Não é por acaso que há anos a ilha mais animada da Indonésia faz parte do imaginário de no mínimo 99% dos viajantes. Bali já foi cenário de filme (Comer Rezar Amar, estrelado por Julia Roberts) e depois disso o número de turistas na ilha só aumentou. Novas pousadas, hotéis de charme, restaurantes mais refinados, muita...

Leia Mais
  • População 4.225 milhões

  • Hora local 21:36

  • 100 Rupia indonésia R$ 0,03

  • Temperatura local 11.45º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Bali

Atrações turísticas em Bali

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Bali

Hospedagem em Bali

menor valor maior valor
Albergue R$ 42,39 R$ 118,69
Pousada R$ 52,36 R$ 220,13
Hotel R$ 84,78 R$ 743,67
Apartamento R$ 356,30 R$ 356,30

Alimentação em Bali

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 9,89 Rs 33500.00 a R$ 20,23 Rs 68500.00
  • Almoço


    R$ 16,39 Rs 55500.00 a R$ 26,28 Rs 89000.00
  • Jantar


    R$ 20,08 Rs 68000.00 a R$ 88,59 Rs 300000.00

Guia Bali

Não é por acaso que há anos a ilha mais animada da Indonésia faz parte do imaginário de no mínimo 99% dos viajantes. Bali já foi cenário de filme (Comer Rezar Amar, estrelado por Julia Roberts) e depois disso o número de turistas na ilha só aumentou. Novas pousadas, hotéis de charme, restaurantes mais refinados, muita coisa nova surgiu nos últimos anos. A praia de Padang Padang que antigamente era frequentada apenas por surfistas, depois de aparecer no filme virou um dos locais mais disputados, onde dificilmente alguém consegue aparecer sozinho na foto. Mas ainda assim, a ilha reserva lugares paradisíacos, dignos de filme mesmo.

Quem chega e já vai direto para praia de Kuta, pode ter uma certa decepção, pois a praia em si não tem nada de muito bonito. Kuta é talvez a praia mais turística de Bali, com trânsito caótico, repleta de lojas, restaurantes e baladas animadas. Quem procura sossego e praias de cartão postal, melhor ir para o sul de Bali ou qualquer outra praia, mas é no centro da ilha que fica um dos vilarejos mais bonitos, tranquilos e boêmios: Ubud, que também faz parte do filme citado acima, porém não foi tão afetado pelo sucesso.

Ubud é uma vila rústica, com templos, mercados para comprar artesanatos, oferendas espalhadas pelas ruas, galerias de arte, spas para fazer uma boa massagem, onde o viajante pode conhecer a verdadeira atmosfera de Bali, um verdadeiro deleite. É ali que ficam também os campos de arroz formando paisagens de tirar o fôlego. Nusa Dua é uma praia bem bonita, onde estão localizados os melhores hotéis, mesmo quem não se hospedar ali, vale a pena ir até a praia.  

Bali é conhecida como a terra dos mil templos, há templos em toda parte da ilha, e mesmo assim, cada residência tem seu pequeno santuário. A Indonésia é um país muçulmano, mas Bali é a única ilha com uma religião diferente, onde é praticado o hindu-balinês. É muito comum encontrar nas ruas oferendas que são oferecidas aos deuses, as oferendas são uma espécie de potinhos feitos de folhas de bananeira, onde dentro há arroz, flores e outros itens.

Bali fica do outro lado do mundo, mas todo o encanto, cultura e beleza compensam as horas de viagem. 

E mesmo que a passagem aérea não seja um item muito econômico, aliás muito pelo contrário porque normalmente é cara, chegando lá em Bali todos os outros itens da viagem serão compensados em valores porque tudo é muito barato comparando com outros lugares do mundo. Desde hospedagem, alimentação, compras e passeios, Bali é além de tudo, um dos lugares em que você se sente até rico.

Atualmente, quem viaja para Bali a turismo, não precisa de visto, ou melhor, o visto é concedido no momento do desembarque, mas é sempre bom confirmar essa informação antes da viagem. Os documentos necessários para viagem são passaporte com validade superior a seis meses, certificado internacional de vacina contra febre amarela e passagem de ida e volta.

Bali é uma ilha grande, onde as distâncias devem ser pensadas e calculadas antes de iniciar a viagem. É bem fácil alugar um carro ou uma moto em Bali, basta apenas apresentar a carteira internacional de habilitação, mas é bom saber que o trânsito na ilha é bem caótico, muitas vezes pior que São Paulo, não em relação a engarrafamentos, mas em relação à falta de regras. Há policiais pela ilha, principalmente em lugares turísticos, e é comum que eles parem os turistas para pedir documento. Para quem está com tudo certo, ótimo, já para quem não estiver, prepare-se para aquela conversinha que no final se resume a tentar arrancar algum dinheiro dos turistas, infelizmente, é assim. Entre alugar um carro e uma moto, considere que o carro é mais caro, porém mais seguro, já a moto será mais barata, porém a adrenalina é garantida no trânsito em Bali, e todo cuidado é pouco.

