• População 386.605 mil

  • Hora local 03:11

  • 10 Baht R$ 1,54

  • Temperatura local 25.12º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Phuket

Atrações turísticas em Phuket

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Phuket

Hospedagem em Phuket

menor valor maior valor
Apartamento R$ 52,56 R$ 2.703,31
Pousada R$ 60,07 R$ 495,61
Albergue R$ 69,53 R$ 278,12
Hotel R$ 92,42 R$ 1.322,92

Alimentação em Phuket

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 12,18 ฿ 79.00 a R$ 33,93 ฿ 220.00
  • Almoço


    R$ 23,13 ฿ 150.00 a R$ 57,06 ฿ 370.00
  • Jantar


    R$ 27,76 ฿ 180.00 a R$ 72,48 ฿ 470.00

Guia Phuket

O que fazer em Phuket

Praticamente impossível pensar em Phuket e não pensar nas praias de águas translúcidas e areias finas. Apesar de ser a maior ilha da Tailândia, Phuket ainda guarda um aspecto de ilha pequena com várias atrações mais intimistas e experiências quase VIPs.

A verdade é que Phuket tem atração e atividades para todos os gostos e é simplesmente impossível ficar entediado por lá. Muito se engana quem pensa que a ilha tem só praias! 

Com mergulhos de snorkel ou de cilindro, passeios de barco, aluguel jet skis, turismo de aventura, ecoturismo, trilhas na selva, festas e mais, Phuket oferece um prato cheio ao turista do que fazer por lá!

Veja o que fazer em Phuket com mais detalhes aqui!

 

Onde ficar em Phuket

Com certeza escolher onde ficar em Phuket é uma das decisões mais importantes da sua viagem – isso se não for a mais importante. Isso porque são mais de 30 praias na ilha e dependendo de onde ficar, seu deslocamento e acesso aos locais e passeios serão impactados.

Cada praia tem características bem únicas, incluindo o tipo de infraestrutura que oferece e o porte de hospedagem que recebe. Além das praias, existe a opção de ficar na parte central, mas pode não ser tão vantajoso, especialmente se é sua primeira viagem!

As principais praias para hospedagem são Patong, Karon, Kata e Mai Khao Beach. Para saber cada detalhe sobre elas e tomar sua decisão de onde ficar em Phuket, veja nosso guia completo de hospedagem na ilha.

 

Alimentação em Phuket 

Um dos fatores que atrai os viajantes para a ilha tanto quanto às suas praias é a alimentação em Phuket. Sim, tem muita gente que vai pensando especialmente no tour gastronômico! Por isso, mesmo que não seja seu foco, aproveite para conhecer os pratos principais da ilha.

O forte de Phuket são as barracas de comidas nas ruas, mas quem quiser outras opções ou tiver o estômago mais sensível, existem outros restaurantes e fast foods na ilha.

Falando da culinária local, você encontrará uma variedade de pratos típicos, como o famoso Pad Thai (macarrão de arroz frito com vegetais, camarão ou frango), Tom Yum (sopa picante de camarão ou frango), Gaeng Keow Wan (curry verde) e mais.

Claro que, por ser uma ilha, Phuket é conhecida por seus frutos do mar fresquinhos, uma ótima opção com muita variedade para os viajantes se deliciarem.

Outro ponto de destaque da alimentação em Phuket são seus preços baixos. Para saber quanto vai gastar em média por refeição, clique aqui.

 

Passeios em Phuket

Para quem quer explorar além da ilha de Phuket, não faltam passeios aos arredores para encher os olhos dos viajantes!

Excursão às ilhas de Krabi e Kho Yao Yai, passeio para conhecer a antiga capital Ayutthaya e passeio de lancha para conhecer as famosas ilhas Phi Phi são apenas alguns dos passeios oferecidos na região.

Saiba mais sobre cada passeio e reserve em reais já!

 

Quando ir a Phuket

Não existe uma época que seja impossível visitar a ilha, mas existem alguns períodos melhores de quando ir a Phuket.

Se o viajante quer a melhor época para viajar, também encontrará a alta temporada. No período entre novembro e fevereiro o calor é suportável e não chove na região, por isso o local enche de turistas.

Já entre maio e outubro as chuvas são certeiras e bem fortes, porém passageiras, e o valor das hospedagens e passagens caem bastante, mas não é a melhor estação do ano.

Quer saber então qual o melhor período para visitar a ilha sem chuvas, fora da alta temporada e sem derreter por lá? Continue lendo sobre quando ir a Phuket aqui!

