Quando o turista chega em Colônia do Sacramento, essa encantadora cidade do Uruguai, a primeira impressão é de que o tempo parou. Essa pequena cidade às margens do Rio da Prata fica a uma hora de barco de Buenos Aires e a duas a carro a partir de Montevidéu. O destino é estratégico para quem quer descansar e curtir um pouco de tranquilidade.

Declarada...

Leia Mais
  • População 26.231 mil

  • Hora local 16:10

  • 10 Peso Uruguaio R$ 1,16

  • Temperatura local 13º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Colônia do Sacramento

Atrações turísticas em Colônia do Sacramento

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Colônia do Sacramento

Hospedagem em Colônia do Sacramento

menor valor maior valor
Albergue R$ 135,05 R$ 250,80
Apartamento R$ 212,21 R$ 771,69
Pousada R$ 227,65 R$ 733,11
Hotel R$ 235,37 R$ 521,92

Alimentação em Colônia do Sacramento

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 34,75 UYU 300.00 a R$ 57,69 UYU 498.00
  • Almoço


    R$ 41,70 UYU 360.00 a R$ 75,06 UYU 648.00
  • Jantar


    R$ 44,48 UYU 384.00 a R$ 78,61 UYU 678.60

Guia Colônia do Sacramento

Quando o turista chega em Colônia do Sacramento, essa encantadora cidade do Uruguai, a primeira impressão é de que o tempo parou. Essa pequena cidade às margens do Rio da Prata fica a uma hora de barco de Buenos Aires e a duas a carro a partir de Montevidéu. O destino é estratégico para quem quer descansar e curtir um pouco de tranquilidade.

Declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco em 1995, Colônia é uma cidade cinematográfica. O cenário da cidade é formado por ruas arborizadas, carros antigos e charmosos restaurantes, típicos das cidades menores.

O centro histórico da cidade preserva os mesmos ares da época em que portugueses e espanhóis disputavam esse território às margens do Rio da Prata. A cidade uruguaia foi colonizada por portugueses, mas, em diversos momentos, esteve em disputa com espanhóis. Esse fato contribuiu para a história do local. Com um passado de transições, a arquitetura se desenvolveu de forma muito pitoresca.

O casario colonial bem preservado, as ruas de paralelepípedos iluminadas por lamparinas e becos escondidos convidam o turista para uma boa caminhada e transformou Colônia em um dos destinos mais visitados de país vizinho.

O Colônia do Sacramento é uma cidade encantadora e vale a pena ficar hospedado por lá para aproveitar muitos dias de calmaria. Trata-se de um lugar cuja visita não requer nenhum esforço, além de chegar lá, caminhar, fotografar e tomar um café ou uma taça de vinho apreciando a serenidade.

Há muitos museus e atrações para se conhecer. O ponto de partida pode ser o Portón de Campo, porta de entrada da antiga cidade. Construído entre 1968 e 1971, o local ainda conserva restos da antiga muralha que existia em Colônia. Junto ao portão há um centro de informações turísticas, que oferece o mapa turístico da cidade com a localização e explicações breves de cada atração.

Não deixe de ir à Plaza Mayor e caminhar pela Calle de Los Suspiros. Essa rua, diz a lenda, era o local “das mulheres de beijo fácil”, onde os marinheiros buscavam a última alegria antes de zarpar. Além disso, suba o farol, que pode ser visto de quase todas as ruas, e oferece uma bela vista da cidade.

Entre os principais edifícios históricos de Colônia do Sacramento está o Bastión del Carmen, erguido em 1880 para a defesa da cidade. O lugar também já foi fábrica de sabão e curtume, mas depois de adquirido pelo Ministério da Educação do Uruguai se tornou um centro cultural. O local tem instalações artísticas e exposições gratuitas.

O Museu do Azulejo é um dos mais conhecidos da cidade (que tem vários) e possui mais de 3 mil peças de cerâmica decorativa em seu acervo, vindas principalmente da França, mas também de lugares como Catalunha, Valência e Nápoles e, é claro, da própria Sacramento.

