Quando se pensa em Minas Gerais, a primeira coisa que vem à cabeça são as delícias da culinária mineira, mas saiba que a capital do Estado tem muito a oferecer, além da sua rica gastronomia. A simpática “Beagá” é a 6ª cidade mais populosa do país, mas sua atmosfera é parecida com a de uma cidade do interior...

Leia Mais

Atrações turísticas em Belo Horizonte

  • Igreja de São Francisco de Assis

    Igreja de São Francisco de Assis

    Acesso gratuito

    R$0.00 R$ 0,00
  • Museu de Artes e Ofícios

    Museu de Artes e Ofícios

    Inteira R$0.00 R$ 0,00
    Meia R$0.00 R$ 0,00
    Ir para o site
  • Memorial Minas Gerais Vale

    Memorial Minas Gerais Vale

    Acesso gratuito

    R$0.00 R$ 0,00
    Ir para o site
  • Museu de arte da Pampulha

    Museu de arte da Pampulha

    Entrada franca

    R$0.00 R$ 0,00
    Ir para o site
  • Museu das Minas e do Metal

    Museu das Minas e do Metal

    Entrada franca

    R$0.00 R$ 0,00
    Ir para o site
  • Museu dos brinquedos

    Museu dos brinquedos

    Inteira R$24.00 R$ 24,00
    Meia R$12.00 R$ 12,00
    Ir para o site
  • Museu Brasileiro do Futebol

    Museu Brasileiro do Futebol

    Visita Mineirão e museu (inteira) R$20.00 R$ 20,00
    Visita Mineirão e museu (meia) R$10.00 R$ 10,00
    Ir para o site

Guia Belo Horizonte

Quando se pensa em Minas Gerais, a primeira coisa que vem à cabeça são as delícias da culinária mineira, mas saiba que a capital do Estado tem muito a oferecer, além da sua rica gastronomia. A simpática “Beagá” é a 6ª cidade mais populosa do país, mas sua atmosfera é parecida com a de uma cidade do interior - e é justamente isso que faz dela um dos lugares mais aconchegantes do Brasil.

A capital de Minas Gerais já foi considerada pela Organizações das Nações Unidas (ONU) como a metrópole com melhor qualidade de vida na América Latina e a 45ª entre as 100 melhores cidades do mundo. Uma caminhada pelos jardins da Praça da Liberdade que foram inspirados no Palácio de Versalhes, na França, irão mostrar a você como BH é realmente um lugar agradável e relaxante. Um coreto e uma fonte embelezam a praça, dando ares bucólicos.

Neste passeio, você verá que ao redor estão alguns edifícios do século XIX, como o Palácio da Liberdade, um dos cartões postais da cidade, e também prédios modernos, como o sinuoso Edifício Niemeyer, que faz alusão às linhas das Serras Mineiras. Em alguns prédios públicos dos entornos foi instalado o Circuito Cultural Praça da Liberdade, formado por dez espaços que mesclam arte, cultura popular, história e entretenimento.

Deste projeto, não deixe de visitar o Memorial Minas Gerais – Vale, que conta a história do Estado através de instalações interativas, levando os visitantes para uma viagem entre os séculos XVIII e XXI, e também o Museu das Minas e do Metal, que tem a proposta de explicar a importância dos minérios na vida cotidiana e na economia, além de suas implicações culturais e sociais.

Outro museu que vale a visita, mas que não está situado no mesmo local, é o Museu de Artes e Ofícios, que conta com um acervo de mais de 2 mil utensílios de diferentes profissões do século XVIII ao XX, uma forma bem inusitada de conhecer mais sobre a história dos trabalhadores brasileiros ao longo do tempo.

Depois de um passeio pelos diversos museus da cidade, você pode relaxar na Lagoa da Pampulha e desfrutar desse cantinho de calmaria e natureza incrustado na cidade grande. É lá também que está o Complexo Arquitetônico da Pampulha, a maior atração de Belo Horizonte.

Projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, foi um pedido do presidente Juscelino Kubitschek, que desejava que o local fosse o bairro mais bonito do Brasil. Rodeado por jardins do paisagista Burle Marx, o complexo abriga a Igreja de São Francisco de Assis, ícone da cidade; o Museu de Arte da Pampulha (MAP), com acervo de arte contemporânea brasileira; a Casa do Baile localizada em uma ilha artificial; o Iate Tênis Clube, cuja arquitetura lembra um barco que se lança nas águas e, por fim, a Casa Kubitschek, construída na década de 40 para ser residência de fim de semana de Kubitschek e que hoje funciona como espaço cultural e museu de objetos da época.

O dia pode terminar na Praça do Papa, com o pôr do sol e uma das vistas mais belas da cidade! Outro local também muito apreciado para se ver o sol se por é o Mirante do Mangabeiras, que proporciona uma visão panorâmica da cidade e do Parque das Mangabeiras.

Se você tiver tempo de sobra, não perca um tour pelo Instituto Inhotim, em Brumadinho. Trata-se de um enorme complexo cultural que mescla Jardim Botânico e Centro de Arte Contemporânea. Outro bate-e-volta imperdível é para Ouro Preto, importante cidade durante a era do ouro no Brasil e que é considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.