 

Documentação

Para entrar em Phuket, assim como na maioria dos países, o viajante brasileiro precisa ter um passaporte válido por pelo menos seis meses a partir da data de entrada na Tailândia. Ou seja, viajou em abril, seu passaporte precisa estar válido até no mínimo outubro daquele mesmo ano.

Quanto à vacinação, é necessário apresentar comprovantes para as doses da vacina de Covid-19 e também é obrigatória a apresentação do comprovante internacional da vacina de febre amarela. Por outro lado, é recomendado estar em dia com as de tétano, hepatite A e B, mas essas três últimas não são itens que restringirão sua entrada.

Para viagens à turismo ou negócios, não é necessário visto para os brasileiros que desejam ingressar na Tailândia, com permanência no país limitada a 90 dias.

O seguro viagem não é obrigatório, mas de forma alguma recomendamos viajar sem no mínimo uma cobertura básica. O custo é baixo e aquela dor no dente, apendicite ou qualquer outro acidente acontecem justamente quando menos esperamos.

 

Idioma
O idioma oficial em Phuket e em toda a Tailândia é o tailandês. Apesar disso, por ser um destino voltado ao turismo, muitos locais e pessoas que trabalham com a parte turística da cidade têm conhecimentos básicos de inglês. Nos principais centros turísticos, como a cidade de Phuket e as áreas próximas às praias mais populares, é relativamente fácil encontrar pessoas que falam inglês.

Ao visitar Phuket, especialmente se você planeja explorar áreas fora dos pontos turísticos mais movimentados, é útil aprender algumas palavras e frases básicas em tailandês. Isso pode ajudar na comunicação diária e demonstrar respeito pela cultura local. Palavras como "Olá" (sawatdee), "Obrigado" (khap kun), "Por favor" (karuna) e "Desculpe" (khor thot) são sempre úteis e vale essa dica para qualquer idioma né?

Moeda
A moeda da Tailândia e de Phuket é o thai baht (THB), “única” moeda aceita em estabelecimentos locais, como lojas, mercados, restaurantes e hotéis. Vamos colocar entre aspas porque embora reforcem o uso da moeda local, o dólar americano e o euro também têm alta circulação no país e são aceitos, mas a cotação na hora da troca pode não ser tão favorável.

O ideal é viajar já com o baht, mas caso não encontre no Brasil, em hipótese alguma leve o real para trocar lá, afinal a moeda brasileira não tem circulação e será muito difícil fazer a troca. Se não conseguir comprar a moeda tailandesa, opte por levar dólares e esse sim trocar por baht.

A maioria dos caixas eletrônicos em Phuket permite a retirada de dinheiro em Bahts usando cartões de crédito ou débito internacionais.

Em julho de 2023, R$ 1 equivale a ? 7,14 (bath).

Dicas para sua viagem à Phuket

Ninguém merece viajar despreparado, então confira algumas dicas para sua viagem à Phuket:

Dicas essenciais para o bom convívio em Phuket:

  • Topless é proibido, então nada de sair tirando a roupa nas praias tailandesas;

  • Conduzir veículos sem a devida habilitação é proibido;

  • Cuidado com golpes: assim como outros destinos de praias, como Cancún, é comum tentativas de golpes no aluguel de jet skis. No caso, o viajante aluga sem conferir com atenção o veículo e depois na entrega querem acusar de algum defeito ou amassado que já existia;

  • Atenção fumantes: fumar em algumas praias também é proibido por lei e pode dar cadeia;

  • Não dependa do transporte público para andar lá, que costuma ser meio incerto;

  • Tenha cuidado com a água: evite beber água da torneira em Phuket, é recomendado consumir água engarrafada ou filtrada durante a sua estadia devido à contaminação;

  • Respeite a cultura local: respeite as tradições locais, como remover os sapatos ao entrar em templos budistas, vestir-se de forma adequada ao visitar lugares sagrados e demonstrar respeito pelos costumes locais.

Dicas básicas

  • Planeje a viagem com antecedência, pois Phuket é um destino em alta;

  • Respeite a vida marinha: ao fazer passeios de barco ou snorkeling, respeite a vida marinha e os corais. Não toque nos corais e evite comprar produtos feitos de conchas marinhas ou corais;

  • Aproveite as praias menos conhecidas: Phuket tem praias menos conhecidas e mais tranquilas, longe das áreas turísticas mais movimentadas, não deixe de explorar a área!

