segundo Ding, o site é um meio de consulta para pronúncias ao redor do mundo, que poderia se transformar em uma “Wikipédia das línguas e dialetos”. Além de contar com voluntários fazendo as gravações das palavras, também é mantido a partir de doações dos visitantes.

Ao acessar o mapa de línguas e sotaques o usuário pode ir clicando nos países e estados que desejar para ouvir as diferentes maneiras de pronúncia de uma mesma palavra. Ao acessar o Brasil, surge uma lista de vozes masculinas e femininas que mostra, por exemplo, como um brasileiro, um francês ou um polonês falam a mesma palavra.

Depois de escolher o país, é possível clicar em estados e cidades para conferir expressões regionais e jeitos diferentes de pronunciar uma mesma palavra ou sentença. Se clicar em São Paulo, aparece uma lista com expressões típicas da cidade, como “mano do céu!” e “meu, que bagulho louco!“. Ao lado, a frase aparece traduzida em inglês. É bem divertido!

Foto: reprodução

O Brasil é certamente um lugar confuso para os gringos em termos de vocabulário, porque o número de dialetos é infinito e a cada geração surgem ainda novas frases ou palavras incorporadas ao dia a dia. Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Brasília e Amazonas, cada estado tem seu jeitinho especial de se comunicar. Explorar os regionalismos daqui é uma viagem e tanto!

Claro que, por ser uma plataforma colaborativa, existem erros de tradução e frases desconexas nas listas. Alguns locais estão mais organizados e completos do que outros. A qualidade do áudio também não é a mesma em todas as frases ou palavras, afinal, são gravações caseiras.

Mas o mapa de línguas e sotaques ajuda bastante, seja para aprender pronúncias ou descobrir expressões locais. Para acessá-lo, clique aqui. A visualização é melhor pelo computador, mas funciona normalmente pelo celular ou tablet.

Foto: reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Viajar é pra todo mundo!

Até 70% de desconto em passagem aérea