Macapá é a cidade mais próxima da foz do Rio Amazonas e ganhou notoriedade, especialmente entre os próprios brasileiros, por ser a única capital nacional cortada pela linha do Equador.

No local onde fica Marco Zero, que marca a linha imaginária que divide a Terra em dois hemisférios, a brincadeira preferida entre os turistas é...

Leia Mais
  • População 465.495 mil

  • Hora local 11:42

  • 1 Real R$ 1,00

  • Temperatura local 30º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Macapá

Atrações turísticas em Macapá

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Macapá

Hospedagem em Macapá

menor valor maior valor
Hotel R$ 139,00 R$ 243,00
Pousada R$ 174,00 R$ 174,00

Alimentação em Macapá

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 7,20 R$ 7.20 a R$ 12,00 R$ 12.00
  • Almoço


    R$ 16,80 R$ 16.80 a R$ 25,20 R$ 25.20
  • Jantar


    R$ 19,20 R$ 19.20 a R$ 42,00 R$ 42.00

Guia Macapá

Macapá é a cidade mais próxima da foz do Rio Amazonas e ganhou notoriedade, especialmente entre os próprios brasileiros, por ser a única capital nacional cortada pela linha do Equador.

No local onde fica Marco Zero, que marca a linha imaginária que divide a Terra em dois hemisférios, a brincadeira preferida entre os turistas é registrar a foto com um pé no Hemisfério Norte e outro no Hemisfério Sul. No local que marca o Equador ainda há um obelisco e um relógio do sol.

 No início de cada Equinócio, que ocorre nos meses de março e setembro, é realizado no local exposições e outras atividades alusivas ao fenômeno. É durante o Equinócio que o dia e a noite têm a mesma duração e o Sol fica alinhado com linha do Equador. Em Macapá, quando o fenômeno acontece, é possível ver o sol pelo obelisco.

Considerada a capital “do meio do mundo”, a cidade possui pontos turísticos que revelam um pouco da história, cultura e religiosidade da região. Além do Marco Zero, outra atração para quem viaja para Macapá é ir até a beira do Rio Amazonas para admirar a Fortaleza de São José do Macapá, com seu pitoresco formato de estrela. Construída em 1782 para proteger o Rio Amazonas, a fortificação tem 127 mil metros quadrados de edificações internas e muralhas de 15 metros de altura. Em 1950, a fortaleza foi tombada como Patrimônio Histórico.

Na parte externa da construção está o Parque do Forte, local procurado por locais e turistas para caminhadas e piqueniques. Ao longo do espaço, há decks panorâmicos com vista para o rio Amazonas. Além disso, no mês de dezembro, a fortaleza e seus arredores são cenários do Festival Quebramar, um evento cultural que promove música, teatro, fotografia e arte.

Para apreciar o forte e rio, a dica é seguir para o chamado Complexo Beira Rio, estrutura formada por trapiches, quiosques, restaurantes e choperias com música ao vivo. Além das opções gastronômicas, a área oferece mezaninos e passarelas a céu aberto, com pista de patins e de corrida.

Já o Mercado Central atrai visitantes por abrigar eventos culturais e festivos da capital do Amapá. Assim como o Museu Sacaca, que expõe uma diversa coleção de animais e plantas da região amazônica e conta um pouco da história do povo ribeirinho.

O acesso à Macapá não é dos mais fáceis. Não existe acesso de carro para turistas que viajam até lá de outros estados: as opções, a partir de Belém, são avião e barco. Neste último caso, a viagem pode chegar a durar 24 horas.