Reykjavík é a principal cidade do país e porta de entrada para conhecer o restante da Islândia. E mesmo que seu objetivo principal na viagem não seja exatamente conhecer Reykjavík, é muito provável que essa seja a cidade por onde você vai chegar, então por que não aproveitar para conhecê-la e desfrutá-la? Não será tarefa difícil.

Com um pouco mais de 120 mil habitantes, Reykjavík é pequena, pacata, porém animada. É a capital mais setentrional do mundo, em um país cercado por águas puras e geladas. Não possui grandes monumentos, nem prédios altos, mas é repleta de casinhas de telhados coloridos, o que a deixa muito mais bonita. Cercada por algumas montanhas cobertas de neve a maior parte do ano, Reykjavík ainda possui alguns parques e lagos. Complete o cenário com um centrinho histórico, onde você encontra desde restaurantes, cafés, bares e lojinhas até museus e galerias de arte. 

Na hora de escolher onde ficar em Reykjavík, você vai perceber que em geral os valores das diárias não são baratos, são tão caros como em qualquer outra grande cidade da Europa, mas pesquisando e planejando a viagem com antecedência, é possível encontrar tarifas melhores e algum hotel com bom custo x benefício. E na Islândia, dependendo da época da viagem é preciso reservar com bastante antecedência, porque o verão é alta temporada por ser período de férias e é quando a cidade recebe eventos e festivais de música ao ar livre, mas a principal atração fica por conta do sol da meia noite, quando praticamente não escurece e a cidade recebe luz solar durante quase 24 horas. Já, o inverno, também pode ser considerado época de alta temporada porque é quando acontece um dos fenômenos da natureza mais bonitos do mundo, a aurora boreal, e o país recebe uma grande quantidade de visitantes que desejam ver o espetáculo.    

Centro

Assim como acontece em muitas cidades do mundo, o centro é o melhor local para se hospedar durante a viagem, pois ali você fica próximo de tudo, desde restaurantes e comércio em geral, como também das principais atrações turísticas como museus e galerias de arte, além de ser mais fácil para se locomover e pegar transportes, quando necessário. Uma hospedagem no centro te proporciona fazer vários passeios a pé e você acaba nem se preocupando tanto em pegar transportes e até economiza um pouco. Principalmente para quem está apenas de passagem por Reykjavík, o centro é uma ótima opção de hospedagem.

O Fosshotel Reykjavik é um hotel que está bem próximo do centro, fica perto da principal rua de comércio da cidade. É um dos maiores hotéis do país, com 16 andares e 320 quartos. O Hostel KEX é considerado um hotel econômico ou hostel, mesmo assim não é tão barato. É muito bem avaliado pelos hóspedes, fica no centro da cidade e oferece café da manhã, pago a parte.

Icelandair Reykjavik Natura

Um pouco mais distante do centro está o hotel Icelandair Reykjavik Natura, que fica em um local mais tranquilo, a aproximado 10 minutos de carro até o centro, mas o hotel oferece transporte gratuito, o que facilita bastante. É um bom hotel e com boa infraestrutura.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Reykjavík

Hospedagem em Reykjavík

menor valor maior valor
Pousada R$ 195,31 R$ 937,48
Albergue R$ 242,67 R$ 603,68
Hotel R$ 261,89 R$ 1.199,50
Apartamento R$ 261,89 R$ 1.578,00

Lugares baratos para ficar em Reykjavík

Média de preços por dia