Assim como boa parte das cidades europeias, os principais pontos turísticos de Florença estão no centro histórico da cidade. Então para aqueles que vão de avião, trem ou ônibus, quanto mais próximo de lá menores as chances de gastar com meio de transporte, pois tudo acontece na região. Já para aqueles que estão viajando pela Itália de carro – especialmente pela Toscana – a possibilidade de contar com um pouco mais de paz e tranquilidade pode ser uma opção bem interessante. Para isso, o turista poderá escolher acomodações mais distantes que necessitam de transporte próprio para facilitar a locomoção.

Abaixo, o Quanto Custa Viajar lista os melhores bairros para se hospedar na capital toscana. Confira!

Centro Histórico

É aqui onde tudo acontece, pois é nessa área da cidade que está a maioria dos pontos turísticos, restaurantes, bares, lojas, pubs e baladas para entreter o turista. Para aqueles que não dispõe de meio de transporte próprio, é a região mais conveniente – mesmo que os preços sejam um pouco mais salgados. De qualquer forma, essa é a melhor opção para aqueles que não contam com muitos dias, pois além de economizar em transporte poderão fazer boa parte dos passeios a pé.

Santa Maria Novella

O bairro não possui muitos atrativos turísticos, a não ser a igreja que garante o nome ao local. De qualquer forma, essa é uma região interessante, pois os preços das hospedagens são mais acessíveis e a área fica a apenas 1km do centro. Isso permite ao turista contar com o aporte de uma das principais estações de ônibus e trens da cidade (especialmente se planeja viajar para outras localidades da Itália), como também fazer o percurso até o Centro Histórico caminhando por cerca de 10 minutos. 

Piazzale Michelangelo

A área desponta como o principal mirante de Florença, então é uma região muito procurada por aqueles que não se cansam de ver a cidade por diversos ângulos. É uma região mais tranquila e abastecida por uma rede de hotéis com estilo mais tradicional e clássico. Também fica a apenas 10 minutos de caminhada do Centro Histórico. Devido à localização privilegiada (tanto no quesito paisagem como também de proximidade com os pontos turísticos), essa área costuma ter os preços mais altos de Florença.

Oltrarno

É um bairro boêmio da capital toscana, com diversos bares de rua que servem cerveja de qualidade para seus clientes e garantem ambientes favoráveis para uma boa conversa. Localizado perto do Rio Arno e do Palácio Pitti, o Oltrarno é mais frequentado por locais. É residencial e, por isso, menos turístico, o que pode garantir também valores mais interessantes de hospedagem. Fica a apenas 10 minutos de caminhada do Centro Histórico.

Porta al Prato

É um bairro menos badalado e mais tranquilo, situado a 15 minutos de caminhada do Centro Histórico. Tem como principal atrativo turístico o monumento que dá nome ao bairro, o qual tinha a função de proteger Florença de invasões inimigas em tempos medievais. Nessa região, além dos hotéis, é possível alugar apartamentos para ter uma vivência mais próxima à vida cotidiana da cidade. É uma região bem abastecida pela rede de ônibus e também conta com uma estação de trem para facilitar a locomoção do turista.

Galluzo - Certosa

Região mais afastada do Centro Histórico, situada a cerca de 5km de distância. É uma área repleta de áreas verdes, onde é possível vivenciar com mais intensidade a atmosfera toscana. Conta com diversos hotéis de luxo que remontam o século 19 e, mesmo mais distante, apresenta conexão com as principais atrações turísticas da cidade. Nesse caso, porém, a indicação é que o viajante disponha de um carro próprio para facilitar a locomoção.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Florença

Hospedagem em Florença

menor valor maior valor
Hotel R$ 154,73 R$ 3.748,21
Pousada R$ 177,26 R$ 2.215,74
Apartamento R$ 190,55 R$ 3.890,25
Albergue R$ 221,57 R$ 438,72

Lugares baratos para ficar em Florença

Média de preços por dia