Como toda cidade grande, Bangkok oferece diversas opções de locais onde o turista pode se hospedar. A escolha se deve muito mais em razão ao perfil do viajante, como também levando em consideração o tempo e o estilo de viagem que ele está fazendo na cidade. Um dos principais erros é considerar Bangkok um verdadeiro hub de entrada da Ásia – o que se configura como uma realidade – mas não dedicar tempo suficiente para conhecer a região. A cidade é rica em cultura, gastronomia, efervescência e badalação, portanto é parada obrigatória para aqueles que decidem visitar a Tailândia ou ainda pretendem fazer um mochilão pela Ásia.

Assim como outras cidades asiáticas, Bangkok apresenta acomodações com preços bem acessíveis se comparada a cidades europeias e até mesmo das Américas, despontando como uma região mais democrática nesse sentido. São diversas opções de hospedagem, que vão desde os albergues mais simples e baratos até redes de hotéis caros e luxuosos. Abaixo, o Quanto Custa Viajar elegeu algumas das regiões mais procuradas pelos viajantes para se hospedar na cidade. Veja aquela que tem mais o seu perfil!

Kao San Road

Essa é a rua oficial dos mochileiros e, portanto, uma das mais procuradas pelos turistas. Nessa região você vai encontrar muito burburinho, com inferninhos espalhados pelas ruas, assim como barraquinhas de espetinhos de insetos, quiosques de massagens, muitos albergues, alguns hotéis não muito luxuosos e diversas opções de bares e restaurantes. É uma rua muito movimentada, portanto se você escolher essa região opte por se hospedar nas ruas adjacentes para não ser muito impactado pelo barulho das ruas.

Riverside

Como o próprio nome diz, essa é a região que margeia o rio Chao Phraya. Aqui, os valores das acomodações são um pouco mais elevados, mas tenha em mente que os estabelecimentos também têm uma qualidade superior. É uma parte de Bangkok que fica mais isolada, por isso é conhecida por ser tranquila e indicada para aqueles que desejam fugir da agitação frenética da cidade. Muitos templos budistas ficam à margem do rio, portanto esta opção é bastante assertiva para aqueles que não possuem muito tempo na cidade, mas desejam conhecer as suas principais atrações turísticas!

Sukhumvit

É nessa área que ficam as principais redes mundiais de hotéis, como o Marriott, Sheraton e Radisson. Conhecida por ser uma região boa para compras, com lojas de grifes e alguns dos restaurantes mais modernos de Bangkok, a Sukhumvit também é conhecida pelos seus preços mais elevados e ar cosmopolita. Fica um pouco distante das principais atrações turísticas, mas em contrapartida conta com um bom abastecimento da rede de transportes, inclusive do metrô. É a região favorita dos tailandeses, sendo que os seus locais são muito frequentados pelos nativos que querem aproveitar a modernidade da cidade.

Silom

Essa região é o verdadeiro centro financeiro de Bangkok e, assim como o Sukhumvit, também é bastante cosmopolita com diversas opções de hotéis, bares e restaurantes. Prepare-se para ver muitos prédios modernos e arranha-céus, muitos deles sedes de empresas multinacionais e bancos tailandeses. Não possui muitas atrações turísticas, mas também é uma região bem abastecida pela rede de metrô. A Silom também é uma área frequentada pelo público gay, com diversas opções de entretenimento para essas pessoas.

Siam

Região conhecida por ter uma ampla rede hoteleira instalada, assim como alguns dos shopping centers mais famosos da cidade. Para se hospedar na região o turista não deve desembolsar tanto quanto em Sukhumvit ou Silom, mas mesmo assim conta com ótimas opções de acomodação. É uma região bastante abastecida pela rede de transportes públicos e, por isso, também deve estar no radar do turista que visita Bangkok. 

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Bangkok

Hospedagem em Bangkok

menor valor maior valor
Albergue R$ 29,43 R$ 340,32
Pousada R$ 36,03 R$ 1.468,07
Apartamento R$ 53,38 R$ 2.276,68
Hotel R$ 56,70 R$ 955,01