Listada como patrimônio da humanidade pela Unesco, Catmandu é a capital e a maior cidade do intrigante Reino do Nepal. Rico em histórias e tradições, hoje o misterioso destino cresceu muito e, nos últimos anos, tornou-se uma espécie de praça do mundo. O  paraíso de montanhistas e praticantes de trekking. 

Leia Mais

Os templos hindus e as estupas budistas (monumento construído sobre os restos mortais de uma pessoa importante dentro da religião) dividem espaço com lojas de equipamentos de esportes de aventura. Na alta temporada na cidade, é fácil esbarrar com alpinistas oriundos de todas as partes do mundo em seus restaurantes, bares e cyber-cafés.

Apesar de ser a base logística perfeita para o Himalaia e outros esplêndidos passeios pelo vale Kathmandu, a cidade também oferece algumas belas atrações.

A Praça Durbar é o ponto central da vida cívica e religiosa da cidade, repleta de palácios, estupas e templos. Dentre os muitos edifícios históricos, construídos entre os séculos 12 e 18, estão os templos Taleju e Jaganath e o conjunto arquitetônico de Nasal Chowk.

Além disso, é possível ver por lá a estátua do rei Pratap Malla e o grande sino e o grande tambor, utilizado para anunciar decretos reais. Outro local que atrai a atenção dos turistas é o antigo palácio real Narayanhiti, hoje um museu.

A estupa budista Swayambhu é um dos cartões postais de Catmandu. Um pouco afastado da cidade, junto ao rio sagrado Pashupatinath, fica o templo de mesmo nome, dedicado ao deus Shiva e considerado um dos mais sagrados por seus seguidores.

Para aproveitar a atmosfera do local, podes ser fazer alguns dos passeios pela região do vale da cidade por meio de riquixás.

A cidade também é servida por um aeroporto internacional, o Tribhuvan. Há diversos voos desde a Índia e algumas metrópoles asiáticas. A estrutura turística também não deixa a desejar. O mundo gastronômico, de serviços e hospedagem em Kathmandu está localizado especialmente no distrito conhecido como Tamel, ao norte da Praça Durbar.

Na cidade há hotéis e albergues, para todos os bolsos: opções de hospedagens das mais baratas para alpinistas aos luxuosos como o Hyatt Regency, o Hotel Shanker e o Crowne Plaza Kathmandu-Soaltee.

Vale lembrar que a região está sujeita às monções, por isso de junho a setembro é a época de chuvas pesadas e baixa temporada. De outubro a dezembro é uma boa estação para fazer rafting e caminhadas entre os vales e no alto dos planaltos.

Já de janeiro a março, inverno na região, as temperaturas caem muito na cidade. Com fortes nevascas e péssimas condições de estrada, não são meses recomendados para os turistas. De abril a junho, apesar do calor superando os 40 graus, é a melhor época para a prática de hiking e para chegar até aos pés de montanhas como Everest, Kangchenjunga, Makalu e Annapurna -  todas com mais de 8 mil metros de altura.

  • População 1.003 milhões

  • Hora local 14:38

  • 100 Rupia nepalesa R$ 3,07

  • Temperatura local 26º Ver previsão

Atrações turísticas em Catmandu

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Catmandu

Hospedagem em Catmandu

menor valor maior valor
Albergue R$ 15,73 R$ 83,66
Hotel R$ 22,02 R$ 5.032,24
Apartamento R$ 31,45 R$ 257,90

Alimentação em Catmandu

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 2,46 Rp 80.00 a R$ 3,78 Rp 123.00
  • Almoço


    R$ 3,07 Rp 100.00 a R$ 6,14 Rp 200.00
  • Jantar


    R$ 3,68 Rp 120.00 a R$ 6,72 Rp 219.00

Calcule quanto irá custar sua viagem para Catmandu