Apesar de não estar no circuito mais tradicional da Espanha, que basicamente inclui Barcelona e Madri, Valência é uma cidade tão cheia de atrativos quanto as duas anteriores. A terceira maior cidade do país tem pontos turísticos de sobra, que facilmente poderiam ocupar quatro dias de viagem. Porém, como nem todo mundo tem essa disponibilidade, o...

Leia Mais

Atrações turísticas em Valência

  • Bioparc Valência

    Bioparc Valência

    Zoológico muito bem cuidado.

    Adulto €23.80 R$ 110,17
    Criança €18.00 R$ 83,32
    Ir para o site
  • Oceanografic

    Oceanografic

    Aquário com apresentações de golfinhos, leões marinhos e muito mais!

    Adultos €29.70 R$ 137,48
    Ir para o site
  • Mercado Central de Valência

    Mercado Central de Valência

    Aprecie a bonita arquitetura do prédio e aproveite as diversas variedades de produtos!

    Entrada gratuita €0.00 R$ 0,00
    Ir para o site
  • Cidade das Artes e Ciências

    Cidade das Artes e Ciências

    Arquitetura futurista assinada pelo arquiteto valenciano Santiago Calatrava. Atrações: Hemisfèric, Museo de las Ciencias, Oceanogràfic.

    Entrada p/ todos ambientes €37.90 R$ 175,43
    Ir para o site
  • Catedral de Valência

    Catedral de Valência

    Uma das mais belas catedrais da Espanha!

    Preço da entrada €0.00 R$ 0,00
    Ir para o site

Guia Valência

Apesar de não estar no circuito mais tradicional da Espanha, que basicamente inclui Barcelona e Madri, Valência é uma cidade tão cheia de atrativos quanto as duas anteriores. A terceira maior cidade do país tem pontos turísticos de sobra, que facilmente poderiam ocupar quatro dias de viagem. Porém, como nem todo mundo tem essa disponibilidade, o que geralmente acontece é uma escolha dos principais e mais relevantes monumentos (aqueles que não podem ficar de fora da lista!).

Se você pertence ao grupo de pessoas que quer fazer um apanhadão por lá, comece seu tour pelo centro, mais precisamente pelo Bairro El Carmen, onde está a Catedral de Valência. Ainda na região, visite a Prefeitura e o Palacio de Comunicaciones, além de reservar um tempinho para andar sem pressa pelas ruas e becos de pedra tão comuns nessa parte da cidade. Por lá é possível visitar também a Plaza de Toros, construída entre 1850 e 1860, que mostra a tradição nacional das touradas. O monumento conta ainda com um tour para aqueles que se interessarem pelo assunto.

Ainda perto da catedral está o Sítio Arqueológico L’Almoina, um conjunto arquitetônico com ruínas bem conservadas onde é possível ver de perto as escavações feitas entre 1985 e 2005 (que deram origem a monumentos, moedas e peças de cerâmica que remontam a história da cidade). Ainda no centro, não deixe de passar pela Lonja de La Seda, um edifício gótico que funcionava como o mercado de seda de Valência. Listado como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, o local é uma representação fiel da importância da urbe – em termos de poder e riqueza – durante os séculos XV e XVI.

Não deixe também de dar uma passadinha no Mercado Central, construído em estilo modernista e um dos principais mercados de toda a Espanha. Aproveite para comer algo por lá, pois realmente vale a pena! Já o Mercado de Colón, hoje desativado, foi convertido em espaço de lazer. De qualquer forma, ir até lá é bastante interessante, pois a sua fachada é realmente rica em detalhes arquitetônicos.

Nos extremos do Bairro El Carmen é possível ver as torres e muralhas medievais. Uma das construções mais apreciadas pelos turistas são as Torres de Serranos, que funcionavam como uma das doze portas que compunham a muralha cristã do município. Para quem gosta ainda de boas vistas, é possível subir no local e apreciar Valência das alturas. Outro lugar que proporciona uma vista bem interessante é a Torre Miguelete, mas para chegar lá o viajante deve encarar 207 lances de escadas.

Lembre-se que em Valência os espanhóis levam a siesta (aquela descansadinha após o almoço) muito a sério. Portanto, planeje-se bem para não ficar sem ter o que fazer durante esse período do dia. Uma boa pedida é ir para a Ciudad de las Artes y Las Ciencias que funcionam até mesmo durante a siesta (surgindo como uma das poucas atrações e estabelecimentos a fazê-lo). Por lá não deixe de visitar o Hemisfèric, o Oceanogràfic e o Museo de las Ciencias. Para muitas pessoas essa é a parte mais imperdível de Valência, justamente por apresentar um clima de modernidade e futurismo. Vale lembrar que o complexo foi inaugurado em 1998 e é um verdadeiro deleite para os olhos (é realmente possível acreditar que estamos vivendo no futuro ao olhar para as construções de lá).

Se ainda sobrar um tempinho, não deixe de conhecer as praias de Valência. Se visitar a cidade durante o verão, esse passeio se faz mais do que necessário. Uma das principais é a Paia El Saler, que possui mais de 5km de areia bem fina. Também cogite alugar uma bicicleta e andar pela cidade (uma vez que Valência é plana, o tour permite uma visão do município por outro ângulo).