A capital e maior cidade da Noruega normalmente funciona como base para início ou fim de uma viagem pelo país. Mas Oslo pode ser bem aproveitada seja como for inserida no roteiro de uma viagem. Independente de se hospedar na cidade dois ou cinco dias com certeza eles serão bem aproveitados, pois a cidade oferece desde atividades urbanas a passeios ligados a natureza.

Com...

Leia Mais
  • População 618.683 mil

  • Hora local 13:33

  • 1 Coroa norueguesa R$ 0,46

  • Temperatura local 3.06º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Oslo

Atrações turísticas em Oslo

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Oslo

Hospedagem em Oslo

menor valor maior valor
Albergue R$ 227,22 R$ 350,62
Apartamento R$ 318,20 R$ 3.641,81
Hotel R$ 322,76 R$ 1.770,83

Alimentação em Oslo

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 34,63 kr$ 75.60 a R$ 52,77 kr$ 115.20
  • Almoço


    R$ 52,77 kr$ 115.20 a R$ 104,44 kr$ 228.00
  • Jantar


    R$ 57,72 kr$ 126.00 a R$ 129,18 kr$ 282.00

Guia Oslo

A capital e maior cidade da Noruega normalmente funciona como base para início ou fim de uma viagem pelo país. Mas Oslo pode ser bem aproveitada seja como for inserida no roteiro de uma viagem. Independente de se hospedar na cidade dois ou cinco dias com certeza eles serão bem aproveitados, pois a cidade oferece desde atividades urbanas a passeios ligados a natureza.

Com um sistema de transporte bem estruturado que facilita (e muito) a vida do viajante, não será difícil conhecer a cidade. O centro histórico pode ser percorrido a pé, onde está localizado boa parte das atrações, mas para percorrer uma distância maior não será difícil encontrar táxi, ônibus, metrô ou até mesmo barcos. 

Alguns lugares mais visitados da cidade são: Galeria Nacional, pequena, porém com obras grandiosas; Museu Munch, conhecido por abrigar o quadro “O Grito”, de Edvard Munch; Museu Fram, construído para alojar o navio Fram, utilizado em expedições polares, incluindo a conquista do polo sul; Castelo e Fortaleza de Akershus, local histórico e com uma bela vista da cidade e o imperdível Museu do Navio Viking, onde se encontra o maior achado viking já registrado.

A Noruega é conhecida para os brasileiros pelo bacalhau norueguês e em Oslo o prato não poderia deixar de ser oferecido nos restaurantes, porém não é só de bacalhau que é feita a gastronomia norueguesa. Frutos do mar, cabras, carneiros, legumes e frutas, tudo de preferência cultivado sem o uso de agrotóxicos, fazem parte do dia a dia dos noruegueses e estão nos cardápios dos restaurantes. 

A melhor época para conhecer Oslo vai depender do que o turista espera da viagem. O inverno apesar de ser bem rigoroso é ideal para praticar esportes na neve como esqui. Os parques da cidade transformam-se em grandes nuvens brancas e fazem a alegria da criançada. É época também dos mercados de Natal. Já o verão (que mesmo sendo a estação mais quente, é recomendado levar roupas de frio) é indicado para quem gosta de fazer caminhadas, ciclismo e passeios ao ar livre, aproveitando do clima com temperatura mais agradável.  

É bem verdade que uma viagem à Noruega vai muito além de conhecer somente a capital Oslo, mas incluir Oslo no roteiro, com certeza será um ótimo início ou término de viagem!

Como chegar

A capital da Noruega possui dois aeroportos próximos: o Rygge, que fica a 60 quilômetros de distância e só recebe voos provenientes de cidades europeias, e o Gardermoen, localizado a 47 quilômetros de Oslo. Se você está indo para a Noruega do Brasil, é mais provável que o seu avião pouse no Gardermoen, mas em ambos os aeroportos as opções de translado são as mesmas.

Considerado um dos países mais caros do mundo, o preço do transporte, da comida e da estadia podem assustar até os mais experientes viajantes. Por isso, prepare bem o bolso e não entre no primeiro taxi que encontrar – uma corrida de alguns quilômetros podem custar centenas de reais.

