A Ásia apresenta inúmeros destinos incríveis, carregados de autenticidade. Indo além das praias e templos sagrados, te convidamos a descobrir os maiores campos de girassóis na Tailândia, que costumam florescer de novembro a janeiro

Uma imensidão de pétalas amarelas domina a paisagem de Lopburi, uma pequena província ao Norte do país, a cerca de 150 km de distância de Bangkok. A cidade, fundada há mais de 15 séculos, é uma das mais antigas da Tailândia, e ficou conhecida pelos locais históricos, como o templo Prang Sam Yot, que sedia o Festival do Macaco nos dias 23 e 24 de novembro.

Foto: divulgação/Renown Travel

O evento costuma atrair milhares de visitantes a cada ano, que se reúnem para celebrar os animais, moradores comuns em Lopburi. Nos dias festivos, um enorme banquete de frutas é servido para os amigos primatas aos pés do monumento. A iniciativa é uma forma de atrair turistas, obviamente, mas também uma oportunidade para falar sobre a preservação da espécie. Talvez seria prudente se alguém avisasse ao governo tailandês que os macacos estão, também, tomando Coca-Cola durante o evento! 

8 lugares ao redor do mundo para conviver e visitar animais fofos!

O Império Khmer deixou muitas marcas na província, tornando-se parte dos principais atrativos turísticos da região de forma, digamos, vitalícia. Assim, boa parte do que restou de sua arquitetura típica pode ser visitada, como o templo Wat Phra Sri Mahathat, que tem cerca de 800 anos e fica bem no Centro da cidade.

Ainda na área urbana está o Palácio do Rei Narai (King Narai’s Palace), do reino Ayutthaya, desenhado por arquitetos franceses com elementos tailandeses e europeus. Permaneceu abandonado por quase dois séculos e atualmente é parte de um complexo museológico, dividindo o terreno com outros edifícios da antiguidade.

Lopburi e Saraburi estão na rota dos girassóis na Tailândia – Foto: divulgação/Renown Travel

Agora falando em flores, saiba que a região de Lopburi tem os maiores campos de girassóis da Tailândia, então é certamente o local ideal para vê-las, especialmente se for na primeira quinzena de dezembro, aos pés da montanha Chin Lae. É indicado alugar um carro, moto ou bicicleta (se você já for ciclista) porque as atrações ficam no meio da estrada. Há também alguns ônibus na estação rodoviária local que param nas proximidades das plantações.

Um dos mais conhecidos está em Chong Sarika, no distrito de Phatthana Nikom. Fica no caminho para Saraburi, a cerca de 40 km da capital. O público também costuma visitar o campo de Khao Chin Lae (distrito de Mueang), a apenas 22 km de distância de Sarika, além de um fotogênico café nos arredores, chamado กระเพรา & coffee, cheio de bucólicas paisagens, além da comida que reabastece as energias, é claro.

Montanhas, uma pequena casinha, passarelas elevadas, ponte e flores cosmo-amarelo forram o chão, trazendo à tona uma imagem típica de contos de fadas. Não é por acaso que muitos ensaios fotográficos acontecem no local. 

Foto: divulgação/Sutipong Sutiratanachai

As plantações também podem ser encontradas em Khok Samrong, Muak Lek, Chai Badan e Tha Luang.

Na província de Saraburi, a 40 minutos de Lopburi, se destacam outros magníficos campos de girassol. Os campos mais procurados ficam em Tambon Hin Son e Tha Khlo, no distrito de Kaeng Khoi. Além de tirar fotos, os visitantes aprendem mais sobre as flores e podem comprar produtos oriundos da espécie.

Entre 30 minutos e uma hora de distância há outros distritos, como Wang Muang e Muak Lek.

Foto: divulgação/Sutipong Sutiratanachai

Outros lugares para encontrar campos de girassóis na Tailândia


A província de Khao Yai, a três horas de Bangkok, nutre características um tanto ocidentais, mas há várias coisas para ver e fazer, como por exemplo conhecer o parque nacional, algumas fazendas, vinícolas e o florido campo Pak Chong.

É neste entorno, mais precisamente em Nakhon Ratchasima, que fica a Fazenda Jim Thompson, que cultiva orgânicos e girassóis, abre ao público durante os meses de dezembro e janeiro, com tours e atividades diversas. É um local cheio de paisagens pitorescas, e muito bem organizado turisticamente. As visitas custam de 90 a 220 bahts.

Foto: divulgação/Jim Thompson Farm
Foto: divulgação/Jim Thompson Farm

Como chegar

A partir de Bangkok, a capital da Tailândia, é possível pegar um trem para Lopburi na estação Hua Lamphong. As viagens, que duram de duas a três horas, são oferecidas diariamente em horários variados. Outra opção é pegar um ônibus no terminal Mo Chit, que parte a cada 30 minutos, e o percurso dura, em média, três horas.

Compre suas passagens com antecedência e facilite a viagem!

Campos de girassóis na Tailândia ganham vida entre dezembro e janeiro – Foto: divulgação/Depto de Turismo da Tailândia
Foto: divulgação/Renown Travel
Foto: divulgação/Jim Thompson Farm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *