Chiang Mai está localizada ao norte da Tailândia, em uma região montanhosa, cercada por vales verdes e campos de arroz, próxima da fronteira com o Laos e Mianmar, ponto estratégico para conhecer também os dois países vizinhos. É a segunda maior cidade do país e é hoje também um dos principais destinos turísticos...

Leia Mais

Atrações turísticas em Chiang Mai

  • Wat Chedi Luang

    Wat Chedi Luang

    De graça ฿40.00 R$ 5,43
  • Art in Paradise

    Art in Paradise

    Entrada ฿400.00 R$ 54,30
    Ir para o site
  • Doi Inthanon

    Doi Inthanon

    De graça ฿0.00 R$ 0,00
  • Temple of the Golden Mountain (Wat Phra That Doi Kham)

    Temple of the Golden Mountain (Wat Phra That Doi Kham)

    ฿30.00 R$ 4,07
  • Royal Park Rajapruek

    Royal Park Rajapruek

    Adulto ฿200.00 R$ 27,15
    Criança ฿150.00 R$ 20,36
    Ir para o site
  • Wat Suan Dok

    Wat Suan Dok

    De graça ฿0.00 R$ 0,00
  • Museum of World Insects and Natural Wonders

    Museum of World Insects and Natural Wonders

    Entrada ฿200.00 R$ 27,15
    Ir para o site
  • Chiang Mai Zoológico

    Chiang Mai Zoológico

    Adulto ฿150.00 R$ 20,36
    Criança ฿70.00 R$ 9,50
    Ir para o site

Guia Chiang Mai

Chiang Mai está localizada ao norte da Tailândia, em uma região montanhosa, cercada por vales verdes e campos de arroz, próxima da fronteira com o Laos e Mianmar, ponto estratégico para conhecer também os dois países vizinhos. É a segunda maior cidade do país e é hoje também um dos principais destinos turísticos de quem visita a Tailândia. Considerada a capital espiritual do país, com aproximadamente 300 templos, daria quase para visitar um a cada dia do ano sem repetir.

E falando em templos, um dos principais para conhecer é o Wat Chedi Luan, que além do templo principal, guarda também ruínas de uma estrutura de 80 metros de altura construída entre 1385 a 1402. As escadas são enfeitadas por serpentes e estátuas de elefantes, e no templo você tem a oportunidade de participar do Monk Chat, um programa em que você senta em uma mesa para conversar com um monge com a finalidade de que ele pratique inglês. Era nesse templo que ficava o famoso Buda de Esmeralda, e que atualmente está em Bangkok. O Wat Phrathat Doi Suthep fica no alto de uma colina, tem uma incrível vista da cidade e também é um dos mais importantes. Fica um pouco afastado do centro, a aproximadamente 15 quilômetros e é o lugar com a melhor vista de Chiang Mai. Tente ir cedo, assim você pega o templo mais vazio, além de ver os monges rezando. O Wat Phra Singh é onde está a imagem do Buda Leão, a mais importante de Chiang Mai. Esse templo do século 14 está localizado bem perto do centro histórico, dependendo de onde for seu hotel, é possível chegar caminhando. O Wat Suan Dok é um complexo religioso onde ficam as relíquias do Buda. Construído no ano de 1373, possui as laterais abertas e fica na parte antiga da cidade. Dentro dele há um restaurante vegetariano chamado Pun Pun com boa comida e bons preços.

Passar um dia com os elefantes é um dos passeios mais emocionantes que podem ser feitos, mas lembre-se, é passar o dia observando os animais, e não montando neles, como muitas empresas ainda oferecem. No Elephant Nature Park você tem a oportunidade de ver os animais soltos em um espaço enorme, aprende a história deles e pode até dar comida na tromba, mas nunca montar.

Algo muito tradicional na Tailândia e sem nenhuma contraindicação é fazer uma massagem tailandesa, seja em um spa ou na rua mesmo, é garantia de sucesso. Outro sucesso, é aprender na prática sobre a culinária tailandesa. Há diversas escolas pela cidade oferecendo cursos que normalmente incluem visita à mercados para comprar ingredientes e depois a aula de culinária onde você aprende a preparar os pratos típicos. Os cursos têm duração de meio período ou mais, tudo vai depender de quanto você deseja aprender sobre a culinária tailandesa.

O centro de Chiang Mai está cercado por restos de uma muralha do século 13, é um quadrilátero repleto de lojas, bares, restaurantes e feirinhas que ficam lotadas principalmente aos finais de semana. E para quem gosta de feirinhas, Chiang Mai é o lugar certo! O mercado noturno acontece diariamente próximo da Tha Phae Road. São diversas barraquinhas vendendo de tudo um pouco, com show de lady boys e casas de massagens. O local é muito frequentado por turistas e está sempre bem cheio. Ali também fica o Ploen Ruedee Night Market, uma espécie de food park, onde vários food trucks vendem todo tipo de comida, mas os maiores mercados de rua acontecem aos finais de semana. O Saturday Market, como já diz o nome, abre aos sábados, das 16h00 até meia-noite e acontece no portão sul do centro histórico, mas se estende por mais um quilômetro, com muitas barracas e apresentações de música. Já, o Sunday Market, abre aos domingos, no mesmo horário, com basicamente os mesmos produtos. Acontece dentro do centro histórico, mas é um pouco maior e um pouco mais focado em artesanatos. E se depois de tudo isso, você ainda quiser comprar artesanatos, a Bo Sang Village, que fica a cerca de 10 quilômetros do centro, é uma fábrica de artesanatos especializada em produzir guarda-chuvas de papel e bambu, além de outros itens de decoração como as lanternas chinesas coloridas.