Winnipeg ou então Vinipegue é a capital e maior cidade da região canadense de Manitoba. Localizada ao sul do Canadá, próxima da fronteira com os Estados Unidos, a cidade possui belíssimas paisagens naturais e urbanas.

Cidade com quase 700 mil habitantes, é a sétima maior cidade do Canadá, localizada na afluência dos...

Leia Mais
  • População 663.615 mil

  • Hora local 13:25

  • 1 Dólar canadense R$ 2,90

  • Temperatura local 26.21º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Winnipeg

Atrações turísticas em Winnipeg

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Winnipeg

Hospedagem em Winnipeg

menor valor maior valor
Apartamento R$ 151,14 R$ 526,83
Pousada R$ 217,79 R$ 259,10
Hotel R$ 226,68 R$ 621,92

Alimentação em Winnipeg

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 25,75 C$ 8.88 a R$ 43,14 C$ 14.88
  • Almoço


    R$ 38,27 C$ 13.20 a R$ 57,75 C$ 19.92
  • Jantar


    R$ 45,92 C$ 15.84 a R$ 67,84 C$ 23.40

Guia Winnipeg

Winnipeg ou então Vinipegue é a capital e maior cidade da região canadense de Manitoba. Localizada ao sul do Canadá, próxima da fronteira com os Estados Unidos, a cidade possui belíssimas paisagens naturais e urbanas.

Cidade com quase 700 mil habitantes, é a sétima maior cidade do Canadá, localizada na afluência dos rios Assiniboine e Vermelho do Norte, local considerado uma planície de inundação, que é protegido por um sistema de contenção de enchentes chamado Red River Floodway.

E não faltam atrações nessa cidade que já foi considerada uma das melhores cidades do mundo para viver.

O The Forks é um marco da cidade devido a sua importância histórica e um complexo que abriga diversos atrativos e eventos ao longo do ano, um dos locais mais visitados da cidade, nela há pista de skate, museus, lojas, restaurantes e o Forks Market, mercado onde é possível encontrar alimentos típicos da região, entre outras iguarias. Há espaço também para caminhada e patinação que durante os meses de inverno fica repleto de gente patinando.
O Canadian Museum for Human Rights fica em uma das construções mais modernas do país. Com um acervo dividido em 11 galerias, conta a história da evolução e sobre o futuro dos direitos humanos. 
A Galeria de Arte de Winnipeg ou Winnipeg Art Gallery é um bom lugar para quem gosta de arte. No local há exposições de artistas nacionais e internacionais e a maior coleção pública do mundo de arte contemporânea dos Inuítes. 
O centro de qualquer cidade dificilmente fica fora do roteiro, então a Downtown de Winnipeg é um lugar que merece a visita, onde está localizada a University of Winnipeg.
O Assiniboine Park é o parque mais antigo da cidade, com belos jardins, zoológico e conservatório, é um ótimo local para quem quiser descansar um pouco durante a viagem.

Para compras, o Folks Market é uma interessante opção com objetos de arte e artesanatos de mais de 300 produtores, incluindo artesãos aborígenes, mas há também grifes de luxo, ou seja, tem de tudo. O CityPlace é um shopping que fica no centro e acaba sendo mais prático de conhecer. Na Avenida Provencher, que fica no bairro francês St. Boniface, há boutiques e cafeterias. 

Como chegar

Winnipeg fica no Canadá, na província de Manitoba, região central do país.

E para chegar até lá, saindo do Brasil há quatro opções de empresas aéreas: a canadense Air Canadá, que voa partindo de São Paulo e faz apenas uma conexão em Toronto, outra cia aérea bem menos conhecida entre o público brasileiro, mas que também voa para Winnipeg é a WestJet, considerada uma cia aérea de baixo custo, faz duas conexões para chegar em Winnipeg, sendo a primeira na Cidade do México e a segunda em Vancouver. Como essas duas empresas aéreas são canadenses, para viajar é necessário ter somente o visto do Canadá, diferente das cias aéreas americanas que além do visto canadense, é necessário também ter o visto americano. As duas cias aéreas americanas que voam para Winnipeg são a United Airlines, fazendo apenas uma conexão em Chicago e a Delta Airlines que faz duas conexões em cidades americanas podendo ser Atlanta, Nova York ou alguma outra cidade. Mesmo a WestJet sendo considerada uma cia aérea de baixo custo, isso não quer dizer que ela realmente tenha o melhor preço da passagem, então antes de comprar é recomendado fazer uma boa pesquisa com todas as cias aéreas. Outro fator importante para ser levado em consideração na hora de comprar a passagem é acrescentar o valor do visto americano, caso a escolha seja por uma cia aérea americana e você ainda tenha que tirar o visto para os Estados Unidos.

O Aeroporto Internacional de Winnipeg James Armstrong Richardson fica a cerca de 15 minutos do centro da cidade, o tempo exato do trajeto vai depender do trânsito e do endereço do hotel, mas não é longe da área central. Para sair de lá, você pode alugar um carro em uma das locadoras que ficam dentro do aeroporto, pegar um táxi que embora seja mais caro, é uma opção mais confortável, ou para quem deseja economizar, há opção de ônibus que liga o aeroporto ao centro.

Vida noturna

Mesmo com um inverno super rigoroso, em Winnipeg você encontra atrações noturnas ao longo de todo ano. Uma diversão noturna bem tradicional na cidade é conhecer os cassinos, e quem sabe tentar a sorte pra ganhar um dinheirinho extra e terminar a viagem melhor ainda! Os dois cassinos mais tradicionais são o Club Regent e o Mcphillips Station, ambos afastados na região central. E ir aos cassinos não significa somente jogar, pois há também restaurantes e bares para aproveitar a noite. E o bom é que gastando nos cassinos de Winnipeg, você acaba contribuindo para o desenvolvimento da cidade, pois todo o dinheiro arrecadado é utilizado em prol do crescimento de Winnipeg.   

Assistir a uma partida de jogo também é outra atração que pode ser feita durante a noite, afinal a maioria dos jogos inicia no final do dia. É uma boa oportunidade para conhecer os esportes típicos do país como baseball, hockey e outros. Seja no verão ou no inverno, sempre há alguma programação esportiva acontecendo na cidade. E para quem não puder ir a um estádio, tente ao menos assistir a uma partida de um jogo pela televisão em algum bar ou restaurante para sentir o clima esportivo canadense.

Para um jantar ou curtir um bar, em Downtown é onde se concentra a maior parte deles. Seja para experimentar uma comida típica canadense ou para conhecer um tradicional pub, a região central conta com várias opções de estabelecimentos.

E outra dica é conferir a programação cultural da cidade antes de viajar. Ao longo de todo ano, sempre há algum evento acontecendo, desde peças de teatro, festivais de música, de dança ou ainda a tradicional orquestra sinfônica de Winnipeg.