Genebra é bastante internacional e está acostumada a receber turistas de todos os lugares o tempo todo. Lá está localizada a sede da ONU, então é a casa de muitos estrangeiros. Embora esteja entre as 10 cidades mais caras do mundo, é possível encontrar opções de hospedagens mais acessíveis, como hostels e apartamentos de curta temporada. Se você pretende economizar, evite a região ao longo do Quai du Mont Blanc, na costa oeste do Lago Léman, pois ali estão concentrados os hotéis mais luxuosos da cidade!

Dê preferência a locais mais próximos da estação de Gare Cornavin, pois é onde estão as acomodações mais baratas. E caso você não se incomode de ficar um pouquinho mais afastado do centro, os hotéis na área do aeroporto podem ser uma boa opção, já que estão somente a 15 minutos do centro da cidade e possuem uma ótima infraestrutura.

Como Genebra costuma realizar muitos eventos, principalmente no verão e durante feriados, é bom estar atento à programação da cidade, pois nessas datas pode ser qual os preços dos hotéis subam.

Confira abaixo as melhores opções de bairros para se hospedar em Genebra!

Vieille Ville

É o local de muitos hotéis pitorescos e é uma escolha popular devido à sua localização central. Com pequenas ruelas charmosas e praças pitorescas, é um bairro repleto de cafés, restaurantes, galerias, lojas de artesanatos, museus, locais históricos e festas sazonais. É, sem dúvida, um dos bairros mais atraentes da cidade! A região é bastante central e, por isso, perto das principais atrações da cidade. No centro antigo, você sentirá que voltou mil anos atrás e vai conseguir ter uma ideia de como era a antiga Genebra.

Carouge

A arquitetura antiga de estilo italiano e os excelentes cafés e restaurantes convidam o turista a passar mais tempo nesse pedacinho boêmio de Genebra. Ali estão muitas lojas, bistrôs e estúdios onde artesãos de todos os tipos podem ser observados realizando seus trabalhos. Durante a noite, a vibração do bairro continua na infinidade de bares de jazz e discotecas. O acesso para a zona central é bastante descomplicado e rápido, durando apenas 10 minutos de transporte público. Conhecida como a “Pequena Itália”, é uma daquelas áreas que imediatamente se destaca por ser incomparável ao resto da cidade.

Les Pâquis

Neste bairro está o Red Light District de Genebra, que não é tão famoso como o de Amsterdã e não é oficialmente reconhecido como tal, mas é um lugar bastante diferente do resto da cidade. Localizado no coração da margem direita do lago, próximo à estação, o bairro de Les Pâquis é um dos mais diversificados e coloridos de Genebra. A área está repleta de autênticos restaurantes étnicos, inúmeras lojas inusitadas, bares e discotecas. É um bom lugar para estar no meio do movimento e experimentar um outro lado da cidade, fugindo da famosa sofisticação suíça. Ali está situado o Bains de Pâquis, uma das atrações mais populares da cidade.

Grottes

Essa região já foi muito abandonada e quase foi demolida para se tornar um bairro de estilo americano, com arranha-céus e grandes avenidas. Felizmente, a comunidade local batalhou para que isso não acontecesse e conseguiu preservar essa área. Hoje, revitalizado, o boêmio Quartier des Grottes se valorizou, atraindo jovens profissionais bem-sucedidos. Localizado ao lado da estação de trem, é repleto de restaurantes e muitas opções de lugares para curtir de dia e de noite. Como não está de frente para o lago, você pode encontrar opções mais baratas de hospedagens.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Genebra

Hospedagem em Genebra

menor valor maior valor
Albergue R$ 483,26 R$ 613,68
Hotel R$ 554,53 R$ 1.778,61
Apartamento R$ 590,02 R$ 2.127,76
Pousada R$ 616,15 R$ 1.150,14