Bali é um destino de praia, mas isso não significa que todas as praias sejam lindas … sim, muitas são, porém algumas nem tanto e outras menos ainda como é o caso da praia de Kuta. Algumas praias são ideais para prática de surf, outro motivo que leva milhares de turistas nodosos anos a Bali. Mas o ideal em uma viagem para Bali é unir praia + cultura, aí sim será uma ótima viagem. A ilha de Bali é riquíssima em cultura, o que pode ser observado através de seus templos, da religião, dos costumes, das artes, não faltam opções de passeios culturais em Bali.  

E falando em artes, os balineses são ótimos na arte em madeira e artesanatos em geral. Não será difícil encontrar artesanatos lindos, difícil será não comprar muita coisa. Mas antes de comprar qualquer produto, não esqueça da regra geral que é pechinchar. É uma prática super comum e eles até gostam de ficar negociando o preço, mas é claro que, como sempre, o bom senso é válido e pra tudo existe um limite, afinal muitos balineses sobrevivem do turismo, e é bom também valorizar o produto, ainda mais se for um produto artesanal e diferenciado.

Como chegar

Bali fica do outro lado do mundo, na Indonésia, distante do Brasil muitas horas de voos e mesmo assim, a quantidade de brasileiros na ilha é grande. Muitos moram em Bali, outros moram na Austrália e de lá vão até Bali passar uns dias, alguns estão fazendo aquela sonhada viagem volta ao mundo e outros saem do Brasil especificamente para ir a Bali. Isso mostra que vale a pena enfrentar tantas horas de voo, com exceção do preço da passagem que não é barata, uma vez na ilha, todo o restante costuma ser bem em conta, o que compensa o valor pago na passagem.

Para chegar em Bali é necessário fazer uma, duas ou até três conexões, além de muita paciência para ficar horas sentado na poltrona do avião. No momento, apenas a Qatar Airways e a Emirates voam para Bali fazendo somente uma conexão, a Qatar para em Doha e a Emirates em Dubai. O restante das cias aéreas que voam para Bali fazem ao menos 2 conexões.

O aeroporto de Bali, o Ngurah Rai International Airport é o terceiro mais movimentado do país e fica no sul da ilha, a 13 quilômetros de Denpasar. O aeroporto recebe voos de diversas cias aéreas vindos de grandes cidades do mundo e de muitas cidades da Ásia.

Para sair do aeroporto, a melhor maneira é utilizar um serviço de táxi. O valor vai depender do itinerário, mas é essencial combinar o preço antes com os motoristas, vale até pechinchar.

Brasileiros que viajam para a Indonésia a turismo podem obter o visto chegando no próprio aeroporto. Para isso, é necessário um passaporte com validade de no mínimo 6 meses, vacina de febre amarela, passagem de ida e vota e o pagamento de uma taxa.       

Vida noturna

Bali é a ilha mais animada da Indonésia e sua vida noturna não deixa nada a desejar. Infelizmente, no ano de 2002, toda essa alegria foi alvo de um atentado terrorista que deixou dezenas de mortos, incluindo brasileiros. Na época, uma das bombas detonou com a balada mais famosa de Bali, o Sari Club, onde jovens de 23 diferentes nacionalidades se encontravam para dançar, beber e paquerar até amanhecer. Hoje em dia, nesse mesmo lugar, há um memorial com os nomes das vítimas, mas após muitos anos de tristeza, Kuta e suas baladas voltaram a sorrir, fazendo com que todos os turistas que frequentam o local esqueçam o ocorrido e se divirtam para valer. Kuta é o centro da vida noturna em Bali, com opções de casas noturnas e restaurantes para todos os gostos e bolsos.

Nesse meio tempo, outra praia de Bali surgiu como o local das baladas, Seminyak, que fica a 10 minutos apenas de Kuta, é praticamente o novo point da vida noturna da ilha. Com muitos beachs clubs que funcionam também durante a noite, é um local muito frequentado por pessoas com mais dinheiro, ou melhor, que estão dispostas a gastar mais, mesmo assim, em Bali tudo costuma ser barato, de acordo com o padrão asiático.

No centro da ilha, em Ubud, as baladas não são muito animadas, ali o melhor a fazer é aproveitar um dos bons restaurantes e provar a culinária local, boas opções não faltam. Para assistir a um show de dança típica balinesa, o Ubud Palace é um lugar tradicional, com diferentes apresentações a cada dia.

Com em todo lugar, a animação na ilha é mais forte durante o período de alta temporada.