Como se locomover do aeroporto ao centro de Oslo

De taxi ou uber
Definitivamente não é a opção mais barata, mas pode ser a mais conveniente para os que estão carregando muitas malas ou chegando de madrugada. O preço de uma corrida até um dos pontos do centro, que demora entre 40 e 50 minutos, pode custar entre 600 e 800 NOK, algo em torno de R$250 e R$340.

Diversas empresas de taxi fazem o translado, e se essa for a sua opção escolhida, procure os quiosques de informação que estão localizados dentro do aeroporto. Não entre no primeiro carro que encontrar e sempre pesquise o preço antes.

De ônibus
Há duas empresas que oferecem o serviço de ônibus do aeroporto ao centro da cidade, em um trajeto que pode demorar até uma hora – tudo depende do trânsito. As passagens podem custar entre R$40 e R$90.

O Ruter é um ônibus que sai de meia em meia hora do aeroporto e faz algumas paradas em Oslo, até chegar no centro. É a opção mais barata de todas.

Já o Airport Express Coach (SAS Flybussen) é um pouco mais caro, e sai a cada 20 minutos do aeroporto.

De trem
Os aeroportos possuem duas opções de trem para se chegar a Oslo, o tradicional e o express.

O tradicional é operado pela empresa NSB, a Norwegian State Railways, e o bilhete custa R$40. Já o expresso, chamado de Flytoget custa R$75, mas faz o percurso em apenas 20 minutos, sendo a maneira mais rápida de se chegar na cidade.

Alugar um carro
O transporte público em toda a Noruega é excelente – seguro, rápido e eficiente – mas se mesmo assim a ideia é alugar um automóvel para aproveitar o país com mais autonomia, é possível fazer isso diretamente no aeroporto.

Vida noturna

O país escandinavo tem uma vida noturna agitada, muito parecida com outros países do sul da Europa. Apesar do clima frio e dos meses onde a luz do sol quase não é vista, toda a cidade possui uma infraestrutura de primeira qualidade para a proteção contra o frio, além de moradores animadíssimos.

E nem as mais baixas temperaturas espantam os jovens e adultos que buscam se divertir em pub, tomando grande canecas de cervejas, ou dançando nas pistas das baladas. Claro que, durante os meses mais quentes, a vida noturna fica ainda mais agitada. No verão, é possível encontrar bares e restaurantes que colocam mesas e cadeiras do lado de fora, para que cada minuto de calor possa ser aproveitado da melhor maneira.

Independente de quando você visite Oslo, saiba que irá encontrar, em algum cantinho da cidade, uma casa noturna que tenha a sua cara. E por ser um dos países mais seguros do mundo, é comum que as pessoas se locomovam andando, de um bar para outro. Isso quando a temperatura não está abaixo dos 0°C, é claro.

Confira alguns lugares incríveis para se divertir em Oslo:

Christiania
O bar, que também funciona como um restaurante durante o dia com almoço e janta, se transforma em um ambiente cheio de jovens e adultos de todas as idades, que buscam se divertir com música, drinks e paquera. A qualidade da comida é proporcional a das bebidas servidas na casa, especialmente do Gin Tônica – há uma extensa variedade do coquetel. Aos finais de semana, a pista de dança fica ainda mais animada.

Internationalen
Com dois ambientes, a Internationalen é uma das boates mais populares da cidade, e fica lotada aos finais de semana. Se prepare para eventualmente enfrentar uma filinha, mas acredite: a espera vale a pena. Na pista de dança, o som mais tocado é o funk music do leste europeu, um som com batidas animadas e que faz a cabeça (e os pés) dos mais jovens. A qualidade das bebidas também impressiona.

Oslo Pub Crawl
Com um roteiro que passa por diversos pubs do centro da cidade, o Pub Crawl de Oslo é uma das melhores maneiras de conhecer pessoas de diferentes países e tomar uma boa quantidade de bebidas sem precisar gastar tanto, já que o preço é fixo e em cada visita já está incluso uma dose ou uma cerveja.

Café Sør

Durante o dia o Café Sør funciona como uma casa de chás e cafés, servindo também alguns pratos frescos, como saladas e sanduíches. Durante a noite, a atmosfera muda completamente e os animados Dj’s fazem do lugar uma verdadeira festa, de segunda à sábado. Há boas opções de bebidas e de comidinhas para acompanhar a música.