O centro histórico de Cracóvia, chamado de Stare Miasto, tem muito a ser apreciado, como é o caso das igrejas - são mais de 140 -, como Basílica Mariana, a Catedral de Wawel, santuário nacional da Polônia, além da sinagoga de Kazimierz, berço da cultura judaica.

Não deixe de ir ao Covil do Dragão e vá...

Leia Mais

Atrações turísticas em Cracóvia

  • Basílica de Santa Maria

    Basílica de Santa Maria

    PLN$10.00 R$ 9,86
    Ir para o site
  • Salões do Castelo de Wawel

    Salões do Castelo de Wawel

    PLN$20.00 R$ 19,72
    Ir para o site
  • Apartamentos reais do Castelo de Wawel

    Apartamentos reais do Castelo de Wawel

    Adulto PLN$27.00 R$ 26,63
    Criança e idoso PLN$21.00 R$ 20,71
    Ir para o site
  • Torre Sandomierska

    Torre Sandomierska

    PLN$4.00 R$ 3,94
    Ir para o site
  • Minas de sal de Wieliczka

    Minas de sal de Wieliczka

    PLN$89.00 R$ 87,76
    Ir para o site
  • Caverna de dragões (Castelo de Wawel)

    Caverna de dragões (Castelo de Wawel)

    PLN$5.00 R$ 4,93
    Ir para o site
  • Tumbas reais, Sino Sigismund e Museu da Catedral

    Tumbas reais, Sino Sigismund e Museu da Catedral

    Adulto PLN$12.00 R$ 11,83
    Idoso e estudante PLN$7.00 R$ 6,90
    Ir para o site
  • Museu Judeu Galicia

    Museu Judeu Galicia

    Adulto PLN$16.00 R$ 15,78
    Estudante PLN$11.00 R$ 10,85
    Idoso PLN$13.00 R$ 12,82
    Ir para o site
  • Monte Kosciuszko

    Monte Kosciuszko

    PLN$14.00 R$ 13,81
    Ir para o site
  • Torre da cidade

    Torre da cidade

    Adulto PLN$14.00 R$ 13,81
    Criança, estudante e idoso PLN$10.00 R$ 9,86
    Ir para o site

Guia Cracóvia

O centro histórico de Cracóvia, chamado de Stare Miasto, tem muito a ser apreciado, como é o caso das igrejas - são mais de 140 -, como Basílica Mariana, a Catedral de Wawel, santuário nacional da Polônia, além da sinagoga de Kazimierz, berço da cultura judaica.

Não deixe de ir ao Covil do Dragão e vá atrás de uma estátua de bronze de um dragão cuspindo fogo, monumento às margens do Rio Wisla e com vista magnífica dos arredores.

O burburinho fica em torno da Praça do Mercado, de nome Rynek Glowny, uma das maiores de toda a Europa. Por ali, cafés e músicos tocando ao vivo animam o ambiente e embalam noites agradáveis. Em Plac Nowy, outra praça, restaurantes, mercados flutuantes e mais cafés dividem a atenção do público em meio a edifícios medievais.

As áreas verdes são alguns dos locais mais importantes da cidade. São, ao todo, 42 parques públicos, incluindo o Jardim Botânico, criado em 1779 e atualmente com 5 mil plantas; a floresta Las Wolski; o Parque Jordana, ideal para quem quer relaxar; além do anel Planty, que reúne cerca de 30 jardins ao redor do bairro histórico.

A região também é uma vitrine para quem aprecia obras de arte. O Mokak, Museu de Arte Contemporânea, preserva trabalhos artísticos das últimas duas décadas. Outro ponto importante é a Fábrica de Oskar Schindler, que foi transformada em museu. A antiga produtora de utensílios domésticos pertencia ao homem que protegeu centenas de judeus durante o período do Holocausto.

A era comunista ficou marcada no distrito Nowa Huta, onde se encontra um estilo arquitetônico tipicamente socialista, com prédios enormes cercados por parques. Os arredores ficaram pobres após a queda do regime.

As compras de jóias, roupas e arte costumam atrair os turistas na Cracóvia, especialmente pelos preços mais em conta. É possível encontrar uma variedade de lojas em Rynek Glowny, Plac Nowy e Kazimierz, os bairros mais famosos da cidade.

Se quiser explorar ainda mais o território, vá até os vales verdejantes que cercam Ojcow, as minas de sal de Wieliczka e ao antigo campo de extermínio de Auschwitz, passeio ideal para quem gosta de história.