Definir onde ficar na Cidade do México pode ser crucial para aproveitar melhor a viagem por uma das maiores cidades do mundo. A capital mexicana é enorme e oferece atrações para muitos estilos de viajantes, desde mochileiros até executivos que visitam a região a trabalho.

Com um transporte público considerado como um dos mais baratos do mundo e com uma extensa cobertura, a dica é optar por bairros que ofereçam mais segurança, além de opções noturnas. Dessa forma, não será necessário se deslocar muito à noite. Lembre-se também de verificar se a acomodação fica próxima a uma estação de metrô ou de metrobus para garantir a facilidade de locomoção.

 Viagens mais curtas devem privilegiar a proximidade aos pontos de interesse que os viajantes pretendem conhecer. Nesse sentido, uma boa dica é optar por hospedagens próximas ao Paseo de La Reforma, que cruza os principais bairros de interesse turístico da Cidade do México. 

Condesa, Roma e Zona Rosa

Roma e Condesa são os bairros da moda na Cidade do México. Com muitas opções de cafés, bares, restaurantes e galerias de arte, ambos estão entre os preferidos dos turistas, além de serem bastante seguros. É uma boa escolha para viajantes que buscam conhecer mais da vida noturna e cultural mexicana e, embora sejam bairros predominantemente jovens, eles agregam pessoas de todas as idades. Ao lado dali fica a Zona Rosa, considerada um bairro gay e uma ótima pedida para viajantes LGBT. Nas três regiões há opções de hotéis de diversas categorias, desde os mais econômicos até hotéis boutique. 

Polanco

O bairro mais sofisticado entre as zonas turísticas da Cidade do México. É onde ficam as lojas de marcas famosas e os restaurantes de chefs renomados. A região promete agradar viajantes que gostam de esbanjar, seja nas compras, na hospedagem ou na hora das refeições. Espere preços mais altos, mas serviços requintados - a área abriga os principais hotéis cinco estrelas da cidade. É também onde fica o Bosque de Chapultepec, onde está localizado o Museu Nacional de Antropologia, entre outras atrações. Justamente por ser um bairro nobre, Polanco oferece menos opções de transporte público, contando apenas com uma linha de metrô.

Zócalo

O centro histórico da cidade do México é conhecido como Zócalo. A localização é boa para quem pretende se locomover com facilidade a qualquer parte, porém peca no quesito segurança em relação às anteriores. Nada que realmente deva atrapalhar a viagem, caso sejam tomadas as mesmas precauções que você tomaria no centro de grandes cidades brasileiras. As hospedagens podem ser mais econômicas e a localização é muito requisitada por viajantes mochileiros pela grande quantidade de hostels no bairro. No entorno há muitos museus e atrações turísticas para conhecer durante o dia, embora passeios noturnos sejam desaconselhados.

Coyoacán

Ficou conhecido por abrigar a Casa Azul da artista Frida Kahlo, que hoje dá lugar a um museu sobre sua vida e obra. Apesar disso, Coyoacán não está bem conectado a outras regiões da cidade e provavelmente será preciso fazer mais baldeações de metrô para visitar os principais pontos turísticos. Por isso mesmo, não é uma das zonas preferidas dos viajantes. A hospedagem na área é uma opção para aqueles que querem sentir a vida normal na Cidade do México, longe das grandes atrações. Com casinhas coloridas, muitos ateliês e feiras de rua, sempre haverá o que conhecer nas proximidades. 

Santa Fé

Embora não seja uma opção ideal para aqueles que visitam o México a turismo, Santa Fé pode ser um bom bairro para quem viaja a trabalho. Mais afastado do centro, é onde estão as sedes das principais empresas. A região também é bem conectada a outras áreas da cidade. Super moderna, Santa Fé é voltada para executivos, o que já se percebe por seus enormes arranha-céus. Até mesmo os hotéis são focados nesse público e podem oferecer serviços específicos para viajantes de negócios. Se não for o seu caso, evite a localização. 

Encontre a hospedagem perfeita para você

As melhores opções de hospedagem em Cidade do México

Hospedagem em Cidade do México

menor valor maior valor
Pousada R$ 43,10 R$ 402,10
Albergue R$ 60,34 R$ 258,60
Apartamento R$ 62,18 R$ 1.444,49
Hotel R$ 81,84 R$ 1.334,61