• Café da manhã

    €7.68 €9.72 €13.80
    R$ 35,00 R$ 44,30 R$ 62,89
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Almoço

    €12.00 €16.08 €20.16
    R$ 54,69 R$ 73,29 R$ 91,88
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Jantar

    €18.72 €22.80 €27.60
    R$ 85,32 R$ 103,91 R$ 125,79
    Baixo custo Econômico Conforto

Guia Alimentação em Funchal

Por ser um destino insular, não é de se admirar que os peixes e frutos do mar tenham destaque grande nas mesas locais. Com pratos que levam esses ingredientes frescos, muitas vezes pescados poucas horas antes – como acontece no Mercado do Peixe, em St. Pauli – o viajante não poderá reclamar da qualidade da culinária local. Funchal também é uma boa pedida para os apreciadores de vinhos, uma vez que a região é considerada um destino de enoturismo graças ao seu famoso Vinho da Madeira.

Já se tratando dos clássicos locais, a entrada mais famosa por lá é o Bolo de Caco. Feita com batata doce, a iguaria consiste em ser um pão típico servido em formato arredondado – como se fosse um bolo. Assada sobre o caco bem quente (que é uma pedra de basalto), a entrada é consumida com manteiga temperada com alho e ervas.

O Filé de Espada à Moda da Madeira também é um prato muito apreciado por lá. Para quem não sabe, o espada preto é um ingrediente comum na região, mas não pode ser encontrado com facilidade em muitos lugares do mundo. Isso porque o peixe nada em águas profundas, a 1.000 metros de profundidade, sendo difícil a sua pesca. Apesar de não ser nada bonito, a sua carne é extremamente saborosa e a estrela principal desse clássico que quase todo restaurante de Funchal disponibiliza. Já a especialidade “à Moda da Madeira” refere-se ao molho de maracujá que vem sobre o peixe, assim como as bananas assadas que completam a explosão de sabores.

O Atum com Milho Frito também ganha atenção especial na cidade. Temperado com sal e marinado em molho feito à base de vinagre, azeite, alho, orégano e pimenta, o atum é cortado em postas que são servidas com milho frito de acompanhamento. Para quem ainda quer se aventurar pelo mar, outra opção interessante é experimentar a Lapa, um molusco bem famoso na região.

Agora se você é fã das carnes vermelhas, não deixe de experimentar a Espetada. Assim como o nome sugere, o prato nada mais é do que pedaços de carne servidos em um espeto (como se fosse o Espetinho brasileiro). A diferença, porém, fica por conta do tipo de espeto, que é um pau de louro comprido. A Espetada original é feita com carne de vaca, mas é possível encontrar também com carne de porco e atum.

Agora quando o assunto são as sobremesas, as frutas plantadas na ilha ganham atenção especial, caso das bananas, mangas, romãs, uvas, abacates e papaias. Até para nós, brasileiros, a quantidade de tipos de uma mesma fruta causa espanto. Destaque especial para a Banana da Madeira, que é mais firme e amarelada que as demais. Também existe Maracujá Tomate, Maracujá Limão, Maracujá Banana... Ou seja, o céu é o limite para quem não tem estômago pequeno e gosta de se aventurar por novos sabores! Não deixe de comer também o Bolo de Mel e a Queijada, que são dois clássicos de Funchal e remontam aos velhos tempos do passado.

Para acompanhar, tome um Vinho da Madeira. Assim como o Vinho do Porto, a bebida é mais adocicada e tem alto teor alcoólico. Esse é o maior produto próprio de exportação da região, com mais de 4 milhões de litros produzidos ao ano. Tome também a Poncha, uma espécie de caipirinha portuguesa. A bebida é feita com aguardente de cana, açúcar e limão, mas também podem ser encontradas versões com outros sabores. Comparada com a bebida brasileira tradicional, a diferença está no uso das frutas, que não são esmagadas, mas vem coadas, como suco mesmo.