Porta de entrada para a Índia, essa é a segunda maior cidade do país atrás apenas da também importante e famosa Bombaim. Dividida em Old Delhi e New Delhi, a região mostra uma mistura interessante entre o caos da cidade antiga e a modernidade conquistada pelo local após a colonização britânica. Com quase 10 milhões de...

Leia Mais
  • População 9.879 milhões

  • Hora local 16:05

  • 100 Rupia indiana R$ 5,01

  • Temperatura local 33º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Deli

Atrações turísticas em Deli

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Deli

Hospedagem em Deli

menor valor maior valor
Pousada R$ 25,13 R$ 704,44
Albergue R$ 30,19 R$ 166,05
Hotel R$ 32,71 R$ 504,57
Apartamento R$ 41,88 R$ 1.253,81

Alimentação em Deli

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 8,17 INR 163.20 a R$ 15,09 INR 301.20
  • Almoço


    R$ 12,31 INR 245.76 a R$ 20,00 INR 399.36
  • Jantar


    R$ 15,03 INR 300.00 a R$ 25,85 INR 516.00

Guia Deli

Porta de entrada para a Índia, essa é a segunda maior cidade do país atrás apenas da também importante e famosa Bombaim. Dividida em Old Delhi e New Delhi, a região mostra uma mistura interessante entre o caos da cidade antiga e a modernidade conquistada pelo local após a colonização britânica. Com quase 10 milhões de habitantes, Deli é hoje a oitava cidade mais populosa do mundo e, também, a mais poluída do planeta. Esse último “título” não é muito legal de se ostentar, mas é bom que o turista tenha isso em mente para não chegar desavisado por lá.

Quem visita Deli dá logo de cara com essa confusão que define bem a área. Com muitos anos de História, a cidade situada no norte da Índia tem uma posição estratégica que, no passado, facilitou o controle das rotas comerciais que iam do Noroeste até as planícies do Rio Ganges. A sua importância também pode ser vista pelas inúmeras vezes que a região foi nomeada capital: no século XII do Estado Mulçumano, em 1638 do Império Mongol e, agora, da Índia.

Para o viajante é importante saber que em Old Delhi é onde se concentram os templos, mesquitas e bazares. É lá que está a veia histórica de tudo. Já em New Delhi o que impera é o clima metropolitano, com suas largas ruas e avenidas. Os fãs da fé também não se decepcionarão durante a sua estadia no local. Ao longo dos anos, quatro diferentes religiões passaram por lá, deixando como legado muitas das construções que hoje os turistas visitam. Além do mais, Deli é um lugar muito bom para quem quer entender as castas indianas, que até hoje determinam o modo de vida da população.

Comece seu passeio se perdendo pelas ruelas onde acontece o insano trânsito de transeuntes, bicicletas, carretas e até mesmo vacas. Apesar de parecer totalmente louca, essa é uma das vivências que o viajante deve ter por lá. Depois, vá em algum dos Patrimônios da Humanidade que a cidade abriga, como a Tumba de Humanyum, o Complexo de Qutb ou o Forte Vermelho (Red Fort). Para completar a sua experiência, prove a autêntica comida indiana condimentada com muito curry. Só tome cuidado para não exagerar e estragar o seu passeio!

Vale dizer que em Deli os principais idiomas são o hindi, o urdu, o panjabi e, claro, o inglês. A moeda oficial é a rupia indiana.

Como chegar

Infelizmente não há voos diretos que partem do Brasil rumo à cidade indiana. Dessa forma, para conhecer a região, o viajante deverá fazer ao menos uma conexão na Europa ou no Oriente Médio. Companhias como a KLM, Quatar, Emirates, British Airways e Lufthansa são algumas das possibilidades para o turista. Partindo do Brasil também há a possibilidade de escolher a Ethiopian Airlines, que muitas vezes oferece voos mais curtos e baratos para o destino em questão.

Independentemente da companhia aérea escolhida, a sua chegada acontecerá pelo Aeroporto Internacional Indira Gandhi (DEL), que é a porta de entrada para o norte do país. Esse é o aeroporto mais movimentado da Índia, chegando a receber mais de 40 milhões de passageiros no ano de 2014. Com três pistas e dois terminais, o hub aéreo atende muitas empresas locais, como a Air India, a GoAir, a IndiGo, a Jet Airways e a SpiceJet, por exemplo. No entanto, elas não são as únicas. Ao todo, mais de 60 companhias fazem rotas para o Aeroporto Internacional de Nova Delhi, destacando a sua importância no cenário mundial.

Para ir do aeroporto até a sua acomodação, opte por meios de transportes oficiais. As melhores opções são os transfers, que possuem preços justos e deixam o viajante na porta da sua hospedagem. Outra alternativa são os táxis, mas vale dizer que muitos deles cobram preços exorbitantes e inaceitáveis. Portanto, se não quiser passar apuros logo que chegar na cidade, opte por já deixar tudo acertado antes do seu desembarque.

Vale lembrar que o Governo da Índia solicita o Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela para viajantes com mais de seis meses de idade. Portanto, fique atento e faça tudo com bastante antecedência para não correr o risco de nenhum imprevisto acontecer e atrapalhar seus planos.

Vida noturna

Apesar de a Índia não ser um país com reconhecida vida noturna, Deli é uma das poucas cidades que fogem à essa regra. Mesmo que muitos lugares fechem por volta da meia noite, ou seja, cedo para os padrões brasileiros, ainda é possível encontrar uma série de bares, restaurantes e casas noturnas capazes de animar a noite do turista. Nos últimos anos a cidade viu o seu número de boates, bares e pubs crescer vertiginosamente, dando uma nova cara para o local e, claro, abrindo novas possibilidades para o viajante mais animado.

O ritmo eletrônico é o que mais predomina entre os jovens indianos e os melhores dias para sair à noite são quarta, sexta e sábado. Vale lembrar que algumas das casas noturnas mais procuradas da região estão situadas em cidades-dormitório como Noida e Gurgaon. Tenha em mente também que muitos desses lugares não permitem a entrada de homens desacompanhados. Portanto, para não correr o risco de ficar de fora, tente ir a esses ambientes em um pequeno grupo que mescle homens e mulheres.

India Gate e Rajpath também são localidades que atraem muita gente que está em busca de diversão. Todas as noites milhares de pessoas vão para essas áreas em busca de bebidas, petiscos e paquera. Se você é uma mulher sozinha, talvez esses não sejam lugares muito indicados, pois é quase certo que os homens irão assediá-la.

Agora se a sua ideia é apenas beber um coquetel em um ambiente bacana, aposte nos hotéis cinco estrelas que possuem bares luxuosos e até mesmo casas noturnas dentro das suas dependências. Há também bares refinados nas cidades-dormitório e em subúrbios na parte sul e oeste da cidade. Durante happy hours muitos deles oferecem a promoção de “compre um, ganhe dois” para drinks, licores e cervejas.