De região pantanosa e sem muita pretensão a capital mundial da diversão. Assim é a história bem resumida de Orlando. O turismo na região ganhou impulso após a década de 1970, quando Walt Disney começou a criar uma unidade de seu bem-sucedido empreendimento californiano: a Disney World.

Hoje, a cidade conta com sete dos 20 maiores parques temáticos do mundo, recebe mais de 51 milhões de visitantes anualmente e é o destino mais visitado por brasileiros nos Estados Unidos.

É um mundo cheio de possibilidades, com atrações para todas as idades. O importante é ter o coração aberto para novas aventuras. Trata-se é um daquelas cidades que merecem mais de uma visita ao longo da vida. E a cada vez que você viajar para lá, prepare-se para ser surpreendido como se fosse a primeira vez.

Leia Mais

Organizando sua viagem

A TAM é a única companhia aérea que opera voos diretos do Brasil para Orlando, saindo de São Paulo. Outras companhias aéreas oferecem voos com escalas ou conexões, partindo de diversas cidades do país. Para sair do aeroporto de ônibus você poderá utilizar os ônibus Lynx, que levam a diferentes pontos da cidade. Uma maneira prática é alugar um carro logo ao desembarcar.

Se você não deseja se hospedar dentro dos complexos dos parques da Disney ou da Universal, há muitas opções de quartos baratos e confortáveis na cidade. A oferta de acomodação é bem farta, se ajustam facilmente a qualquer necessidade e atende a todos os bolsos. A International Drive é uma via que concentra hotéis de diversas cadeias e muito comércio.

Transporte público

Orlando não é a melhor das cidades para depender do transporte público, mas é possível circular de ônibus pela cidade e seus arredores com veículos da Lynx. Alguns hotéis oferecem shuttles que levam aos parques.

Alugar um carro: É a alternativa mais prática e confortável para circular na cidade, já as atrações ficam distantes umas das outras. Anote a placae, ao estacionar, sempre registre a localização de seu carro, pois os estacionamentos são gigantes e sem um ponto de referência ficará difícil encontrá-lo.

Moeda e câmbio

Dólar americano é a moeda local. Muitos estabelecimentos aceitam pagamento com cartões internacionais e é possível retirar dólares nos caixas ATM. Mas, o ideal é levar uma quantia, para não ficar dependente do cartão.

Gorjetas: As gorjetas nos EUA não são incluídas na conta, mas é praxe pagar entre 15% e 20% sobre o valor total gasto.

Visto e controle de imigração: É preciso de visto de turista para entrar nos EUA. O controle de imigração costuma ser rigoroso e ter em mãos todos os documentos da sua viagem (como reserva de hotel e passagem aérea de volta) é importante para evitar dores de cabeça.

Segurança

Orlando é bem tranquila e segura, porém é comum carros serem furtados, já que muitos turistas têm o hábito de largar tudo dentro do veículo. Evite fazer o mesmo.
 

  • População 255.483 mil

  • Hora local 23:04

  • 1 Dólar americano R$ 3,14

  • Temperatura local 27.43º Ver previsão

Atrações turísticas em Orlando

Veja todos

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Orlando

Hospedagem em Orlando

menor valor maior valor
Hotel R$ 138,36 R$ 1.789,59
Apartamento R$ 209,12 R$ 1.097,66

Alimentação em Orlando

Média de preços por dia com base em centenas de experiências

  • Café da manhã


    R$ 20,10 $ 6.40 a R$ 32,66 $ 10.40
  • Almoço


    R$ 33,29 $ 10.60 a R$ 59,04 $ 18.80
  • Jantar


    R$ 43,97 $ 14.00 a R$ 78,51 $ 25.00

Calcule quanto irá custar sua viagem para Orlando