Sorteio mundial oferece jantar de US$ 2 milhões e experiência de luxo completa em Singapura

Sorteio mundial oferece jantar de US$ 2 milhões e experiência de luxo completa em Singapura



Imagina a cena: uma viagem com todas as despesas pagas, motorista particular, voo de jatinho, cruzeiro em iate e refeição num restaurante estrelado. Tudo isso será oferecido pela World of Diamonds Group, que fará um sorteio mundial de um jantar de US$ 2 milhões aliado a uma experiência de luxo completa em Singapura.

Parece bom demais para ser verdade, não é? Então fomos atrás de respostas. Ao Quanto Custa Viajar, o grupo russo explicou a razão do sorteio milionário. Tudo começou com o valioso anel de ouro rosa 18 quilates com um grande diamante azul de 2,08 quilates da atriz e Bond Girl Jane Seymour, embaixadora da joalheria Signet Jewelers. Na compra da joia caríssima, o cliente levava o jantar de presente.

A peça foi adquirida por Ville Oehman, dono da joalheria V Diamonds. Então o que aconteceu, afinal? “Recebendo pedidos de pessoas que valorizam a exclusividade do anel e a experiência do jantar, enfrentamos o dilema de concluir em um único comprador. Nós abraçamos o conceito de Oehman de abrir o mercado de diamantes azuis altamente exclusivo para um modelo de propriedade fracionada usando a tecnologia blockchain, declarou Karan Tilani, diretora do World of Diamonds Group.

Assim, o anel voltou para o jogo, mas com uma nova proposta: lances a partir de US$ 2 e sorteio do jantar sofisticado, em que qualquer mortal poderá participar e, quem sabe, ganhar. No caso, é como se a peça fosse vendida em muitas partes, embora não seja propriamente quebrado, enquanto o jantar é dado de forma aleatória como um prêmio para quem compra uma parte do anel. Ao todo, serão 1 milhão de partes, e cada uma terá o preço de US$ 2. Quem comprar mais de uma fração aumentará suas chances de ganhar.

O intuito é democratizar tal oportunidade, tornando a experiência mais acessível e não só reservada para os ricos e famosos, segundo as palavras do próprio empresário. Depois que a peça for vendida, será de propriedade de todos os investidores coletivos e armazenado pela V Diamonds. Ou seja, é um investimento que dá a possibilidade de sair ganhando uma experiência de completo luxo. Atualmente, os diamantes azuis custam, em média, US$ 2 milhões.

O que acontece com o anel:  A joia estará disponível para venda a um único comprador ou através de uma casa de leilão, e os produtos da venda serão distribuídos a todos os proprietários do anel quando o evento acontecer. Todos os investidores poderão decidir se e quando vai ao leilão ou vendidos para um único comprador – haverá um sistema de votação online para que todos os investidores participem, periodicamente. Assim como uma empresa pública, uma AGM é organizada anualmente para seus acionistas.

O que o sortudo ou sortuda ganha: ao ser sorteada, a pessoa ganhará uma viagem com acompanhante com tudo pago para Singapura, durante 4 dias e 3 noites. O voo é primeira classe, com desembarque exclusivo do terminal privado para pessoas comercialmente importantes (PCI), drinques de boas-vindas e uma exibição privada de raros diamantes azuis na galeria da V Diamonds.

A estadia é na suíte presidencial do Swissotel The Stamford ou do Fairmont Hotel. Haverá ainda um Rolls-Royce com motorista para acompanhá-los durante todos os percursos, um cruzeiro de 3 horas em iate de luxo, antes do jantar.

Como é o jantar The Ultimate Dinner: o Chef Kirk Westaway, do JAAN recomendado pelo Michelin, um dos restaurantes mais sofisticados do mundo, é quem vai preparar o banquete. A culinária de 18 opções é servida a bordo de um jato particular de US$30 milhões durante 4 horas de voo, que faz um percurso especial de ida e volta a Cingapura. Você ainda leva para casa dois pares de hashis personalizados banhados a ouro no valor de US$ 34 mil, que são incrustados com 84 diamantes (cerca de 8,5 quilates de diamantes incolores de alta qualidade) no total.

O vencedor será anunciado em setembro de 2018 e o jantar atual terá lugar em dezembro de 2018. Para participar e saber mais, clique aqui.

*Sobre os diamantes: questionados sobre a procedência dos diamantes em questão, a World of Diamonds afirmou que as pedras têm origem na Rússia e não possuem ligação com os chamados “diamantes de sangue” da África. A empresa segue rígidas políticas de sustentabilidade e zero tolerância em relação às pedrarias que são fruto de conflitos.

Post por Brunella Nunes
Fotos: divulgação

Para onde viajar
Eu tenhoBudget
e quero viajar porDias
Para onde viajar

+ Não há comentários

Comente