Guia São Petersburgo

Está com viagem marcada para a Rússia? Então chegou a hora de planejar os seus passeios em São Petersburgo, a segunda maior cidade do país. Com cinco milhões de habitantes, ela é considerada a mais ocidental da nação, o que se entende facilmente ao observar a inspiração em cidades europeias como Veneza e Paris. Mesmo assim, a maior atração local é mesmo bastante tradicional. Trata-se do Museu Hermitage, a antiga residência dos czares russos.

O edifício começou a ser erguido em 1754. Algum tempo após sua construção, Catarina, a Grande, passou a abrigar sua coleção de arte particular. Posteriormente foi transformado em um museu, como funciona até hoje, sendo considerado um dos maiores museus de arte do mundo, com uma coleção de mais de 1 milhão de obras.

Depois de contemplar o espaço, uma boa dica pode ser reservar um dia para conhecer o complexo Peterhof, localizado a 30 km de São Petersburgo. No local, você encontrará incríveis jardins com fontes que datam do século 18, estátuas e palácios construídos a mando do czar Pedro, o Grande.

O passeio pode ser combinado com um tour de barco pelo rio Neva, considerado o terceiro maior rio europeu em volume de água. Outra dica interessante é deixar para fazer o cruzeiro pelo rio à noite, quando as luzes da cidade conferem um ar ainda mais especial ao passeio. À meia-noite, as pontes são elevadas e dão um toque mágico à paisagem.

Na sequência, algumas obras arquitetônicas de São Petersburgo podem compor o seu itinerário. O destaque fica para a Fortaleza de São Pedro e São Paulo, considerada a construção mais antiga da cidade. Dentro da fortaleza está também a Catedral de São Pedro e São Paulo, onde ficam os túmulos de quase todos os czares russos.

O Palácio de Inverno e a Catedral de São Isaías, a maior catedral ortodoxa da cidade que impressiona por sua cúpula de ouro, também são imperdíveis, assim como a famosa Catedral do Sangue Derramado com os muitos mosaicos de seu interior. Complete os passeios em São Petersburgo visitando o Palácio de Catarina, residência de verão dos czares russos, ou visite a cidade de Pushkin, nomeada em homenagem ao poeta.