Principal destino de inverno dos paulistas, seja para aqueles que apenas passam o dia na cidade ou então aqueles que se hospedam alguns dias, Campos de Jordão atrai cada vez mais visitantes, mas é em julho o ápice da alta temporada, dos festivais, de gente nas ruas e também dos preços altos. Localizada a 170 km da capital, a cidade que é cercada...

Leia Mais
  • População 50.852 mil

  • Hora local 04:41

  • 1 Real R$ 1,00

  • Temperatura local 16º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para Campos do Jordão

Atrações turísticas em Campos do Jordão

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Campos do Jordão

Hospedagem em Campos do Jordão

menor valor maior valor
Hotel R$ 99,45 R$ 637,20
Pousada R$ 99,45 R$ 1.097,78
Apartamento R$ 112,70 R$ 1.200,00
Albergue R$ 135,00 R$ 135,00

Alimentação em Campos do Jordão

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 12,00 R$ 12.00 a R$ 20,70 R$ 20.70
  • Almoço


    R$ 23,28 R$ 23.28 a R$ 50,40 R$ 50.40
  • Jantar


    R$ 31,68 R$ 31.68 a R$ 60,00 R$ 60.00

Guia Campos do Jordão

Principal destino de inverno dos paulistas, seja para aqueles que apenas passam o dia na cidade ou então aqueles que se hospedam alguns dias, Campos de Jordão atrai cada vez mais visitantes, mas é em julho o ápice da alta temporada, dos festivais, de gente nas ruas e também dos preços altos. Localizada a 170 km da capital, a cidade que é cercada pela Serra da Mantiqueira, nos meses de inverno tem temperaturas próximas de zero, um clima perfeito para quem gosta de acender uma lareira, comer um fondue ou tomar um vinho.  

É na Vila Capivari onde tudo acontece, durante o dia pessoas desfilam os casacos de inverno olhando vitrines, já no período da noite a disputa é por uma mesa nos restaurantes e bares badalados. Mas Campos do Jordão tem muito mais a oferecer do que somente um centrinho badalado. Para quem prefere ver a cidade do alto, a dica é ir até a Pedra do Baú que funciona como um mirante ou então subir de teleférico até o Morro do Elefante, já para quem prefere fazer trilhas leves pode ir ao Horto Florestal, onde há também tirolesa, área para fazer piquenique, lagos e aluguel de bicicleta.

E além de tudo isso a cidade ainda conta com o Festival de Inverno de Campos de Jordão, com diversas apresentações de música, sendo a maior parte delas gratuitas. Como nessa época a cidade está em altíssima temporada, é recomendado chegar cedo às apresentações. Normalmente o Festival de Inverno acontece durante o mês inteiro de julho, inclusive durante os dias de semana.

A gastronomia em Campos também não deixa nada a desejar aos de paladares mais exigentes. Campos pode até lembrar a Suíça, mas em relação à gastronomia é a vez de lembrar a Alemanha. Há muitos restaurantes renomados, a maioria deles de preços bem altos. É na Vila Capivari onde se concentra a maioria deles, dos cafés para um fim de tarde aos bares concorridos durante a noite.

A Suíça Brasileira na verdade está longe de ser a Suíça principalmente no mês de julho, mas de todas as cidades do Brasil, ela é a que mais se parece com as cidades do país europeu. Pra quem acha que a Suíça fica um pouco longe, está aí uma boa oportunidade de se sentir na Europa!

Como chegar

A cidadezinha paulista fica a cerca de 170 km de São Paulo e 340 km do Rio de Janeiro. Dessa forma, os meios de transporte mais utilizados para conhecer a região acabam sendo os carros próprios ou alugados e os ônibus. Para quem vem de regiões mais distantes, é possível ir de avião até o Aeroporto Internacional de Guarulhos, que fica a apenas 150 km de Campos do Jordão. Por essa razão ele é o mais indicado para aqueles que precisam fazer parte do trajeto por via aérea, não Congonhas (que fica 35km mais distante).

Para quem vai sair de São Paulo, o motorista deve pegar a Carvalho Pinto e, então, a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), que é uma continuação da estrada anterior. O caminho é tranquilo e as vias são bem conservadas, fazendo com que o trajeto total dure pouco mais de 2 horas e meia. Porém, se a escolha é ir para a cidade por meio de ônibus, a companhia Pássaro Marrom faz o trajeto diretamente do Terminal Rodoviário Tietê até a cidade. A Pássaro Marrom também conta com itinerários partindo de outras cidades paulistas, tornando-se uma ótima opção de baixo custo.

Já para quem parte do Rio de Janeiro, o caminho é feito pela Rodovia Presidente Dutra, que também desemboca na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123) na altura do km 118. São pouco menos de 5 horas de viagem, mas as vias também garantem um acesso tranquilo para o turista. Para aqueles que quiserem fazer o percurso de ônibus, a principal opção é a companhia rodoviária Viação Sampaio.

Para aproveitar ao máximo a cidade, a recomendação do Quanto Custa Viajar é de que você vá de carro. Isso porque o meio de transporte próprio garante flexibilidade para conhecer atrações mais distantes, assim como cidades próximas, caso de Santo Antônio do Pinhal e São Bento do Sapucaí. 

Vida noturna

A “Suíça brasileira” tem todas as características de cidade europeia, com exceção da vida noturna. Ao contrário da tranquilidade das regiões montanhosas, Campos do Jordão tem bastante badalação para quem quer curtir o período noturno, com diversas alternativas de restaurantes, bares e baladas, especialmente na temporada de inverno. Nessa época do ano a cidade ferve e em frente ao Boulevard Geneve, situado na Rua Djalma Forjaz, começa a concentração de pessoas de todas as idades que procuram por boas opções para aproveitar a noite na cidade paulista.

Para aqueles que querem um clima mais romântico e intimista, a opção mais indicada é jantar em algum dos ótimos restaurantes do centro da cidade. O que não vai faltar são lugares que apresentam ótima gastronomia. Se você for para lá no inverno, prepare-se para ficar indeciso entre tantas opções de festivais de fondue e sopas! Vale dizer que, apesar do frio, os restaurantes da região possuem calefação e alguns deles disponibilizam inclusive pequenos cobertores para seus clientes.

Já se você quer beliscar e beber algo, a cidade também conta com uma variedade interessante de bares e cervejarias. A mais tradicional delas é a Baden Baden, que fica bem no coração da cidade, e mesmo fora da alta temporada tem suas mesas disputadas pelos turistas e locais que querem tomar uma cerveja artesanal e comer a típica comida alemã servida no local. Ao longo da Rua Djalma Forjaz também há opções menos requisitadas, mas ainda com grande qualidade. Dê uma andada por lá e escolha a opção que mais te interessar!

Agora se você é do tipo que gosta de badalar, Campos do Jordão também não decepciona. No inverno muitas marcas famosas patrocinam casas e festas privadas na cidade, que podem ser indicadas pelos muitos promoters que ficam nas imediações da Rua Djalma Forjaz. Algumas baladas abrem especificamente nessa época do ano, com festas que não tem hora para acabar. O que impera nelas é a música eletrônica e a melhor forma de saber qual casa estará funcionando no dia que você pretende sair é se informar junto aos promoters que andam aos montes pelo inverno da cidade.