Se você quer saber qual é a melhor área para se hospedar em Belo Horizonte, vale a pena entender como a cidade funciona. BH foi uma das primeiras cidades planejadas do Brasil e foi construída para substituir Ouro Preto como a capital do Estado. Por isso, seus quarteirões são organizados, tendo avenidas largas cortadas por ruas menores.

Ao longo dos anos, a capital mineira começou a se expandir para fora da área originalmente planejada. Porém, para estar próximo aos bairros mais famosos e centrais, como Savassi e Lourdes, é necessário estar dentro do plano original que é demarcado pela Avenida do Contorno.

Há algumas regiões bastante importantes que não estão dentro da Avenida do Contorno e que merecem atenção, como Pampulha, Sion, Horto e Santa Tereza. Esses bairros abrigam desde atrações turísticas até os melhores bares e restaurantes da cidade.

Para se deslocar de um bairro a outro de forma econômica, o visitante pode optar pelas variadas linhas de ônibus ou pelo metrô, mas este ainda tem poucas estações. Táxis ainda são a melhor alternativa para quem não quer perder tempo e não está familiarizado com a capital. Belo Horizonte é conhecida por ter os melhores táxis do país, pois oferecem um bom serviço por um preço mais baixo.

Quanto à segurança, BH é menos violenta que outras grandes metrópoles, como São Paulo e Rio de Janeiro. No entanto, não deixa de ser uma grande capital, então não é um dos lugares mais tranquilos do país. É bom estar atento e evitar andar à noite por ruas desertas.

Centro

Estar no centro é estar perto de diversos pontos turísticos, como o Museu de Artes e Ofícios, o Mercado Central, o Palácio das Artes, o Parque Municipal e a Praça Sete de Setembro. Por ser uma região mais comercial, é bastante viva durante o dia, mas deserta à noite, portanto, é bom tomar mais cuidado. A região abriga os hotéis mais tradicionais da cidade e também opções econômicas. Quanto mais perto da estação de trem, mais barata se torna a hospedagem. As melhores opções de hotéis ficam ao longo da Avenida Afonso Pena.

Savassi e Lourdes

Esses dois bairros de classe média alta são os favoritos dos turistas, pois estão no coração da cidade e são movimentados tanto de dia quanto de noite. É neles que estão os bares do momento, bons restaurantes, lojas famosas e shoppings. Escolher uma hospedagem entre Savassi e Lourdes é fácil, já que há grandes redes de hotéis na região. A Praça da Liberdade, ponto turístico imperdível na cidade, é bem próximo de ambos. 

Pampulha

Embora esteja fora da área planejada, é na Pampulha que ficam algumas das atrações mais importantes de Belo Horizonte, como a Igrejinha da Pampulha, o Museu de Arte, a Casa de Juscelino Kubitschek, a Casa do Baile e o Mineirão. Ao redor da lagoa existem vários bairros, porém, os mais recomendados aos turistas são Ouro Preto e São Luís, devido à melhor infraestrutura. É uma excelente região para quem busca sossego e contato com a natureza.

Santa Tereza

Nesse bairro de classe média você tem hostels bons e hotéis mais econômicos. O bairro é um dos mais tradicionais redutos boêmios da cidade e é conhecido por ter sido o local onde várias bandas surgiram, como o Clube da Esquina, o Skank e o Sepultura. A beleza arquitetônica das antigas construções, as opções de diversão, as várias atividades culturais e os blocos de carnaval do bairro atraem turistas de todas as partes.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Belo Horizonte

Hospedagem em Belo Horizonte

menor valor maior valor
Hotel R$ 59,00 R$ 268,83
Albergue R$ 69,80 R$ 145,08
Pousada R$ 85,00 R$ 169,00
Apartamento R$ 100,00 R$ 200,00

Lugares baratos para ficar em Belo Horizonte

Média de preços por dia