Andar por Milão é fácil e é praticamente um convite a andar a pé, já que há muitas ruelas e vias estreitas para serem exploradas. Os turistas podem utilizar as quatro linhas de metrô, trem, bonde elétrico, ônibus ou alugar bicicletas em uma das estações espalhadas pelas ruas. Os táxis podem não ser...

Leia Mais

Atrações turísticas em Milão

  • Terraço Catedral de Milão

    Terraço Catedral de Milão

    Adulto €13.00 R$ 59,62
    Estudantes e idosos €7.00 R$ 32,11
    Ir para o site
  • Castello Sforzesco

    Castello Sforzesco

    Adulto €10.00 R$ 45,86
    Estudantes e idosos €8.00 R$ 36,69
    Ir para o site
  • A última ceia - Leonardo Da Vinci

    A última ceia - Leonardo Da Vinci

    €36.00 R$ 165,11
    Ir para o site
  • Museu Poldi Pezzoli

    Museu Poldi Pezzoli

    Adulto €10.00 R$ 45,86
    11 a 18 anos e idoso €7.00 R$ 32,11
    Ir para o site
  • Museu Bagatti Valsecchi

    Museu Bagatti Valsecchi

    Adulto €9.00 R$ 41,28
    6 a 14 anos, estudante, idoso €6.00 R$ 27,52
    Ir para o site
  • Museu nacional da Ciência e Tecnologia

    Museu nacional da Ciência e Tecnologia

    Adulto €10.00 R$ 45,86
    Estudantes e idosos €7.50 R$ 34,40
    Ir para o site
  • Pinacoteca Ambrosiana

    Pinacoteca Ambrosiana

    Adulto €16.50 R$ 75,68
    Estudantes e idosos €11.50 R$ 52,74
    Ir para o site
  • Pinacoteca Brera

    Pinacoteca Brera

    Adulto €10.00 R$ 45,86
    Estudante e idoso €7.00 R$ 32,11
    Ir para o site

Guia Milão

Andar por Milão é fácil e é praticamente um convite a andar a pé, já que há muitas ruelas e vias estreitas para serem exploradas. Os turistas podem utilizar as quatro linhas de metrô, trem, bonde elétrico, ônibus ou alugar bicicletas em uma das estações espalhadas pelas ruas. Os táxis podem não ser a melhor opção se a ideia é economizar.

Um dos grandes símbolos da cidade e parada obrigatória é a impressionante Catedral de Duomo, na praça central. Construída em 1386, a igreja gótica não passa despercebida com sua arquitetura extremamente detalhada e as 136 pontas de mármore que apontam para o céu. Vale uma visita ao 10º andar, onde é possível passear pelo telhado e ter uma vista de tirar o fôlego.

Na sequência, não deixe de ir a Galeria Vittorio Emmanuelle II, outro ponto turístico importante. Além da arquitetura interessante, o local reúne lojas, sorveterias e restaurantes, além de ter um simbólico touro de mosaico no chão, onde pessoas do mundo todo se reúnem para dar uma volta de 360° sob seu testículo, segundo tradições, para dar sorte.

Próximo dali fica o Museo del Novecento, que traz uma mistura interessante entre o tradicional e o novo, e o Palazzo Reale, que pode não chamar a atenção por fora, mas é encantador por dentro. Em seguida, vale um pulo no Cenacolo Vinciano, anexo à igreja Santa Maria delle Grazie. É lá onde fica a pintura original “A Última Ceia”, de Leonardo Da Vinci.

Entre outros edifícios históricos, o Castelo Sforzesco, onde reinou a família Visconti entre os anos de 1360 e 1370. O local virou um espaço para arquivos, pinacoteca, museus e bibliotecas, que pode ser visitado. A Pinacoteca de Brera também merece atenção não só por sua estrutura, mas pelo conteúdo, com uma das mais importantes coleções de arte da Itália.

Logo à frente do castelo, o Parque Sempione mostra sua beleza através do Arco della Pace, um dos símbolos da arquitetura neoclássica. Também sedia a Arena Cívica e um grande jardim. Próximo dele está o pequeno aquário da cidade, onde uma estátua de Posídon, considerado deus supremo do mar pela mitologia grega, recebe os visitantes.

Para quem aprecia arte e arquitetura, é indispensável uma ida até o histórico Cimitero Monumentale, um dos grandes marcos da  Art Nouveau. O cemitério conta com diversos túmulos monumentais e esculturas que valem a visita.

Quem gosta de moda precisa dar um passeio pela Via Montenapoleone, uma das mais famosas da cidade, onde se reúnem diversas lojas de grifes italianas e internacionais, numa vitrine mais sofisticada do que a outra. As vias Torino e Buenos Aires reúnem lojas mais acessíveis e fast fashion famosas.

Os bairros Brera e Garibaldi são os mais boêmios e têm um charme único, com diversos bares, restaurantes e cafés. Ambos também reúnem lojas de design, um dos grandes marcos da rua Corso Como, que é ótima para um passeio pela manhã. Em Navigli, muitos restaurantes à beira de um canal são tomados por locais e turistas.