Winnipeg é conhecida pelo seu inverno rigoroso, mas também pela ótima qualidade de vida que proporciona aos seus moradores. E mesmo com um inverno super rigoroso, possui atividades turísticas que podem ser aproveitadas durante o ano inteiro. Winnipeg não é tão visitada como Toronto ou Vancouver, mas pode surpreender, principalmente àqueles...

Leia Mais

Tours e Passeios em Winnipeg

Atrações turísticas em Winnipeg

  • Assiniboine Park / Zoo

    Assiniboine Park / Zoo

    Parque bonito e bem cuidado onde possui um lago, ótimo lugar para passar com a família, o Zoológico é próximo

    Entrada Zoo Adulto C$20.50 R$ 58,39
    Entrada Zoo Criança C$17.75 R$ 50,56
    Ir para o site
  • The Manitoba Museum

    The Manitoba Museum

    Museu com um acervo bem grande, ótimo para conhecer a cultura local.

    Adulto C$25.20 R$ 71,78
    Criança C$14.70 R$ 41,87
    Ir para o site
  • Galeria de Arte de Winnipeg

    Galeria de Arte de Winnipeg

    Um ponto de encontro dos amantes das artes!

    Ingresso Adulto C$12.00 R$ 34,18
    Ir para o site
  • Royal Canadian Mint

    Royal Canadian Mint

    Faça uma visita a Casa da Moeda em Winnipeg!

    Adulto C$6.00 R$ 17,09
    Criança C$3.00 R$ 8,55
    Ir para o site
  • Fort Gibraltar

    Fort Gibraltar

    Adulto C$10.00 R$ 28,48
    Ir para o site

Guia Winnipeg

Winnipeg é conhecida pelo seu inverno rigoroso, mas também pela ótima qualidade de vida que proporciona aos seus moradores. E mesmo com um inverno super rigoroso, possui atividades turísticas que podem ser aproveitadas durante o ano inteiro. Winnipeg não é tão visitada como Toronto ou Vancouver, mas pode surpreender, principalmente àqueles que buscam por um destino canadense fora do roteiro mais turístico.

Um dos pontos turísticos mais conhecidos de Winnipeg chama-se The Forks que fica ao redor do encontro dos rios Red e Assiniboine. O local é um grande ponto de encontro que reúne turistas e moradores, com eventos ao longo de todo ano e com muitos atrativos como restaurantes, bares, lojas, um parque para prática de skate e o Forks Market, um mercado que oferece uma grande variedade gastronômica, além de produtos locais para comprar como vinhos, pães, carnes, peixes, temperos e muitos outros. O The Forks é desde 1974 considerado Patrimônio Histórico Nacional do Canadá. 

E ali mesmo na região do The Forks, onde fica o Red River, durante o inverno acontece mais uma mega atração. O rio congela completamente tornando-se uma enorme pista de patinação, uma das maiores do mundo. Ali você encontra patinadores de todos os níveis, de iniciantes à profissionais, crianças, famílias, muita gente se divertindo na pista de patinação no gelo. Os equipamentos para prática do esporte podem ser alugados bem próximos dali, no The Forks. 

E para quem gosta de visitar museus, o Canadian Museum for Human Rights surpreende desde sua entrada, ao lado de fora. Com uma arquitetura super diferente e moderna, o museu consegue surpreender do lado de fora e mais ainda, do lado de dentro contando a história sobre os direitos humanos. Com 11 galerias, algumas exposições permanentes e outras temporárias, tours guiados, a visita ao museu é uma boa oportunidade para conhecer mais sobre os direitos humanos e refletir um pouco sobre o assunto.

A Galeria de Arte de Winnipeg ou Winnipeg Art Gallery possui em seu acervo a maior coleção pública do mundo de arte contemporânea dos Inuítes (nação indígena esquimó que habita as regiões árticas do Canadá). Assim como acontece em muitos museus, algumas exposições são permanentes e outras temporárias, e algumas são de artistas canadenses e outras de artistas estrangeiros. O museu também conta com um bom bistrô, uma loja de artesanatos e um belo jardim. A galeria está localizada na Memorial Boulevard e abre de terça à domingo.

Para quem deseja conhecer um pouco mais sobre a gastronomia local, experimente fazer uma aula de culinária que une conhecimento e diversão em uma só atividade. A escola The Food Studio conta com algumas opções de cursos rápidos das mais variadas receitas. Pode ser uma aula para aprender a fazer um pão, algum doce canadense, como preparar um jantar, aula de churrasco, e por aí vai, são inúmeras classes que incluem aulas até para crianças. Outra escola para fazer cursos de gastronomia é a Mary Jane’s Cooking School que oferece aulas de comida vegetariana, vegana, culinária indiana, culinária para crianças, adolescentes e aulas para aprender até a cultivar certos ingredientes específicos.

Dedique um tempo da viagem para conhecer a região central, chamada de Downtown. No centro você vai encontrar praças, restaurantes, bares, bancos, lojas, a University of Winnipeg e muito agito, tanto de dia como de noite, tanto no inverno como no verão. Aproveite para conhecer a região caminhando e assim ver melhor o que cada cantinho do centro tem para oferecer. Outro bairro que vale a pena visitar é o bairro francês St. Boniface. Seria como um pedacinho da França em Winnipeg, onde está a Catedral Saint Boniface que fica de frente para o Red River. No bairro você também encontra restaurantes, cafés e lojas que oferecem alguns produtos franceses. A arquitetura das construções no bairro ainda reflete a herança francesa. St. Boniface fica próximo do centro e rende um bom passeio. Osborne Village também é um bairro interessante para visita, principalmente para quem procura um lugar mais alternativo. É um dos bairros mais antigos de Winnipeg, muito frequentado por jovens e artistas. A região conta com pubs descolados, lojas moderninhas e estúdios de tatuagens, mas um dos lugares mais procurados no bairro é uma confeitaria chamada Baked Expectations, famosa por seus doces e bolos. E para finalizar o passeio pelos bairros de Winnipeg, o The Exchange District é um bairro histórico e bem colorido. É também um dos principais centros comerciais da cidade, com diversas opções de restaurantes, lojas variadas, galerias de arte e algumas casas noturnas. O The Exchange District também abriga algumas atrações turísticas como o Planetário, o Museu Manitoba e o Royal Manitoba Theatre Centre, um dos teatros mais antigos do Canadá.