• Café da manhã

    R$10.80 R$14.76 R$17.52
    R$ 10,80 R$ 14,76 R$ 17,52
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Almoço

    R$18.00 R$21.00 R$23.34
    R$ 18,00 R$ 21,00 R$ 23,34
    Baixo custo Econômico Conforto
  • Jantar

    R$20.40 R$23.16 R$26.64
    R$ 20,40 R$ 23,16 R$ 26,64
    Baixo custo Econômico Conforto

Guia Alimentação em Belo Horizonte

Não dá para ir a Minas Gerais e não provar as iguarias da culinária mineira, considerada uma das mais fartas e apetitosas do país. Belo Horizonte, conhecida como “a capital nacional dos botecos”, é um dos melhores lugares para degustar os petiscos e cachaças regionais em bares despretensiosos.  

A cultura boêmia da cidade originou o famoso concurso Comida di Buteco, que elege todos os anos os melhores pratos e petiscos da capital. Antes de visitar a cidade, vale a pena conferir o site do concurso para ficar por dentro dos eleitos do ano e, assim, ter a oportunidade de provar o melhor da comidinha de bar de BH.

Um bom local para encontrar botecos tradicionais é no Mercado Central, que é um ponto turístico da cidade. Além de poder fazer uma refeição autêntica, você também pode conhecer e comprar produtos locais. É quase impossível visitar o mercado e não levar alguma especialidade mineira, como doce de leite, queijo minas, pimenta biquinho e as variadas cachaças.

Durante sua visita, alguns clássicos da cozinha mineira não podem ficar de fora! De manhã, um pão de queijo quentinho acompanhado de um café fresquinho é irresistível. Para refeições completas, a lista de opções é extensa, mas os pratos mais pedidos nos restaurantes e botecos são o bambá de couve, frango com quiabo, fígado de boi com jiló, feijão tropeiro, tutu de feijão, leitão a pururuca, vaca atolada e ora-pro-nóbis. As comidas mineiras costumam ser pesadas, portanto, fique atento aos pratos que escolher.

Já as sobremesas ficam por conta dos doces artesanais, que fazem parte da identidade de Minas Gerais por serem feitos com bons ingredientes e dedicação das famílias produtoras. Entre os mais famosos estão o doce de abóbora, o doce de leite, o pé de moleque, as diversas compotas e a goiabada cascão.

No quesito bebida, as cachaças são o destaque. O Estado é o maior produtor da bebida no Brasil e, além da quantidade de produtores na região, a qualidade da cachaça mineira é indescutível. A modernização e aperfeiçoamento dos processos de produção da bebida, além dos sabores únicos, fizeram Minas Gerais levar o título de terra da cachaça. Portanto, não deixe de parar em um botequinho para experimentar “aquela que matou o guarda”.