A cidade francesa é pequenininha, mas nem por isso faltam opções de acomodações. Independentemente de você eleger um chalé de luxo com vista privilegiada para o Mont Blanc, um apartamento econômico perto da vida noturna local ou um hotel relaxante que te permita aproveitar melhor as suas dependências, é importante saber que a região dispõe de 6 principais áreas de hospedagem. Juntas, elas reúnem as principais acomodações e pontos de interesse que tornam a vida do turista mais prazerosa durante a sua estadia em Chamonix.

Para explicar com mais detalhes as diferenças delas, o Quanto Custa Viajar explora abaixo as principais vantagens de se hospedar em cada um desses locais.

Centro

É aqui que a maioria dos viajantes decide ficar pela facilidade e abundância de opções. No coração de Chamonix é onde se encontra o leque maior de hospedagens, além de ser uma região que conta com bares, restaurantes, shopping e muito entretenimento. Se essa for a sua escolha, você conseguirá vivenciar a fundo a experiência de realmente estar no lugar mais completo da lendária cidade dos Alpes. Todos os tipos de hotéis estão aqui, desde resorts de luxo até pequenos apartamentos perto do teleférico Aiguille du Midi. O mais importante do centro é a sua localização, que além de propiciar muitas alternativas fica ainda próximo às estações de esqui.

Argentière

Essa pequena vila está situada a 8km do centro de Chamonix. O seu principal atrativo é o fato de estar localizada a uma distância de caminhada da área de esqui de Grand Montets. Enquanto no centro de Chamonix o que impera é uma vida mais cosmopolita, em Argentière o que encanta é a atmosfera charmosa de uma vila dos Alpes (inclusive os hotéis da região tendem a ser mais tradicionais, espaçosos e jardinados do que os situados no centro). Apesar disso, o local ainda conta com lojas, restaurantes e bares com música ao vivo.

Les Houches

Essa área é a opção ideal para quem procura por uma hospedagem mais tranquila e relaxante em Chamonix. Na região fica o acesso mais fácil às estações de esqui da cidade, e por mais que Les Houches não tenha as pistas mais extremas do município, com certeza elas são desafiadoras e bastante conhecidas (inclusive, elas acomodam diversos eventos internacionais). A região conta também com bom leque de restaurantes e bares, além de alguns eco chalés para quem quer uma estadia bem típica. Ótima pedida para quem vai à Chamonix em família.

Entre Le Praz e Le Lavancher

Essa é a região para os viajantes que procuram por acomodações luxuosas com chalés enormes, banheiras aquecidas, cinemas individuais e espaço para montar a sua própria estação de esqui no jardim. A maioria dos hotéis dessa localidade contam com vista panorâmica de Chamonix, além de estarem perto da área de esqui de Flègere e de um campo de golfe. Pequenas lojas, bares e restaurantes compõem o cenário final de facilidades dessa parte da cidade.

Vallorcine e Le Tour

Essas pequenas vilas dão acesso à área de esqui de Domaine Balme, sendo, portanto, uma opção para iniciantes no esporte. Aqui, geralmente praticar esqui e snowboarding é divertido e fácil, fazendo dessas regiões ótimas pedidas para quem viaja em família. Mas se lembre: ao escolher essas pequenas vilas, as opções de acomodação e restaurantes são bem restritas.

Servoz

Outra vila pequena, porém aqui o que imperam são os preços mais atrativos de hospedagens. Com vistas fantásticas do Mont Blanc, Servoz é uma bonita e quieta área de acomodação. Se o seu objetivo é esquiar em Chamonix, é bom saber que a região está a um razoável percurso de carro ou trem das mais conhecidas estações de esqui, sendo esse um ponto de atenção.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Chamonix

Hospedagem em Chamonix

menor valor maior valor
Apartamento R$ 314,99 R$ 5.369,81
Albergue R$ 340,19 R$ 436,79
Hotel R$ 391,01 R$ 1.327,17

Lugares baratos para ficar em Chamonix

Média de preços por dia