Assim como Roma, Milão funciona como uma das principais portas de entrada dos turistas na Itália. Portanto, o que definirá se vale a pena ou não alugar um carro por lá é exatamente o seu perfil de viagem. O primeiro ponto a ser considerado é quanto tempo você planeja ficar no país. Sabidamente, a Itália é um verdadeiro éden turístico, cheia de cidades interessantes que merecem a sua visita (além de reunir diferentes paisagens, muita história e até mesmo algumas das mais belas praias do mundo). Portanto, se a sua ideia é ficar mais de 10 dias e conhecer muitas localidades (ou então cair de cabeça em uma região em específico), com certeza alugar um automóvel vem bastante a calhar.

Pesquise e reserve seu carro em Milão:

Categoria Mini

valor médio de uma diária

Categoria Economy

valor médio de uma diária

Categoria Midsize

valor médio de uma diária

Categoria Standard

valor médio de uma diária

Categoria Premium

valor médio de uma diária

Categoria Full Size

valor médio de uma diária

Categoria Luxury

valor médio de uma diária

Categoria Compact

valor médio de uma diária

Categoria Convertible

valor médio de uma diária

Categoria Van

valor médio de uma diária

Categoria SUV

valor médio de uma diária

Categoria Minivan

valor médio de uma diária

Guia aluguel de carros em Milão

Assim como Roma, Milão funciona como uma das principais portas de entrada dos turistas na Itália. Portanto, o que definirá se vale a pena ou não alugar um carro por lá é exatamente o seu perfil de viagem. O primeiro ponto a ser considerado é quanto tempo você planeja ficar no país. Sabidamente, a Itália é um verdadeiro éden turístico, cheia de cidades interessantes que merecem a sua visita (além de reunir diferentes paisagens, muita história e até mesmo algumas das mais belas praias do mundo). Portanto, se a sua ideia é ficar mais de 10 dias e conhecer muitas localidades (ou então cair de cabeça em uma região em específico), com certeza alugar um automóvel vem bastante a calhar.

Isso porque as estradas italianas são lindas e bem cuidadas, além de ficar mais vantajoso o custo-benefício do carro se comparado a trens e aviões. Outro ponto que deve ser levado em consideração é o número de pessoas que viajará com você. Quanto maior o grupo, mais econômico se tornará ter um carro, uma vez que as despesas serão divididas entre os passageiros. Isso sem falar que o automóvel lhe dará a comodidade de fazer os itinerários como e quando quiser, sem precisar se ater a horários pré-estabelecidos.

Alugar um carro na Itália também permitirá ao turista mudar os planos no meio do caminho. Enquanto as passagens de trens e aviões são mais fixas, os carros garantem viagens bem mais flexíveis, já que não demandam planejamento prévio. Pensou que ia ficar só algumas horas em alguma cidade, mas acabou morrendo de amores por lá? Sem problemas, é só prolongar a sua estadia e curtir alguns dias a mais sem grandes preocupações. E, claro, o inverso também pode acontecer! Pensou que a urbe tinha muitos pontos de interesse, mas você já viu tudo em 1 dia? Sem problemas também, só cancelar sua hospedagem, arrumar as malas e partir para a próxima parada.

Vale lembrar que apenas três países na Europa solicitam a PID (Permissão Internacional para Dirigir): Itália, Grécia e Áustria. Portanto, se você pretende alugar um carro em Milão, você já deverá sair do Brasil com o documento em mãos. Para pedir a PID é bastante simples: basta ir ao Detran mais próximo ou, então, fazer a solicitação pela internet. Dentro de poucos dias, o documento deverá chegar em sua residência sem grandes burocracias. Além da PID, o turista também precisará apresentar o seu passaporte e o cartão de crédito do motorista para efetuar a reserva do veículo.

Na prática há quem consiga reservar automóveis na Itália sem precisar apresentar a PID. Como os brasileiros são bastante frequentes por lá, as locadoras costumam fazer vista grossa e exigem em alguns casos apenas a CNH brasileira. Se você quiser correr o risco, torça para não ser parado por nenhuma autoridade nas estradas, pois elas não costumam ser tão boazinhas assim quanto à prática da infração. Nesse caso, é bem provável que o viajante traga para o Brasil uma multa de souvenir!