Com paisagens de tirar o fôlego, a capital da ilha da Madeira é o destino perfeito para viajantes que prezam pelo contato direto com a natureza. Beirada pelo mar e cheia de falésias e penhascos, não há como passar pela cidade e não se admirar com a sua beleza. Apesar disso, Funchal ainda oferece um centro histórico peculiar e artístico, além...

Leia Mais

Atrações turísticas em Funchal

  • Teleférico do Monte

    Teleférico do Monte

    Passeio agradável e que permite uma bela vista de Funchal!

    Adulto €16.00 R$ 73,38
    Criança €8.00 R$ 36,69
    Ir para o site
  • Museu Militar da Madeira

    Museu Militar da Madeira

    Bilhete €2.00 R$ 9,17
    Ir para o site
  • Mercado dos Lavradores

    Mercado dos Lavradores

    Mercado com flores, frutas locais e exóticas. Lá você irá encontrar uma variedade de produtos.

    De graça €0.00 R$ 0,00
  • Cassino da Madeira

    Cassino da Madeira

    Para quem procura entretenimento!

    De graça €0.00 R$ 0,00
    Ir para o site

Guia Funchal

Com paisagens de tirar o fôlego, a capital da ilha da Madeira é o destino perfeito para viajantes que prezam pelo contato direto com a natureza. Beirada pelo mar e cheia de falésias e penhascos, não há como passar pela cidade e não se admirar com a sua beleza. Apesar disso, Funchal ainda oferece um centro histórico peculiar e artístico, além de vida noturna animada com ótimos estabelecimentos de gastronomia.

Para começar as suas andanças, vá ao coração da cidade. Lá, as ruas pequenas garantem um charme à parte, mas o ponto alto são as portas dos estabelecimentos. Isso porque no ano de 2010 aconteceu o Projeto Arte Portas Abertas, que transformou as entradas dos recintos locais em verdadeiras obras de arte. Muito diferentes umas das outras, as portas garantem um arsenal de fotografias aos turistas. Se quiser ver um pôr de sol bonito, vá até a Praia da Formosa, que fica a apenas 6km da parte histórica da capital.

É nas imediações do centro que também está o Mercado Municipal, com sua infinidade de frutas (que espantam até mesmo os brasileiros), além de barraquinhas de comida tradicionais. Assim como é de praxe, os valores não são os mais baratos por lá, mas vale a pena se você quiser ter uma experiência bem típica. Se tiver como cozinhar, compre alguns ingredientes locais, como o peixe espada preto ou a lapa, e tente reproduzir receitas típicas da região.

Ainda na área central da cidade, não deixe de conhecer a Catedral da Sé, o Palácio de São Lourenço (que tem entrada gratuita ao público e disponibiliza tour guiados) e a Fortaleza de Santiago (antigo prédio que hoje é a casa do Museu de Arte Contemporânea). Já para ter uma visão privilegiada de Funchal, o turista pode encarar um morro e chegar ao Forte do Pico, mas lembre-se de ir preparado para a subida.

O bairro de Lido também merece atenção considerável em seu roteiro. Conhecido por ser o local mais novo e moderno da cidade, é bom andar pelas ruas daquela área e sentir o contraste em comparação com o centro histórico. Abrigando grandes redes de hotéis e resorts, a região é marcada pela sua beleza. Tome um café por lá ou faça um passeio ao final da tarde já esticando para o jantar (afinal, também existem restaurantes de muita qualidade na área!).

Monte é outro distrito que não deve ser ignorado. O mais legal é que para ir até lá o turista pode pegar um Teleférico, já começando a diversão antes mesmo de chegar ao destino final. Por lá, não deixe de conhecer a Igreja Nossa Senhora do Monte, que conta com os tradicionais Carros de Cestos ao seu lado. Usados como meio de transporte no passado, hoje eles apenas funcionam com propósito de turismo. Se quiser encarar, são mais de 1,5km de percurso em carrinhos que chegam a 40km/h!

Os jardins e parques são outros pontos fortes de Funchal. Alguns deles são totalmente imperdíveis, como o Jardim Botânico (com mais de 2.500 espécies de plantas e vistas deslumbrantes da cidade), o Jardim Tropical do Monte, o Jardim Municipal, o Jardim Panorâmico e os Jardins dos Palheiros.

Já para quem não abre mão de sair à noite, uma boa pedida é ir ao Pestana Cassino Park, que contou com a ajuda do brasileiro Oscar Niemeyer durante a sua concepção. Agora se você não é fã dos jogos de azar e prefere mesmo tomar uma cerveja gelada ou dançar aos ritmos locais, a melhor coisa a se fazer é ir até a Zona Velha, onde ficam os melhores pubs e casas noturnas da cidade.