Existem diversas atividades que complementam ao roteiro histórico. A poucos passos do Centro Histórico, também se faz necessária uma visita ao bucólico Puerto de Yates, onde os barquinhos tremulam no ritmo das águas.

O Acuario de la Colonia del Sacramento também é uma parada interessante. Por corredores que simulam uma caverna, estão aquários com espécies tiradas de rios da região.

As bodegas de vinhos também prometem bons momentos. Se quiser provar e ainda conhecer vinhedos e processos de fabricação, existem duas vinícolas na cidade que oferecem visitas guiadas aos turistas.

Como chegar

Colônia do Sacramento fica no Uruguai, mas também está ao lado de Buenos Aires. A pequena cidade é acessível desde Montevidéu, por terra, ou então, desde Buenos Aires, por água.

Se a viagem for pelo Uruguai, para sair do Brasil, as cias aéreas Gol e Latam voam para Montevidéu. Já, se a viagem for pela Argentina, há um pouco mais de oferta de voos e as cias aéreas Aerolíneas Argentinas, Gol, Latam, Qatar e Turkish Airlines fazem o trajeto até Buenos Aires.  

De Montevidéu até Colônia são aproximados 180 quilômetros de estrada, pela Ruta 1. A viagem pode ser feita tanto de carro, como de ônibus, e se for de ônibus, a empresa COT faz o trajeto e há várias saídas, todos os dias.

De Buenos Aires, o trajeto até Colônia é feito por barcos, ou melhor, ferries, que saem de Puerto Madero. Uma das empresas mais conhecidas que liga Buenos Aires a Colônia é a Buquebus, com barcos grandes e bastante saídas diariamente. Dentro do ferry há lanchonetes e um free shop para quem quiser fazer compras ou então somente distrair um pouco. A viagem dura em média uma hora e meia. Em Buenos Aires, há quem vá até Colônia apenas para passar o dia e voltar no final da tarde, embora seja pouco tempo para conhecer a cidade com mais calma e aproveitar melhor.

Se você chegar em Colônia de ônibus, o terminal rodoviário fica bem próximo ao centro, embora a cidade seja tão pequena que tudo é perto. É um terminal simples, mas que atende à demanda de turistas.

O porto de Colônia já é bem mais movimentado e possui uma infraestrutura bem melhor que o terminal rodoviário, e para ir até o centro, é a mesma coisa, perto, dá para ir até caminhando.

Vida noturna

A vida noturna de Colônia do Sacramento, em geral, é bem tranquila. Definitivamente, Colônia não é o melhor lugar para quem está em busca de viajar para um destino repleto de baladas agitadas, porém, para os que buscam uma vida noturna mais calma, com uma boa oferta gastronômica e bons restaurantes, cafeterias e bares, esta pode ser sim uma boa escolha. O público que frequenta Colônia do Sacramento é formado por casais, famílias ou amigos, mas nada de grupos em busca de farra. À noite, as ruas da cidade ganham um ar ainda mais romântico com os lampiões iluminando o ambiente dentro e fora dos restaurantes, perfeito para um janta à luz de velas. Aliás, os restaurantes já começam a encher entre o meio e o final da tarde, antes do horário do pôr do sol. A maior parte deles fica no centrinho histórico, sendo que alguns ainda ficam de frente para o rio. Alguns estabelecimentos contam com música ao vivo e ficam abertos até um pouco mais tarde, mas em Colônia, a noite costuma terminar cedo.

O restaurante La Luna funciona como bar e restaurante, e serve desde peixes até churrasco. Durante os meses de verão, o terraço panorâmico fica bem concorrido, ainda mais no final da tarde. O restaurante El Palacio funciona em um estabelecimento antigo, possui ambiente familiar e comida simples e boa. O restaurante Charco Bistro é um dos mais refinados, fica às margens do Rio da Prata, ótimo para ver o pôr do sol. Não é dos mais baratos, mesmo assim, é bem disputado.

Mesmo que você já tenha conhecido a cidade durante o dia, a noite tudo muda, então vale a pena caminhar pelas ruas de Colônia durante a noite também.