• Café da manhã

    €6.48 €7.56 €11.28
    R$ 27,25 R$ 31,80 R$ 47,44
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Almoço

    €10.80 €14.76 €18.72
    R$ 45,42 R$ 62,08 R$ 78,73
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Jantar

    €12.55 €16.56 €20.40
    R$ 52,78 R$ 69,65 R$ 85,80
    Baixo custo Econômico Conforto

Guia Alimentação em Valência

Quem vai para a cidade espanhola não pode deixar de apreciar as comidas típicas locais. Representando a tradicional dieta mediterrânea, Valência tem a sua gastronomia baseada em frutos do mar e mariscos, além de ingredientes muito naturais e frescos advindos da sua agricultura desenvolvida (caso dos legumes, verduras e frutas).

Mas, com certeza, a estrela dos cardápios valencianos é o arroz. Preparado de diversas formas, o ingrediente é presença garantida em quase todo pratos mais clássicos do local. Inclusive, a Paella é uma das iguarias que você não pode ir embora sem experimentar. Esse prato de origem humilde surgiu lá, portanto não experimentá-lo durante a sua viagem é quase um sacrilégio. Apesar de ter se expandido para todos os cantos da Espanha, assim como também do mundo, o seu nascimento aconteceu em Valência. Na paella valenciana, o preparo da comida recebe arroz, verduras e carne (que pode ser frango ou coelho).

Outra modalidade do uso do ingrediente é o Arroz de Forno. Esse prato consiste em ser o arroz preparado em panela de barro com carne de porco, grão de bico, batatas, tomates e alho. Os melhores restaurantes para experimentar a iguaria ficam na zona marítima, mais precisamente na Playa de las Arenas e na Playa de la Malvarrosa. O Arroz com Crosta também é bem tradicional por lá e consiste em ser um arroz de forno coberto por uma crosta feita com ovo batido. Leva ainda açafrão, tomate, alho seco, coelho, grão de bico e salsinhas.

Já o Arroz a Banda é uma versão mediterrânea de uma humilde criação de pescadores da região costeira. Feito com caldo de peixe e camarão, o prato consiste no preparo separado do arroz e do peixe, de modo que ao final o arroz se seca com o caldo do pescado. Outra iguaria da região que se assemelha ao arroz de banda é o Fideuá, que ao invés de levar arroz utiliza macarrão. Vale lembrar que o fideuá leva também peixes e frutos do mar, sendo servido de forma igual à paella (e, por isso, muitas vezes confundido com a comida mais tradicional de Valência).

O arroz ainda é o principal ingrediente de outros pratos bem típicos da região, como o Arroz Negro, o Arroz com Vinho Tinto e até mesmo a Olla Valenciana (um guisado que leva vegetais, legumes, carnes diversas, salsinhas e, claro, arroz).

Agora se o que você procura é um bom aperitivo, a boa pedida é recorrer às Tapas que são vendidas aos montes pelos bares e restaurantes da cidade. Feitos à base de batatas, esses tira-gostos são sempre uma boa pedida para tapear a fome e acompanhar cervejas e sangrias bem geladas.

Já quando o assunto são as sobremesas, o Arnadí se destaca. Feito a partir de abóbora e açúcar, a iguaria só é consumida durante a Quaresma e a Semana Santa. Também muito recorrente nesse período é a Mona de Pascua, um típico exemplar da pastelaria espanhola muito consumido nas regiões da Múrcia, Catalunha, Aragão e, claro, em Valência. Vale lembrar que os doces locais também sofreram bastante influência dos mulçumanos, então é bem fácil encontrar na área sobremesas feitas com amêndoas e mel.

Para quem se interessa também por bebidas típicas, não vá embora da cidade sem experimentar a Horchata, feita à base de chufa (tubérculo local). Bastante refrescante, a bebida é apreciada especialmente durante o verão e pode ser vendida de três diferentes maneiras: líquida, granulada e mista. Os vinhos também são outro orgulho nacional e devem ser degustados sem moderação. Dê atenção especial para o Alto Turia, Serrania, Requena, Utiel e Campo de Líria.