San Diego é a típica cidade californiana. Sabe aquela cidade que fica no imaginário quando escutamos Lulu Santos cantando a música De Repente, Califórnia? Então, essa é San Diego, cidade localizada bem ao sul da Califórnia, fazendo fronteira com a cidade de Tijuana, no México.

Com cerca de 122 quilômetros...

Leia Mais
  • População 1.356 milhões

  • Hora local 03:13

  • 1 Dólar americano R$ 3,29

  • Temperatura local 16.29º Ver previsão

Calcule quanto irá custar sua viagem para San Diego

Atrações turísticas em San Diego

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em San Diego

Hospedagem em San Diego

menor valor maior valor
Albergue R$ 200,51 R$ 584,82
Pousada R$ 256,54 R$ 256,54
Hotel R$ 341,61 R$ 1.741,47
Apartamento R$ 512,41 R$ 2.654,90

Alimentação em San Diego

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 15,77 $ 4.80 a R$ 34,49 $ 10.50
  • Almoço


    R$ 39,42 $ 12.00 a R$ 94,61 $ 28.80
  • Jantar


    R$ 49,67 $ 15.12 a R$ 102,50 $ 31.20

Guia San Diego

San Diego é a típica cidade californiana. Sabe aquela cidade que fica no imaginário quando escutamos Lulu Santos cantando a música De Repente, Califórnia? Então, essa é San Diego, cidade localizada bem ao sul da Califórnia, fazendo fronteira com a cidade de Tijuana, no México.

Com cerca de 122 quilômetros de praias limpas, clima super descontraído, temperaturas agradáveis e com muitos dias de sol durante o ano, nem parece, mas San Diego é a segunda maior cidade do estado da Califórnia, mesmo assim, parece mais uma pequena cidade praiana. E não pense que San Diego é só praia, pois há mais de 90 museus para visitar. San Diego é para quem deseja curtir a vida, para quem gosta de apreciar o pôr do sol, andar pelo calçadão que beira as praias, tudo isso, com uma dose de cultura e lugares sofisticados.

Não foi à toa que San Diego já serviu de canário para diversos filmes e programas de televisão, como Traffic, Babel e Top Gun - Ases Indomáveis. Com mais de 100 bairros, Little Italy e La Jolla são bem populares entre os turistas. No centro ficam os restaurantes, bares e agitos noturnos, com mais de 150 cervejarias, para quem gosta de provar uma cerveja, San Diego também é o lugar certo. Devido à proximidade com o México, a influência do país vizinho é bem forte e visível, você vai notar essa influência principalmente na culinária.

San Diego é considerada uma cidade eco friendly, antitabagista e antialcoólica, onde é proibido fumar e ingerir bebida alcoólica nos parques e praias, você pode até fazer um piquenique, mas sem vinhos e cervejas. A cidade também te estimula a praticar esportes, seja no mar, como o surf, stand up paddle e caiaque, ou então, em terra mesmo, como andar de patins, bicicleta, skate, e até jogar golfe em algum dos 90 campos de golfe espalhados pela cidade. 

E San Diego também tem sua história, afinal é lá onde nasceu o estado da Califórnia. Para conhecer sobre o passado da cidade, você pode ir até o Cabrillo National Monument e saber mais sobre a chegada de Juan Rodriguez Cabrillo, o primeiro explorador europeu a chegar na Costa Oeste dos Estados Unidos, no ano de 1542. San Diego já foi governada pela Espanha, México, e por último, pelos Estados Unidos.

Como chegar

Não há voos diretos do Brasil para chegar até San Diego, então é necessário fazer ao menos uma conexão. A Azul e a Latam voam para San Diego em parceria com a cia aérea americana JetBlue, fazendo conexão em Fort Lauderdale e Nova York, respectivamente. A Air Canada voa via Toronto, no Canadá. E as americanas United, Delta e American, voam fazendo conexão nas cidades em que possuem seus respectivos hubs. O tempo de voo de São Paulo até San Diego varia de 14 horas até 30 horas, incluindo tempo de voo e da conexão, tudo vai depender da passagem adquirida.

O Aeroporto Internacional de San Diego fica a menos de 10 minutos do centro da cidade, cerca de 3 quilômetros, ou seja, é bem perto. Então para sair dele, táxi não será muito caro devido à proximidade, mas também há serviço de ônibus de empresas particulares que prestam serviço no aeroporto, sendo que o trajeto de ônibus demora cerca de 20 minutos.

Muita gente também chega em San Diego de carro, afinal é bem comum alugar um carro nos Estados Unidos e conhecer várias cidades em uma única viagem. As estradas são boas e o valor do aluguel de carro normalmente compensa. A rota que sai de São Francisco, no norte da Califórnia, e vai até San Diego, no Sul, é feita pela Highway 1, uma estrada muito bonita, que vai beirando o litoral da Califórnia e passa por cidades importantes como Los Angeles, Santa Mônica e Santa Barbara.     

E para viajar a San Diego, além de passaporte válido, é necessário ter o visto americano, além de outros comprovantes como passagem de volta, hospedagem e dinheiro suficiente para se manter no país durante a viagem.

Vida noturna

Nessa cidade que é tão alto astral, parece que as pessoas sempre têm um motivo para sair a noite e comemorar algo, mas uma cidade com tantos turistas, sendo muitos jovens estudantes e moradores de bem com a vida, o que não falta são motivos para comemorar mesmo.

Em San Diego você pode encontrar baladas todos os dias da semana, para quem gosta de curtir todas as noites da viagem, San Diego é o lugar certo! Se você prefere sair para jantar em um bom restaurante, é mais um motivo para se animar para essa viagem, pois não faltam bons lugares para comer bem. Devido à proximidade com o México, a influência do país vizinho é bem forte, principalmente na culinária, então não faltam restaurantes de comida mexicana. E já que falamos do México, a cidade de Tijuana, que fica na fronteira do país, é quase uma extensão de San Diego durante os finais de semana. É bem comum que as pessoas saiam a noite de San Diego até Tijuana só para curtir a balada, mas quem quiser atravessar a fronteira, saiba que terá que levar o passaporte e passar pela imigração novamente, ou seja, não é tão simples assim.

Na região de Gaslamp Quarter, Downtown, é onde o agito acontece em quase toda esquina. São mais de 16 quarteirões com restaurantes, casas noturnas e cerca de 150 bares. Tudo bem animado, seguro, cheio de gente caminhando pelas ruas, principalmente durante os meses de verão, aliás quanto mais quente estiver, mais animada será a noite. 

Bares localizados no último andar dos hotéis estão na moda, e em San Diego você também encontra os rooftops, sempre com belas vistas, gente bonita e preço um pouco salgado, mas praa quem estiver com o orçamento mais tranquilo, é uma ótima opção para curtir a noite.