• Café da manhã

    €6.30 €8.00 €10.10
    R$ 23,08 R$ 29,31 R$ 37,01
    Baixo custo Enconômico Conforto
  • Almoço

    €11.00 €15.40 €18.90
    R$ 40,31 R$ 56,43 R$ 69,25
    Baixo custo Enconômico Conforto
  • Jantar

    €15.00 €24.80 €30.00
    R$ 54,96 R$ 90,87 R$ 109,93
    Baixo custo Enconômico Conforto

Guia Alimentação em Paris

Nada mais francês do que a boa mesa. Nesse sentido, a Cidade Luz reserva muitas surpresas aos amantes da gastronomia e promete fazer você ganhar alguns quilos durante os dias que passar por lá - mesmo assim, é garantido que cada gordurinha terá valido a pena.

Um baguete ou um croissant nas padarias e cafés locais são um lanche de dar água na boca e não poderiam ser uma maneira melhor de começar o dia com muita disposição. Se o seu apetite estiver mais para os doces, prove um delicioso Pain au Chocolat, uma espécie de pãozinho folhado recheado com chocolate que é simplesmente dos deuses!

Na hora do almoço ou no jantar, é importante lembrar que a mesa francesa é sempre composta por três pratos: entrada, prato principal e sobremesa. Ou seja, a ideia de que os franceses comem pouco está mais do que longe da verdade. Em Paris, todas as refeições são um banquete quando comparadas à nossa mesa típica brasileira.

Nos restaurantes, a escolha da entrada geralmente incluirá alguma opção de salada e a quase onipresente sopa de cebola, sempre acompanhada de uma generosa porção de queijos. O prato principal costuma ser uma carne, com acompanhamentos variados. Nesse quesito, as receitas mais famosas são o boeuf bourguignon, um prato de carne bovina cozida ao vinho tinto, ou o coq au vin, uma receita similar preparada com frango.

Quando chega a hora da sobremesa é que a surpresa aparece: ela não precisa ser doce. É bem comum encontrar queijos como o brie ou o camembert entre as opções de sobremesa em muitos restaurantes pela cidade. Outra opção famosa é o delicioso crème brûlée, um creme feito com leite, ovos, açúcar e baunilha que ganha uma crosta crocante de açúcar.

Se estiver em dúvida sobre onde comer, não deixe de conhecer a badalada região de Marais, onde bares, restaurantes e lojinhas se proliferam e atraem turistas de todo o mundo. O bairro tem origem judaica e hoje é também ponto de encontro da comunidade LGBT, que adotou o espaço por ser moderninho e descolado. Comida de rua é por aqui mesmo, onde será possível provar algumas delícias francesas, além de experimentar pratos típicos da imigração judaica.

Em compensação, caso esteja em busca de economia e um clima multicultural enquanto aprecia sua refeição, não tenha dúvidas em se dirigir ao Quartier Latin. Sempre movimentado, o bairro reúne estudantes das muitas universidades da região, parisienses de passagem e turistas de todas as partes do mundo em seus restaurantes. A norma é escolher o mais simpático e pedir um menu completo em três passos, que muitas vezes já vem acompanhado de um bom vinho local. Enquanto estiver por lá será fácil saborear o melhor da gastronomia francesa sem se assustar com o preço da conta. Aproveite!

Mesmo assim, se a sua ideia for apenas um petisco rápido, pode ser que as barraquinhas de crepes espalhadas pela cidade sejam a melhor opção. Escolha o sabor de sua preferência, acompanhe a preparação do crepe no melhor estilo francês e saia deliciando-se com o alimento enquanto continua seu passeio pela cidade. Outro deleite para os olhos e para o paladar são os coloridíssimos macarons, doces típicos feitos com farinha de amêndoas.

Nas boulangeries (ou padarias), a dica fica por conta de uma espécie de misto quente gourmetizado que encanta os franceses e os turistas que provam a delícia. O nome do lanche é croque-monsieur: feito com pão de brioche, presunto, molho branco e muito queijo gratinado, ele fica perfeito como um lanche mais encorpado ou mesmo como substituto da janta. Outra versão é o croque madame: parecido com o croque-monsieur, este sanduíche leva também a cobertura de ovo, se tornado um lanche ainda mais substancial.