Organizada, limpa e amigável. Essas três qualidades definem bem o sentimento daqueles que visitam Santiago, capital chilena que também desponta como a maior e mais importante cidade do país. Para quem opta por conhecer o destino, a diversão já começa no avião, quando é possível admirar e tirar fotos da Cordilheira dos Andes pela janelinha – mas é preciso se preparar também para as turbulências, pois a região é conhecida pelos seus ventos fortes e altas montanhas, fatores que trazem como efeito colateral o balanço do avião e dão uma pitada de emoção no trecho.

Leia Mais

Com mais de 6 milhões de habitantes, a cidade está localizada em uma região privilegiada que permite ao visitante conhecer outros destinos da América do Sul em uma mesma viagem – para os turistas que possuem um pouco mais de tempo e gostam de uma experiência multicultural completa, cidades como Buenos Aires e Montevidéu podem ser inseridas no mesmo roteiro.

Santiago também é uma opção para quem pretende fazer passeios bastante dispares – ao mesmo tempo em que é possível conhecer o clima praiano da vizinha Viña del Mar também é possível ir em outra direção e visitar as estações de esqui. Isso faz da cidade point durante todas as estações climáticas, embora o seu charme resida no inverno, onde é possível ver a Cordilheira dos Andes com neve e desfrutar de uma atmosfera tipicamente europeia em plena América do Sul.

Mais acessível nos últimos anos, quando as promoções de passagens aéreas sempre recaem sobre o destino, Santiago já é a sétima cidade mais procurada pelos brasileiros no exterior. O dado foi revelado em 2015 pelo Hotel Price Index (HPI), relatório produzido pela Hoteis.com. Na América do Sul, apenas Buenos Aires está na frente, na quarta colocação.

Santiago também é parada obrigatória para os fãs do escritor Pablo Neruda, que tem sua história intrinsecamente ligada à região, e para os amantes de vinhos e frutos do mar, que podem fazer uma verdadeira viagem gastronômica pelos diversos estabelecimentos e vinícolas que rodeiam a capital chilena.

São por essas e outras razões que a cidade é quase unânime quando o assunto é viagem a um bom custo-benefício, ainda mais por receber de braços abertos turistas com diferentes perfis e expectativas de viagens.

Como chegar

A forma mais fácil de ir a Santiago é de avião, mas há também quem se aventure de carro e ônibus. Nessas duas últimas opções, a viagem é longa e bastante desconfortável, portanto a não ser que você esteja com planos de fazer uma road trip – fato que pode justificar a sua ida de carro – opte pelo tradicional.

De avião, as opções mais comuns são da LATAM (companhia aérea originada da fusão da chilena LAN com a brasileira TAM). Além de apresentar diversas opções de horários e rotas, saindo de diferentes cidades brasileiras, a empresa traz em seu DNA o gene do país andino.

O Aeroporto Comodoro Arturo Merino Benítez está a cerca de 15 km do centro de Santiago e três são as principais opções de transporte para sair de lá rumo à cidade:

- Ônibus: Opção mais barata para aqueles que querem economizar. Saem do primeiro andar do aeroporto e fazem paradas nas estações de metrô da cidade. As companhias que oferecem o serviço são a Tur-bus e a Centropuerto, com ônibus verdes e azuis respectivamente. Para pagamento, só são aceitos pesos chilenos em espécie.

- Táxi: Opção mais cômoda e também mais cara para o turista. Os táxis, assim como o ônibus, saem do primeiro andar do aeroporto e possuem valor tabelado. As empresas que oficialmente operam no aeroporto são a Transvip, a Taxi Oficial e a Rádio Móvil, que funcionam 24 horas por dia.

- Minivans: Assim como os táxis, levam o turista até o destino desejado, mas podem ser compartilhadas por até sete pessoas (o que acaba barateando o custo se você viaja em um grupo grande). As companhias autorizadas a oferecer o serviço no aeroporto são a Transvip e a Transfer Delphos.

Vale lembrar que o metrô não chega ao Aeroporto Comodoro Arturo Merino Benítez, então essa não é uma opção para o turista!

Vida noturna

Santiago não é propriamente Ibiza, mas possui ótimas opções do que fazer a noite para diferentes perfis. Em linhas gerais, você não vai se decepcionar com a vida noturna da cidade! Para quem gosta de ouvir música ao vivo, é possível encontrar casas que tocam os principais estilos musicais difundidos pelo mundo. Para quem prefere restaurantes, as opções são de diversas culinárias e faixas de preço. A mesma diversidade se repete para os bares, que podem ser encontrados aos montes por lá. E ainda há os pubs e danceterias para fechar a lista com chave de ouro.

Algumas das melhores opções ficam no bairro Bellavista, especialmente na área da Calle Pío Nono, sempre muito movimentada e com fôlego para funcionar até tarde. A região de Lastarria também é bastante propícia para aqueles que querem cair na madrugada. Lembrando que a vida noturna em Santiago já começa a partir das 22h, então não saia tarde para jantar se pretende esticar em um bar ou pub.

Em Santiago também é possível fazer os famosos pub crawls, modalidade bastante difundida pelo mundo onde é possível conhecer de 4 a 5 bares em uma única noite. Quem adere a esse tipo de passeio geralmente pode consumir uma quantidade pré-estabelecida de bebida por estabelecimento e vai andando de um lugar para outro a pé ou de transporte público acompanhado pela turma de “crawlers”. É uma ótima opção para quem viaja sozinho ou em pequenos grupos, pois muitos dos participantes estão na mesma situação e abertos a conhecer novas pessoas.

Assim como na Europa, os estabelecimentos noturnos são bastante casuais e não pedem grandes produções. Não é preciso colocar a sua melhor roupa nem vestir o salto mais alto – aliás, esse é um costume que difere bastante dos baladeiros que frequentam casas noturnas brasileiras. Outro ponto importante é que os bares não costumam funcionar no modelo de comanda. Portanto, a cada pedido você deverá pagar em dinheiro ou passar o cartão. Vá preparado para isso!

  • População 5.128 milhões

  • Hora local 10:46

  • 100 Peso chileno R$ 0,51

  • Temperatura local 10.51º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Santiago

Atrações turísticas em Santiago

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Santiago

Hospedagem em Santiago

menor valor maior valor
Albergue R$ 66,54 R$ 380,21
Hotel R$ 105,51 R$ 1.422,61
Apartamento R$ 126,74 R$ 975,87

Alimentação em Santiago

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 10,16 CLP 2000.00 a R$ 20,33 CLP 4000.00
  • Almoço


    R$ 19,31 CLP 3800.00 a R$ 47,26 CLP 9300.00
  • Jantar


    R$ 26,94 CLP 5300.00 a R$ 63,02 CLP 12400.00