O que levar na mala

Destino de praia e longe de casa, por isso sua mala para Phuket deve ser ao mesmo tempo bem completa com itens essenciais porém não muito pesada, pois a chance de você precisar levá-la em transportes como barcos e ruas não asfaltadas é grande.

Por esses motivos, não é estranho ver muita gente com os verdadeiros mochilões nas costas, compactando tudo o que precisa sem depender de rodinhas.

Entre os itens essenciais e obrigatórios: protetor solar corporal e facial, pós sol, roupas de banho, repelente, tênis para trilhas, roupas leves, chapéu/bonés, óculos de sol, chinelos e remédios são alguns dos itens essenciais para a sua mala.

Outro item indispensável: leve peças que cubram os joelhos para entrar nos templos. Nada de roupas curtinhas nessas visitas, a menos que queira ficar de fora.

Como chegar

Phuket fica ao sul da Tailândia e é um dos destinos mais famosos do país. Uma cidade litorânea, com praias lindas, mar azul e repleta de gente, principalmente durante os meses de alta temporada.

Para nós brasileiros até é um pouco distante, mas está cada vez mais fácil chegar em Phuket. Hoje em dia, dependendo da cia aérea escolhida é necessário fazer somente uma conexão para chegar até lá. O valor da passagem fazendo apenas uma conexão ainda não está muito barato, mas quem sabe daqui um tempo não melhora? Por enquanto, somente a Emirates e a Qatar oferecem essa opção, fazendo conexão em Doha ou em Dubai. Várias outras cias aéreas oferecem passagens bem mais em conta, porém fazendo duas conexões, como é o caso da British Airways e da Air China, mas a maneira mais comum e mais econômica de chegar em Phuket é comprando uma passagem até Bangkok, e de lá pegar outro voo até Phuket com alguma cia aérea local, de preferência low cost como é o caso da Air Asia, pagando bem pouco. Se o orçamento estiver muito apertado e sobrar tempo, ônibus desde Bangkok também é uma alternativa, a passagem é super barata e a viagem é bem longa.

O Aeroporto Internacional de Phuket está localizado na parte norte da cidade, a aproximadamente 30 quilômetros da região central. É o terceiro aeroporto mais movimentado do país e isso significa uma grande quantidade de turistas do mundo inteiro nas praias. Para sair do aeroporto, táxi provavelmente é a melhor escolha, principalmente se estiver em mais pessoas. Há vans que saem do aeroporto com destino a Patong Beach (uma praia com grande concentração de hotéis) a quase todo momento, o serviço é um pouco bagunçado, mas com certeza é mais barato que um táxi. 

Vida noturna

Se o objetivo da viagem a Phuket for curtir baladas, esse é o lugar certo!

O agito rola solto sem hora pra acabar na praia de Patong. A Rua Thanon Bangla praticamente fecha para pedestres. Bares com oferta de drinques baratos, diversas casas noturnas, casas de massagens, algumas oferecendo massagem até com final feliz, mulheres dançando loucamente em cima das mesas, travestis e prostitutas se misturam ao comércio de rua e aos insistentes vendedores que tentam te empurrar de tudo. Os transexuais conseguem arrancar suspiros de todos, homens, mulheres, de quem já sabia e de quem não sabia. Chega a ser uma diversão ver tudo junto, e pra quem está em Phuket e quer sair à noite, não tem outro jeito, a melhor maneira é relaxar e encarar tudo como parte da viagem e do conhecimento de uma cultura, afinal tudo isso faz parte da cultura da Tailândia.   

Infelizmente o turismo sexual é muito forte na Tailândia, especificamente em Phuket. É comum a oferta de programas sexuais pelas ruas, inclusive com cardápios de shows e strip-tease. Há opções para todos os gostos mesmo, heteros, homossexuais, bissexuais, ali a variedade é grande e todo mundo pode curtir a noite da maneira que achar melhor. Para quem gosta de uma programação mais tranquila, melhor procurar outro lugar, porque na praia de Patong, a programação noturna é bem forte.

Já, em Phuket Town, a noitada é menos provocativa, com menos plumas e menos corpos siliconados. Os próprios tailandeses frequentam as noitadas em Phuket Town ou então turistas atrás de uma programação mais leve. 

Mas independente do lugar que você irá curtir a noite, o importante é ir de mente aberta, uma dose de humor sempre cai bem e respeitar a todos.