Quando o assunto é hospedagem na capital escocesa não há muito mistério. O coração da cidade é onde as principais atrações turísticas estão localizadas e, por essa razão, desponta como a escolha óbvia de hospedagem para os viajantes. Assim, Old Town e New Town encabeçam a lista dos melhores bairros de Edimburgo. Ambas as regiões foram declaradas Patrimônio da Unesco e, portanto, estão rodeadas de muita História. Vale lembrar, porém, que é bastante difícil encontrar acomodações baratas no coração da cidade e, por essa razão, sair das zonas mais bem localizadas pode ser algo a ser cogitado pelo viajante, principalmente na alta temporada.

Abaixo, o Quanto Custa Viajar elenca as melhores áreas para se acomodar na belíssima capital escocesa. São elas:

Old Town

É onde estão os principais pontos turísticos, como o Castelo de Edimburgo, o Parlamento e a Catedral. Localizada na parte sul da região central, essa área foi onde nasceu e prosperou a antiga Edimburgo. A Royal Mile, formada pelas ruas que ligam o Castelo de Edimburgo ao Palácio de Holyrood, é onde está a maior concentração de hotéis e albergues da cidade. Porém, essa não é uma escolha para aqueles que querem economizar. Por ser a área mais nobre de Edimburgo, os preços são bastante salgados por lá. Para tentar ainda uma boa localização em Old Town com preços mais justos, opte pelas ruas perpendiculares e paralelas à Royal Mile.

New Town

Localizada ao norte da região central, essa foi a área que surgiu quando não havia mais para onde Old Town crescer. Formado por avenidas largas, além de quarteirões organizados e projetados, o bairro é tomado por edifícios em estilo georgiano. Surge também como uma ótima área para se hospedar, especialmente na Princess Street. Essa é a segunda via mais importante da cidade – só perde para a Royal Mile – e, sem dúvidas, é a melhor parte de New Town para ficar. Apesar de o bairro ser todo georgiano, a Princess Street conta com muitos prédios modernos e um respiro de novos tempos em meio às antigas construções das demais ruas.

West End

Localizada a oeste do centro da cidade, essa região pode ser interessante para quem não conseguiu achar uma acomodação viável no coração de Edimburgo (o que acontece muito na época dos festivais de verão). Ainda fica a uma distância razoável dos principais pontos turísticos e, por isso, o turista contará com uma boa localização e, de quebra, pagará um pouco menos. Os preços ainda não são totalmente convidativos no bairro, mas já começam a diminuir. É aqui que fica a estação de bondes elétricos de West End.

Haymarket

Com preços bem inferiores aos praticados no centro da cidade, essa pode ser uma boa pedida para quem quer economizar e planeja se locomover de trem para outros lugares da Escócia. Além de contar com a estação ferroviária, que faz conexão direta com Glasgow, por exemplo, o viajante estará a apenas uma caminhada de 20 ou 30 minutos do centro da cidade.

Newington

É um bairro residencial que está ao sul do centro da cidade. Acomodando um campus da Universidade de Edimburgo, o local possui uma boa oferta de apartamentos, quartos e hospedagens mais baratas (especialmente porque o foco são os estudantes que frequentam a universidade). É um bairro jovem também por essa razão, então é uma boa pedida para quem quer economizar e não pretende ficar em hotéis. Ótima indicação para estadias mais longas.

Broughton

É um bairro LGBT friendly e, portanto, bastante procurado por gays e lésbicas. Conta com bastante oferta de restaurantes, bares e pubs, o que garante que as principais necessidades do turista podem ser resolvidas no próprio local.

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Edimburgo

Hospedagem em Edimburgo

menor valor maior valor
Albergue R$ 235,30 R$ 1.252,84
Pousada R$ 263,54 R$ 1.571,35
Hotel R$ 305,89 R$ 1.808,53
Apartamento R$ 334,60 R$ 4.636,86

Lugares baratos para ficar em Edimburgo

Média de preços por dia